quarta-feira, novembro 15, 2006

O primeiro dominó em África.

África do Sul legaliza casamentos homossexuais
2006/11/14 16:11

É o primeiro país africano a legalizar união entre pessoas do mesmo sexo
O Parlamento sul-africano aprovou esta terça-feira uma lei que autoriza os casamentos homossexuais, tornando-se no primeiro país do continente africano a legalizar a união entre duas pessoas do mesmo sexo, noticia a agência France Press.
A lei foi aprovada com 230 votos, 41 contra e três abstenções, após um debate aceso e polémico sobre a legislação relativa à união civil.
A nova legislação, que autoriza a oficialização das uniões entre pessoas do mesmo sexo pelo casamento ou pela união civil, foi contestada pelas organizações religiosas, conservadores e tradicionalistas.
Apesar da contestação, o Governo sul-africano considera que a nova legislação faz parte do seu compromisso de combater toda a forma de discriminação contra os homossexuais em matéria de matrimónio. «Rompendo com o nosso passado, necessitamos de lutar e resistir a todas as formas de discriminação e preconceitos, incluindo a homofobia», afirmou a ministra do Interior sul-africana, Nosiviwe Mapisa-Nqakula, antes da votação da lei.
A adopção da nova lei já foi saudada pelas associações de defesa dos direitos dos homossexuais, como a Joint Working Group, uma coligação nacional formada por 17 grupos de lésbicas, homossexuais e bissexuais.
«A lei simboliza a rejeição das tentativas de classificar as lésbicas e homossexuais como cidadãos de segunda categoria», defendeu, em comunicado, Kikile Vilakazi, porta-voz da Joint Working Group. Para a coligação, a decisão de hoje «é uma demonstração de empenho dos parlamentares em garantir que todos os seres humanos são tratados com dignidade».
A alteração legislativa começou a ganhar forma depois de o Tribunal Constitucional do país ter considerado inconstitucional a anterior lei do casamento, baseada na «união entre um homem e uma mulher», por ser contrária ao preceito constitucional que garante os mesmos direitos para todos os cidadãos.

52 comentários:

thorazine disse...

O primeiro "campo-de-batalha" do gandhi, só podia..

Mas neste caso penso que o preconceito está muito mais no povo do que em qlq lei. O problema ainda reside nas raças e não propriamente nos sexos..

blogico disse...

"A alteração legislativa começou a ganhar forma depois de o Tribunal Constitucional do país ter considerado inconstitucional a anterior lei do casamento, baseada na «união entre um homem e uma mulher», por ser contrária ao preceito constitucional que garante os mesmos direitos para todos os cidadãos."

é simples, não é?

o 1º artigo da declaração universal dos direitos das pessoas :) diz:
"todas as pessoas nascem livres e iguais". logo, todas devem ter exactamente os mesmos direitos e deveres.

é apenas isto que se deve ter em conta

Sousa disse...

Patrãozinho, esta notícia cheira-me a manobra de diversão de um Benfiquista ferido!ahaha

Julio Machado Vaz disse...

Sousa,
Não vou zurzir o homem agora que está na mó de baixo. Em Janeiro, fui o único benfiquista entrevistado num determinado jornal a dizer que no seu lugar me demitiria pelas más contratações efectuadas e por um estilo de comunicação (?) com o presidente do FCP que não me parece compatível com a grandeza do Benfica. Compreendo a solidariedade de quem trabalha com ele e o aprecia. Não gosto do seu estilo de intervenção pública, não creio que tenha sido assim tão eficaz no meu clube e receio que lá tenha desaguado por "razões portistas internas". Agora..., que a justiça funcione. E que este episódio não se torne em mais um bluff do género "a nação benfiquista pede e eu fico". Se as acusações - e não são só estas... - se revelarem infundadas, o clube está sempre a tempo de recuperar a pessoa em causa se for fundamental para o grupode trabalho, o que ignoro.

Fora-de-Lei disse...

Esta lei vai ao encontro da vontade de uma minoria dentro da mais do que minoritária etnia branca da África do Sul. Até porque, segundo julgo saber, os africanos (negros) não são lá muito dados a atracar de pôpa. Isso é mais coisa para bifes e companhia...

Os pastores da Niederlens Reformed Kerk e os gajos do movimento de resistência afrikander (AWB - há quem os designe por Africa Without Blacks) é que devem estar piursos. Devem pensar mais ou menos assim: andaram os boers a combater a pretalhada para agora darem todos em maricas. Longe vai o tempo da batalha de blood river... eram pretos - sim senhor - mas pelo menos, nesses tempos, ainda eram homenzinhos.

Sousa disse...

O patrãozinho desdenha de mim quando digo que o estádio das Antas (louvado seja o quem lhe escolheu o nome- já era um sinal) precisa ser benzido! Pois não façam, não como faz o emplastro«father... Do vaticano só bons Bentos, bosn golos e bons árbitros.


Não me leve em conta, homem de Deus! Sabe bem como o gosto de ver irado!
Venham daí esses ossos!

noiseformind disse...

FDL,
Ista tava tudo previsto pelo Bandarra: primeiro a pretalhage passaria a ter países depois a paneleirage passaria a andar de cabeça na rua sem serem higienicamante sovados. Ainda bem que ainda vamos para já tendo a corrupção como mácheo campo heterossexual. Já viste o que era um corrupto homossexual??????????????? Era o fim da virgindade de um território que sempre manteve as suas pernas bem cruzadas e o traseiro bem apertada. Repara que tudo isto faz parte de um plano de algumas civilizações para se suicidarem. Daqui a 40000000000 anos holandeses, Sul-africanos, Espanhóis e aqueles maricas todos dos nórdicos estarão extintos. Aliás, estas melhorias económicas que estes países apresentam são passageiras, é só por causa da instalação de fábricas de vibradores, anéis penianos e, mais importante, unidades de produção de comprimidos para tratar o bicho da SIDA. Sem dúvida que um sinal definitivo do fim do mundo é até os pretos, na sua simplicidade, legalizarem as "uniões" paneleirísticas.



Aliás, qq dia ainda já estou a imaginar um pai a falar com putativo pretendente à rata da filha:

-Então você é corrupto.

-Pois é, fui apanhado.

-Ainda bem! Que assim sei que n é maricas!!! Maricas aqui não quero, antes batesse na minha filha do que ser maricas!!!


Malta,
Penso que é um daqueles exemplos importantes de uma jovem democracia. Mostrarem que estão acima de tudo livres de escolhos. As reacções dos líderes africanos são engraçadas e mostram bem o caminho que ainda há a percorrer:

"Somalia’s Islamic leader Sheikh Sharif Ahmed told Reuters that the law was brought in because of outside influence, “This is a foreign action imposed on Africa.

“This is not something that is indigenous to Africa, it is something that has come from abroad.""

n Tanzania, Nicklaus Mwanaseri, a taxi driver, (well known even in Africa for their political views,) told the news agency that the law would bring about the end of the world.

"I see a big flood coming soon because of going against
God's teaching," he said"

(portanto, estas chuvas destes dias em Portugal já são uma espécie de aviso divino)

O que me preocupa, principalmente, é que não houve debate público em relação a esta questão. O tribunal aprova a lei e pronto, está feito. Tb me preocupa que haja uma ressalva. Como o Thora disse, haver uma lei não implica que a discriminação não ocorra. Um pouco como Portugal e a lei da violação. Há uma lei que diz que os gajos n podem obrigar uma mulher a fazer sexo com eles e tal. Mas depois eles violam-nas mas o juíz diz que afinal n foi bem violação, afinal ela até tava de mini-saia e nem gritou muito alto e até tomou um banho que deu cabo das provas físicas da coisa e tal...
Porém acho que prefiro uma lei à pressão a proteger um direito que nenhuma lei a protegê-lo. Até pq há uma ressalva na lei. Os notários poderão fazer objecção de consciência. E isto é bastante importante, pelo menos se depois o mesmo tribunal que tão depressa deu o casamento com uma mão tirar a possibilidade de ele ser celebrado com a outra ; )

andorinha disse...

Boa noite.

Lá vamos nós ter aqui nesta caixinha os campos extremados como habitualmente.

Como já aqui deixei expressa várias vezes a minha opinião sobre este tema, digo apenas que concordo totalmente como o Blogico, mas que provavelmente o Thora também tem alguma razão.

noiseformind disse...

Mas chega de frivolidades, Malta,


Cá está uma notícia verdadeiramente importante! Ainda bem que eu uso Harmony e Zig Zag!

DarkViolet disse...

Nas 28 peças do dominó encontra-se uma que é o 0-0. É pena que áfrica tenha a volta de 50 países ehehehe

Viva disse...

fdl

Os negros não sâo dados a atracar de popa?????

Bem nunca viveste em áfrica senão já não tinhas essa idéia.

Eu lembro-me bem de ver homens com homens nos quimbos e para eles aquilo é normal. Escondiam-se sim dos brancos porque como eles diziam apenas o faziam ás escondidas e com eles (negros) de preferência, porque assim nunca ninguém saberia da verdade.

A raça humana é igual independentemente da étenia.

Julio Machado Vaz disse...

Fdl,
Aconselho a leitura de Boy-Wives and Female Husbands, Studies in African Homosexualities, edited by Stephen Murray e Will Roscoe.

j.b.mendes disse...

Julio Machado Vaz 3:39 PM

...no seu lugar me demitiria pelas más contratações efectuadas e por um estilo de comunicação (?) com o presidente do FCP que não me parece compatível com a grandeza do Benfica...

Que visão atrofiada dasssssss!!!
então o homem dos pneus e dos camiões, que cospe incongruências metatarsicas e fisicoescrementais, que não tem formação, e só diz e faz disparates em representação do clube de Regime e bem fisca, será que é melhor que o Veiga?
Ao bem fisca só vai parar a merda que os outros sacodem do capote. E mainada. Depois dizer mal de quem o representa, é de vómitos ó Professor julinho, mudam as pessoas ficam as instituições, e a instituição que o representa é o FCPorto quer queira quer não queira, já o destrambelhamento é da sua exclusiva responsabilidade.
Li em baixo uma resposta da denominada ave rara de nome Andorinha que pelo que pesquisei é de Guimarães. Pois! com vimaranenses destas só podia dar descida de divisão. E pelo que consta, parece que não vai ficar por ali. São os bem fiscas de Braga a ficarem mais bracarenses, e os vimaranenses a ficarem mais bem fiscas. Enfim é o povo atrazado que temos, e mais não podemos pedir. Quanto ao comentário malcriado da dita andorinha fedorenta, não pense que fica sem resposta, aliás está mesmo a pedi-las, já que pela tua idade, não deves ser ave que se cheire, já que parece que ninguém te pega, ou será que para ti conversar aqui com a rapaziada já te dá ponta. Não é desculpa se estás na menopausa, para vires insultar quem não falou para ti, ainda para mais assuntos de futebol.
É bom que não te atravesses porque na próxima podes ser atropelada mesmo estando em cima do passeio.
Abispa-te!

j.b.mendes disse...

Os meus comentários são apenas de opinião, e não para merecerem respostas malcriadas em relação á minha pessoa "virtual", se quiserem entrar na guerra, ficarão abilitados a respostas desagradáveis, ou no minimo poderão ser bem amassados. Fica o aviso, para quem quiser atravessar-se á frente.

moon disse...

Boa tarde:) (até nem está, mas pronto...)

Aos pouquinhos lá vão caíndo os "muros de Berlim" (ou da vergonha, como lhe queiram chamar).

Existem demasiados nomes e maneiras de classificar as pessoas quando no fundo em termos latos elas não diferem assim tanto do protótipo e, convenhamos, não estamos a falar de máquinas...
Se tudo correr bem, as pessoas vêm todas equipadas de série com o mesmo motor (se depois ele falha:(isso já outra coisa...)
E, na minha óptica, não podem ser considerados extras: o género, a orientação sexual, a cor da pele, olhos, cabelo, etc...
De série também vem instalada em cada um a capacidade para o bem e para o mal, difere apenas o uso que acada um faz dela.
E, pronto, há quem prefira tratar melhor o seu carro do que o seu semelhante...:(

vareira disse...

Parabéns ao pai babado pelo prémio arquitectura do filhote pela bela casa...eu sou irmã babada, de um arquitecto do metro que também esteve nos premiados.
Finalmente a estéctica e a cultura urbanistica portuguesa está a ser premiada e as oportunidades são dos mais jovens.Parabéns a todos os arquitectos.

thorazine disse...

Bem, ontem estava eu a jantar e deparei-me com a notícia:

"Consumo de drogas "leves" causa graves problemas vasculares
Pode conduzir à amputação de membros ou mesmo à morte celular contínua.

Contrariamente ao que normalmente se pensa, não são apenas as drogas "pesadas", como heroína e cocaína, que provocam doenças de foro vascular mas também as chamadas "leves"", como cannabis ou haxixe, e as sintéticas, como o ecstasy.

O alerta é de Armando Mansilha, professor e investigador da Faculdade de Medicina do Porto e coordenador do “European Registry of Training Centers”. O consumo deste tipo de drogas actua "de forma lenta mas progressiva", provocando "toxicidade vascular indirecta" e podendo conduzir à amputação de membros ou mesmo à isquemia crónica (morte celular contínua).

"Os problemas vasculares neste tipo de consumidores são normalmente subdiagnosticados, por duas causas: falta de conhecimento relativamente a este tipo de problemática por parte do consumidor e falta de sintomas que se evidenciem em fases pouco avançadas das patologias", explica o investigado num comunicado da Universidade do Porto.

"Assim, estes consumidores recorrem a apoio clínico apenas em fases muito avançadas, difíceis de controlar", salienta Armando Mansilha, lembrando que os problemas resultantes de morte celular são irreversívei.""


Fui À procura de uma base sólida para uma notícia destas porque mesmo parecendo que não ainda vou zelando pela minha saúde. Encontrei várias páginas a falar sobre a "possibilidade" de relação da cannabis com a isquemia, sendo o número de casos e de estudos feito muito pobre para tirar conclusões.

Encontrei no estudo: "Cannabis Use and Cerebrovascular Disease" o seguinte: Conclusions: Cannabis use seems to have been causally related to several instances of cerebral ischemia and infarction. Proposed etiologic mechanisms have included cerebral vasospasm, cardioembolization, and systemic hypotension with impaired cerebral autoregulation, but most of the available data points to a vasospastic process. "The exact relation of cannabis to cerebrovascular disease remains to be determined".
http://www.theneurologist.org/pt/re/neurologist/abstract.00127893-200401000-00005.htm;jsessionid=Fb2T2cyYD1rNvnxPW3RpN4TTgxyHGv3GvQLqRyfnjptkv4CtzgJr!-1640309041!-949856145!8091!-1

Fui às procura de casos, de provas vivas para que tais afirmações pudessem ser considerada provaveis verdade. Encontrei um relatório de uma caso de um homem de 36 anos que teve 3 episódios de afasia separados por 3 anos, sendo os três precedidos por consumo de haxixe e alcóol. Ou seja, difícil determinar qual a real causa. Ainda refere: " Establishing a casual relationship between drug comsuption and stroke is not easy, and this relationship is isually based on a temporal link between drug use and the occurrence of stroke in youg patients without any other vascular risk factors.(...) Alcohol and ischaemic stroke could also have contribued. (...) However, hasish is an illegal drug in spain, not subject to any regulation or control, and therefore other toxic substances could have been added during is manufacture."

Ou seja, ha imenso factore que podem influenciar a conclusão a tirar, nada de concreto pode ser dito. Sempre podem dar uma olhadela e tentarem tirar mais sumo: http://jnnp.bmj.com/cgi/reprint/76/3/435.pdf


Ao bocadinho encontrei o estudo: "Cannabinoids and Neuroprotection in Global and Focal Cerebral Ischemia and in Neuronal Cultures " em que refere no abstracto: "Cannabinoids may have therapeutic potential in disorders resulting from cerebral ischemia, including stroke, and may protect neurons from injury through a variety of mechanisms."
http://www.jneurosci.org/cgi/content/abstract/19/8/2987

Ou seja, acho que o Sr Doutor que afirmou isso, que não conheço nenhum do seu trabalho, tem informações e estudos em seu poder que não estão disponíveis para o público. É engraçado não referir nem sequer um deles.

Estou À espera de alguns dados. Se não existir realmente acho grave, muito grande fazer uma "alerta" para o público sem fundamento. É que um ou dos casos não é considerada uma prova ciêntifica.

thorazine disse...

Ups, desculpem ter mudado de assunto assim de repente...mas incomodou-me..

andorinha disse...

Thora,
Tens alguma coisa que pedir desculpa?!:)
Todos os assuntos interessantes devem ser trazidos para aqui.
E não são assim as conversas?:)

j.b.mendes(7.10)
Se o meu comentário foi malcriado, o que dizer desse????
Como já aqui disse, não perco tempo com mentecaptos que ainda por cima usam linguagem de tasca; por isso, por aqui me fico.

Estás à vontade para destilares o teu ódio em relação às mulheres.
Achei imensa piada à frase: "...ainda para mais assuntos de futebol."
Loooooooooooooooooooooooool

P.S. E para fugir à tua brutal ameaça que me deixou aterrorizada, mudei ainda hoje de cidade. Looooooooooool

CêTê disse...

jbmendes,
foi grosseiro, e deixe-me dizer-lhe que fica muito mal.
E eu disse "foi" não disse "é".

Um resto de boa noite a todos e parabéns ao professor pelo prémio atribuido a um dos filhotes. (se bem entendi)
Os mais novos têm de saber esperar. Não tardará um para ele.

bjnhs

j.b.mendes disse...

Andorinha fedorenta 9:54 PM

..."Estás à vontade para destilares o teu ódio em relação às mulheres.
Achei imensa piada à frase: "...ainda para mais assuntos de futebol."...

Já pareces o Mantorra a dizer que são todos racistas aqueles que o chamam PRETO nos campos de futebol.
Ele não se vê ao espelho para vêr que é PRETO? Agora se me chamarem BRANCO também estão a ser racistas?
Se eu chamar BOI a um BRANCO estou só a ser malcriado, mas se chamar a um PRETO estou a ser racista!
-Francamente! Não estarás também tu a destilares o teu ódio em relação aos Homens?
-É pertinente; - Não?
Andorrinha, tu não és tão mentecapta como os outros todos são, tu és mesmo é BURRA, e nem és loura! Olha se fosses. Por isso não respondas mais para não ficares desmoralizada aqui ao vivo e a cores á frente do professor Julinho, que nem te passa cartolina nenhuma. Sabes porquê?
Não és andorinha que se cheire. Devias ter nascido com uma PILA,hehehehehehehehehehehehehehe
Cuidado Rapaziada.

Fell me(na) disse...

"Jà que estamos destinados a viver o resto das nossas vidas na prisão da nossa mente, temos o dever de a mobilar bem" Peter Ustinov

Julio Machado Vaz disse...

Meu caro Mendes,
Não sei que lhe responder. Talvez dizer-lhe que é consolador sabê-lo não benfiquista:).

Julio Machado Vaz disse...

Thorazine,
São muito mais evidentes as provas dos efeitos deletérios do ecstasy do que da cannabis.

INDIGENTE ANDRAJOSO disse...

dominó?

moon disse...

De volta... Após compromissos sociais:)

indigente andrajoso,

pense no jogo de dominó, no modo como se joga. As peças têm que ser conjugadas como?:)

andorinha disse...

Cêtê
:)
jinhos

Fell me(na)
Belíssima citação:)

Júlio,
:)))

thorazine disse...

Professor,
acredito. O ecstasy é um conjunto de compostos a maioria das vezes totalmente desconhecidos. Estando os estudos em seres humanos interditos o MDMA é estudado como sendo ecstasy, sendo os resultados completamente inconsistentes devido aos inúmeros factores que influenciam as conclusões. Mesmo assim só encontrei dados relacionados com ecstasy, não MDMA. Os casos são TODOS resultantes de um consumo de drogas de rua, o número de substâncias contidas nas pastilhas é indeterminável.

Depois, quando são feitos estudos há lapsos destes:
Since MAPS is seeking to conduct FDA-approved research in which MDMA is administered to human subjects, our FOIA request also seeks the release of more details about the design and results of Dr. Ricaurte and McCann's subsequent studies that they mention in their retraction, in which they administered genuine MDMA to primates, both orally and by injection, and found no evidence of dopaminergic neurotoxicity. These studies can provide data that bears directly on the estimation of the risk of dopaminergic neurotoxicity to subjects in the human research that MAPS is seeking to conduct.

Ricaurte/McCann's anti-Ecstasy bias is now more clearly visible. In their original Science paper (Ricaurte et al. 2002) with its surprising results, the authors ignored three published human studies showing no effect of MDMA on dopamine (Kish 2000; Reneman et al. 2002; Semple et al. 1999), claimed that they administered the equivalent of a "common recreational dose regime" despite a reported 20% mortality rate in their primates (later modified to a 13.3% death rate when Ricaurte et al. admitted that they actually used 5 more animals than they reported to gather the data for their original Science article), and ignored their own research showing that oral administration of MDMA is less neurotoxic than the injection of MDMA (Ricaurte et al. 1988). http://www.maps.org/mdma/rd011604.html


Não estou aqui a defender que o consumo é inócuo, simplesmente a referir (porque é o que acredito) que não há estudos para admitir que tais danos estão directamente relacionados. Professor, não concorda que é uma notícia alarmista considerar que "as drogas leves podem causar isquemia crónica" não existindo dados suficientes para o afirmar? Poderá até existir até uma ligação com a substância, mas só quando estiver confirmada experimentalmente é que se devem fazer avisos destes. É a minha opinião..soa-me sempre a "Refeer madness" dos anos 30.. :(

thorazine disse...

Andorinha,
realmente não há nada a desculpar, esqueço-me que aqui não é heresia desconversar no meio de conversas sobre a bola. Manias do mundo real.. LOL

andorinha disse...

Thora,
Eu não sou o Professor:), mas concordo com o que dizes,"é uma notícia alarmista considerar que as drogas leves podem causar isquemia cronica quando não existem dados suficientes para o afirmar."
Sem provas não se deviam fazer afirmações gratuitas.

Tu não estavas a desconversar e alguém aqui estava a conversar sobre futebol?
Loooooooooooooooooool
Ai, miúdo, essa tua candura e inocência tão própria dos "teenagers" (que já não és, eu sei) :)))

Não pesco nada disto disse...

Boa noite.

Considero "positivo" que, de vez em quando, apareça um imbecil, um insensato. Parece-me mais fácil comparar.

Bem haja àqueles que não usam a tecnologia para simular sentimentos, para ofender. A dignidade, a ética, etc., são valores a usar e abusar até no "mundo virtual".

Respeitar é nobre!

thorazine disse...

Tens de dar o desconto. Aqui só o Noise é que vai buscar inspiração a 3 horas de sono diárias! :))))))))))

thorazine disse...

Ahh..E sou teen sim senhor! Não é um ano que faz a diferença! :)

moon disse...

Ou será na forma como as peças caiem formando aquela corrente?... Já não sei...

Á tarde, ao comentar, lembrei-me de outra situação relativa a discriminação e preconceitos que tenho visto afectar muita gente, gente que eu conheço.

E é uma coisa tão simples como um dado do bilhete de identidade: o estado civil!

Se é certo que ser solteiro ou divorciado pode não ser a mesma coisa em termos de disponibilidade afectiva, na práctica definem a mesma coisa, ou seja, pessoa não não casada.
E ambos os estados, dependendo das cambiantes (sexo e idade), podem ser geradores de desconforto na forma como são alvo de discriminação e preconceitos.

Normalmente nestes casos o género feminino fica sempre a perder...

Uma mulher, solteira, com aquilo que se entende por uma certa idade, é olhada como se tivesse algum defeito ou como se algo tivesse falhado. E se por acaso até for um caso de sucesso profissional, nem se fala...

Já um homem solteiro com uma certa idade é um caso de sucesso! E é olhado pelos outros machos como (isto digo eu:) um ser superior que conseguiu fugir às apertadas malhas desses seres (encantadoramente) diabólicos que são as mulheres...

No caso de divórcio já as discrepâncias se atenuam um pouco mas aqui novamente a mulher fica mais penalizada:

Não é raro ouvir o género masculino (atenção que não estou a generalizar, há excepções!)dissertar sobre uma mulher divorciada de uma forma pouco simpática:
Primeiro porque em termos de disponibilidade lhes parece uma presa fácil, segundo porque "já tem a rodagem feita", terceiro porque precisa de ser consolada (esquecendo talvez que, na maioria dos casos, eles são bem mais carentes e dependentes...) e por aí...

A penalização continua se por acaso houver filhos e eles ficarem à "guarda" da mãe: para além de ficar mais "presa", se entender ter uma vida social activa corre o risco de ver a sua imagem afectada. Como se não tivesse direiro a vida própria e o seu papel se resumisse ao de cuidadora. Digo isto, porque já ouvi comentários negativos relativos a mães solteiras/divorciadas, muito competentes enquanto mães, dando a entender que assim estavam a abandonar as suas crias (não falo, claro, de menores deixados sózinhos).

Em tempos, uma amiga, foi alvo desse tipo de discriminação. E se a quem parodiava pareceu coisa pouca e a pessoa alvo, socialmente conseguiu manter a pose e ter uma atitude "politicamente" correcta sem perder a compostura, em privado as lágrimas dela mostraram como estava desfeita.
Ela é aquilo que se considera uma mulher bonita, culturalmente é interessante e tem sucesso profissional. Quando veio trabalhar para o meu departamento ficou no centro das atenções. E, por ser discreta, ainda mais aguçadas ficaram as curiosidades.
Até ao dia em que, em caso de impasse, alguém de forma muito javarda (mas que se julga muito engraçado) lhe perguntou aberta, directa e publicamente qual era afinal o problema dela? Se ainda não tinha encontrado o homem certo ou se era lésbica?!
Acontece que ela acabava de sair de uma relação longa que não deu certo e ainda estava a fazer luto...

Enfim...

moon disse...

P.S. Aviso à navegação:

Embora o meu discurso seja no sentido de defender/proteger o género feminino, não me considero nem sou uma femininista militante.

Adoro a diferença de sexos. Adoro que abram a porta do carro, que puxem a cadeira no restaurante (não, necessáriamente, que paguem a conta!), que carreguem a botija do gás (ups... esta já não se usa), que ponham o lixo na rua e que levem o carro à oficina!

E, posto isto, beijinhos e durmam bem:)))))))))

Fora-de-Lei disse...

j.b.mendes 7:18 PM

Não é abilitados, é habilitados (com H). Embora seja difícil de identificar - por não ser pronunciado - na nossa língua há muitas palavras começadas por H.

Mais um exemplo, talvez ainda mais ilucidativo: "Ó Mendes, quem te armou essas astes que exibes na mexela ?" Não é astes, é hastes (com H).

thorazine disse...

Tanto estar sozinho , assim com os triângulos amorosos. tudo que não seja "standard" é alvo de preconceito. O António damásio referia que tal caracterísca foi-nos útil no passado, quando as disputas tribais foram essenciais para o apuramento de genes. Hoje em dia as funções permanecem na maquinaria biológica mas sem utilidade.. :(

thorazine disse...

*como

Eu hoje tanto omito as letras como as duplico sem dó nem piedade. Mas há sempre a desculpa: "é do tclado"! LOOOL

Pamina disse...

"Petit à petit..."

Por acaso estive a fazer umas contas: 230+41+3=247, o que daria uma maioria de quase 83%. Mas o parlamento da África do Sul tem 400 lugares (279-ANC, 50-DA, o 2º partido mais votado e vários pequenos). Quem serão os 126 deputados que faltam e virão os 230 votos exclusivamente do ANC? Seria interessante saber. De qualquer modo, a lei passou com 57,5% dos votos.

Andorinha,
Sua desnaturada:))). Eu sei que nasceste em Lisboa, mas já vives aí há muito tempo, como é que te atreves a ser de outro clube do que o Vitória Sport Clube, de seu nome oficial?!
A má-criação não tem nada de divertido, mas certas coisas só levando mesmo para o gozo. Ele há cada um!

Uma noite descansada para todos.

andorinha disse...

Pamina,
As paixões clubísticas (ao contrário das outras) vão connosco para a cova, não sabes?:)
E olha o Júlio, tripeiro e benfiquista dos quatro costados.
Lixei-te.:))))))))))))
Bjs.

Até amanhã, gente:)

PAH, nã sei! disse...

Pois bem "pessoal"... que "divirtidos" estamos :)
FDL, não caia já em cima da menina (foi de porpósito, perpósito, propózito??... vou ao word e venho já ;)


Boa noite a todos, a estrelinha vos guie e, já agora, ó NOISE tens concorrência :)

Beijoca

Ah! O post... Sabem que vos digo? Meus alunos do 7º ano (ainda hoje em discussão sobre identico tema), mostraram-se seres de "mentes abertas" quanto ao assunto. E tal não implica que fossem a favor de qualquer homo... (só se for o sem H ;)

PAH, nã sei! disse...

Desculpem o lapso temporal... deve ser a trovoada :)
tal como dizia, mostraram-se muito mais "abertos" a uma séria discussão do assunto... o que não me parece ter acontecido, por cá Professor...

Aspásia disse...

BOM DIA

DAQUI A POUCO NA ANTENA1, A SEGUIR AO "AMOR É", UMA ENTREVISTA COM JOSÉ SARAMAGO QUE HOJE FAZ 84 ANOS...

TENTAREI GRAVAR...

TENHO ANDADO OCUPADA EM SEMINÁRIOS DE PSICOTERAPIA BREVE A LA FERENCZY (VER "O FIO INVISÍVEL" DO PROF.)... ARQUITECTURA TRANSCOMPUTACIONAL DE WEBHOSTING... E APOIO INFORMÁTICO A SW DE XADREZ...


AH, HOJE NÃO HÁ O AMOR É!!!

Aspásia disse...

PUS A GRAVAR O SARAMAGO... COMEÇOU DE REPENTE... VEREI SE CONSIGO FAZER DEPOIS UM SHARE...

ATÉ LOGO

Aspásia disse...

NÃO HÁ "O AMOR É" AGORA AS 11:20, NOS OUTROS HORARIOS DEVE HAVER... MAS COMO HÁ O POSCAST PAS DE PROBLÈME... NO PROBLEMO...

EU ANDO COM A CABEÇA JÁ ZARUCA, QUE AGORA AINDA POR CIMA O MEU PAI QUER ENSINAR-ME PROBLEMAS DE XADREZ...
NÃO SEI SE OS MEUS NEURÓNIOS AGUENTAM TANTA COISA... AINDA VOU É PARAR A ALGUMA CASA DE ORATES...

ORATE PER ME FRATES...

chato disse...

Que chatice!
Nunca mais é Sábado!

Ameninadalua disse...

Bom dia

Professor gostaria de o congratular pelo orgulho que certamente teve na atribuição do prémio de arquitectura ao seu filho. Fiquei sem entender se o prémio se refere à sua casa de Cantelães ou a outra casa. Se fôr essa a casa, então os meus parabens vão a dobrar:) mas claro que a tónica das felicitações vai para o seu filho Guilherme...

Quanto ao ambiente por aqui lamento-o...
Aguardemos por melhores momentos e principalmente por melhores comportamentos e respeito pela liberdade de expressão cada um.

Viva disse...

Bom dia pessoal

Mas que maus figados estavam presentes ontem no blogg, seria da tempestade???

Bem quando quisserem ouvir na primeira pessoa o que é a discriminação, eu dou um relambório muito completo. Mas têm depois que aturar como se vence a discriminação muitas vezes. É que também conto com algumas "vitórias".

bem quanto aos erros ortográficos que escrevo muitas vezes nos blogg's ou até nos chat´s deixem que diga, estou-me borrifando, porque já me chega todas as horas de serviço em que os erros desse e de outros tipos não podem ser cometidos.

Bem quanto ao futebol bem eu sou Benfiquista dos sete costados, com uma hora de nascida já era sócia do Benfica, durante anos acompanhava os meus pais á sede do Benfica (aquela dos restauradoures), fui a todos os jogos do Benfica durante anos, fossem na Luz ou fora, e tenho taças disputadas no Xadrez com o meu nome.
O que me preocupa neste momento é a minha filha que também é Benfiquista, mas mostra sinais de intolerência, com os outros clubs. E isso é a 2ª coisa que não gosto no futebol. A primeira é a corrupção. A 3ª é o jogadores não fazerem o trabalho para que são pagos milionáriamente.

E agora que já fui chata (como diz o chato) vou almoçar que está na hora.

;-))

Viva disse...

Esqueci-me de dar os parabens ao JMV pai. Já agora ao filho também (afinal foi ele que ganhou o prémio).

:))

andorinha disse...

Bom dia.

Um pulinho para um café e para vir aqui:)
Malta, hoje é outro dia e quanto ao ambiente, aqui como em qualquer outro lado, somos nós que o fazemos.
E o ambiente aqui é apenas igual ao da vida lá fora, uns dias melhor, outros dias pior.

Saliento mais uma vez a citação de Peter Ustinov feita pela fell me(na)
"Já que estamos destinados a viver o resto das nossas vidas na prisão da nossa mente, temos o dever de a mobilar bem."
É pena que alguns não se preocupem com a mobília:(

E agora tenho um bando de teenagers à minha espera:)
Até mais logo.

Aspásia disse...

Quanto a maus ambientes... confesso q não me apercebi mto bem... não tenho lido muitos dos comments...
Claro que numa sala de estar (bem ou mal) deste tamanho, pode entrar de tudo um pouco...
Como na vida em nossa casa, há dias melhores e dias piores...
É peciso saber gerir com critério a convivência, ainda que virtual...
Por isso acho até saudável que haja tricas, arrufos, amuos, choques, ódios... tal como pode haver desabafos, alegrias, concordâncias, solidariedades, amizades e amores...

É assim a essência humana... o ethos e o pathos convivem dentro de cada um de nós...

Fiquem o melhor possível...
...e sempre há o velho ditado adaptado "Mulher/Homem honrada/o não tem ouvidos/olhos... para certos comentários"...

;]

thorazine disse...

Oh aspásia, "ethos" e "pathos"? Pensava que era "eros" e "thanatos"! :(((