segunda-feira, novembro 20, 2006

Os malefícios da tecnologia? Não, as oportunidades que proporciona.

"Caso pode chegar à justiça

Jovem italiano encena morte para acabar com relação na Net
Um adolescente italiano, de 14 anos, simulou a própria morte para terminar uma relação que mantinha via Internet, noticiou a Ansa.

O jovem, residente em Vicebellignano, uma localidade com apenas 1300 habitantes, situada na província de Cremona, no norte de Itália, encarregou a irmã de enviar uma SMS para o telemóvel da ciber-parceira para a informar da suposta morte, causada por um alegado acidente de viação.
A irmã continuou a história, acrescentando que o irmão tinha sido submetido a várias cirurgias, entrado em coma e, por último, havia falecido.
A mentira arquitectada pelos irmãos para romper a relação transformou-se numa tragédia para a jovem enamorada, que «se desfez em lágrimas ao saber da morte do parceiro» , contou a mãe.A irmã do «falecido» pediu à jovem que não fosse ao funeral, mas que enviasse uma coroa de flores para ser depositada no túmulo.
Desconsolada, a jovem descobriu, no entanto, a mentira, depois da mãe ter telefonado para o registo civil e para um jornal local de Cremona para obter informações sobre o funeral.
A família da jovem considera agora denunciar os irmãos à polícia e entrar com um processo judicial."
Vide in http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=10099

76 comentários:

AQUILES disse...

Tudo e todos têm o lado mau e o lado bom. É tudo uma questão de se escolher comer da árvore do bem ou do mal. Mas, há sempre um mas, é necessário previamente que haja o conhecimento do que é o bem e o mal. E o problema está na transmissão/aquisição deste conhecimento.

thorazine disse...

aquiles,
penso que o mal a que te referes, neste caso, é o levar "tão a sério" uma relação virtual.. :))

clara disse...

!!!

AQUILES disse...

Thora

Também. :):):):
Algumas, mais velhas, claro, até ficariam aliviadas se o adorado (de tempos idos) se fosse.
Não se pode ter tudo :):):):)

CêTê disse...

Professor,
conteúdo a pedir uma reflexão séria e profunda. Provavelmente de contornos semelhantes a tempos idos nos namorso por correspondência mas sem a vertente de dependência que a internet (e em especial os chat e msn e afins) pode criar.
Sem tempo (volto curiosa, masi logo se puder para ler os comentários)
bjnhs

Fora-de-Lei disse...

Se a rapariga não fosse tão adesiva, o rapaz não tinha razões para se pirar e com certeza que nada disto teria acontecido.

O rapaz apenas tentou usar um mecanismo possível para se ver livre da miúda, utilizando os meios mais eficazes de que poderia dispor.

Quantos, no tempo em que não havia nada destas tecnologias, não arranjaram grandes tangas para se verem livres duma qualquer chata do caraças ?! E às vezes os resultados eram tão ou mais "trágicos" que este...

PAH, nã sei! disse...

FDL,
“Quantos, (...) não arranjaram grandes tangas para se verem livres duma qualquer chata do caraças"
:) Quem diz quantas pode, com toda a certeza, dizer quantos.

Contudo, no presente caso, penso que a idade do rapaz poderá ter tido influência. Possível incapacidade de "encarar" a jovem com a situação do rompimento.
Nada na notícia indica que terá existido, por parte da rapariga, uma situação de negação relativamente ao fim da relação.
Quantos "adultos" recorrem aos mais diversos estratagemas para, de uma forma simples, terminar uma relação, sem o duro frente a frente?

Na realidade, também nada indica que a "solução" encenada não tenha sido a única via de terminar a relação, devida à recusa da aceitação da rapariga.... fins difíceis, medidas drásticas...

PAH, nã sei! disse...

FDL,
perdão...

"Quem diz quantos pode, com toda a certeza, dizer quantas."

Assim, sim!!

iuri disse...

A cobardia é muito triste...só vos digo!

andorinha disse...

Boa noite.

Se a moda pega...
Malta, cuidado com os sms:)))
Isto parece-me tudo tão exagerado, encenar o próprio funeral para terminar uma relação!!!!!!!!!
Às vezes questiono-me em que raio de mundo vivemos nós.

Fora de lei(7.49)
"Se a rapariga não fosse tão adesiva, o rapaz não tinha razões para se pirar e nada disto tinha acontecido."
Fosse ela adesiva ou não, ele podia pirar-se sempre,bastava dizer-lhe " para mim acaba aqui".
Os catorze anos podem ser atenuantes, mas não desculpam tudo.
E a família colaborou, ainda por cima.
E assim se incentiva a cobardia.:(

MTC disse...

Pensei um pouco antes de me pronunciar sobre este tema em particular, mas por se relacionar de uma forma mais abrangente com a utilização incorrecta de um meio facilmente acessível, criado para o uso e usufruto de todos, achei por bem comentar um pouco sobre o assunto.
A Internet foi criada e desenvolvida por uma pessoa de bem, altruísta e que pensava mais nos benefícios globais do que aqueles que poderia ter tirado para si. Só assim se compreende que o seu inventor nunca tenha patenteado a sua descoberta/invenção (que o poderia ter tornado no homem mais rico do mundo) e a tenha desenvolvido e disponibilizado gratuitamente para todos quantos estivessem interessados em interagir num mundo global. Certamente não era sua intenção a utilização incorrecta de um meio tão poderoso. Os altruístas têm tendência a ver os outros como sendo igualmente pessoas de bem. A prova de que assim não é encontra-se todos os dias à nossa volta e a utilização da internet como meio de propagação de ideias violentas e comportamentos incorrectos e inaceitáveis não é já novidade. O que é descrito no artigo é apenas mais uma aberração e certamente não será a última. Também não acabarão nunca os cobardes que a utilizam para maus fins e que se permitem fazer ou dizer o que nunca seriam capazes de fazer frente a frente. Esse é o principal perigo; mas como impedi-los?
Por outro lado as relações virtuais são isso mesmo; e assim continuarão a ser se não se passar para o mundo real, para o mundo dos sentidos, onde uma pessoa tem uma cara e cada pessoa tem um ADN. Como é possível desenvolverem-se sentimentos sem ver, sem ouvir e sem sentir. Os sentidos continuam a ser os maiores dons que foram dados ao ser humano. Para que os utilize e sejam processados pelo cérebro.
A minha entrada neste meio virtual foi através do blog Murcon que de alguma forma me despertou a atenção e me fez querer saber mais e ao mesmo tempo aprender.
Mais importante foi o ter conhecido algumas pessoas que vim a conhecer pessoalmente e que se vieram a tornar minhas amigas. É certo que o partilhar um interesse comum ajudou, mas se não tivesse sido a internet, provavelmente nunca as teria conhecido. No mundo real, naquele que conta.
Presentemente, continuo a visitar o blog Murcon e a amizade que desenvolvi com algumas pessoas que o visitam reúne as condições já enunciadas. Estou-lhe por isso agradecida, quer ao blog quer ao seu mentor.

Uma boa noite para todos

Berners-Lee made his idea available freely, with no patent and no royalties due. The World Wide Web Consortium decided that their standards must be based on royalty-free technology, so they can be easily adopted by anyone.
Wikipedia

AQUILES disse...

Concordo com o facto de a cobardia ser de consequência triste. Mas não o é sempre? Em qualquer situação. E se repararmos bem, em questões de amor/relações, o que não falta são cobardes. Infelizmente mais eles que elas.

Fell me(na) disse...

Coitado do miudo, não sabemos o que se passou, parece ter sido uma medida "desesperada".

Fora-de-Lei disse...

Exigir a um puto uma atitude adulto é algo que me deixa "um tanto ou quanto atarantado"...

Katerinna disse...

O lado negro da lua...

andorinha disse...

Fora de lei(10.51)
Ninguém está aqui a exigir ao puto uma atitude de adulto, pelo menos eu não; agora alguém lhe deveria dizer que a solução que ele engendrou não é a melhor para resolver seja o que for. Educar também não é isso?
Se não for assim, ele achará tudo isto normalíssimo e provavelmente irá continuar a agir assim pela vida fora.

alquimista disse...

boa noite

CARÍSSIMOS (AS), o djmv, só agora vai para casa. Esteve em directo num programa desportivo do PORTO CANAL como comentador desportivo (pelo Benfica) numa mesa redonda com outros representantes do Porto e do Sporting. Todas as 2ªs feiras por volta das 22.00. Não lhe conheciam esta faceta, pois não?

Fora-de-Lei disse...

alquimista 11:08 PM

O homem tá feito um mercantilista... ;-))

Viva o Glorioso !

alquimista disse...

Relativamente ao conteúdo do post do djmv antes de mais temos de verificar o seguinte: todo ele é virtual. Um namoro pela net é virtual (informaticamente falando) , a morte anunciada também o foi (literalmente falando). E é este um dos grandes riscos que a juventude de hoje corre (e eu lido com ela todos os dias): confundir, ou pior ainda, ter dificuldade em distinguir o virtual do real. Penso que Columbine teve na sua essência algo disto mesmo. O nosso papel, como educadores, não é fácil, pois a juventude está hoje mais tempo e mais perto das tecnologias do que de nós. E não penso como a andorinha (malgrès tout)que uma advertência à posteriori seja o mais eficaz. Temos de ser muito imaginativos para agir e não ter de reagir. Mas, claro, não depende só de nós…

Pamina disse...

Boa noite.

Acho uma solução bastante cruel, esp. o "requinte" da coroa de flores, mas algo desculpável devido à idade do rapaz (e da irmã?) e ao eventual assédio da rapariga. Certamente não mediram as consequências que esta acção poderia ter (eventual suicídio dela, por ex.).
De qualquer modo, estas situações podem ser muito incomodativas e de difícil resolução e nem sempre se sabe qual a melhor atitude a tomar. Neste caso, tratando-se de adolescentes, talvez uma intervenção dos pais dele junto dos dela tivesse resolvido o assunto, mas compreendo que o jovem tenha preferido fazer este género de confidências à irmã. Mais do que um alerta sobre as consequências negativas que as relações entre jovens através da Internet podem ter, vejo um exemplo de que é essencial um bom acompanhamento (não "vigilância chata") dos pais. Mas, claro, para que isto resulte a relação global terá que ser boa, o que, nestas idades, muitas vezes não é o caso.

iuri disse...

Permitam-me alguns apontamentos:

-mt:
"Como é possível desenvolverem-se sentimentos sem ver, sem ouvir e sem sentir. Os sentidos continuam a ser os maiores dons que foram dados ao ser humano. Para que os utilize e sejam processados pelo cérebro." - pois digo-lhe que as palavras também servem para isso, para podermos construir uma idéia, passar emoções, descrever sentimentos e aproximarmo-nos de quem nos está distante, fisicamente...O grande amor da minha vida, conheci-o na internet e foram meses de conversa até nos vermos. E grandes amigos também surgiram da internet. A cara, a presença, claro que é importante, de suma importância aliás! Mas não é também um desafio gostarmos de algo que não vemos? Não é essa a essência humana do sentimento? gostar sem ver? vale a pena pensar nisso, acho eu :)

-feel me(na):
"Coitado do miudo, não sabemos o que se passou, parece ter sido uma medida "desesperada". Quem somos nós para julgar alguém. Estamos apenas a servirmo-nos duma notícia para comentar actos, intenções, experiências de vida. De facto, se quiséssemos ser justos teríamos que ouvir o rapaz e a rapariga, mas como não é possível, singimo-nos ao mais objectivo- o acto. E eu acho, acho, que devem-se olhar a meios para os fins...

-fora-de-lei:
14 anos hoje não são 14 anos de há 20 anos atrás, acredite. São aninhos suficientes pasa se saber fazer muita coisa e experimentar outras tantas, por isso acho, e continuo a achar, que se exige uma atitude humana tanto aos 14 como aos 44 anos. E tal como a Andorinha disse, educar é isso mesmo, ou não?

-andorinha:
"E a família colaborou, ainda por cima. E assim se incentiva a cobardia.:(" Pois é, há pessoas que confundem o gostar de alguém com o passar-lhe a mão pela cabecinha sempre que fazem asneiras. É assim que se desgraça muito filho. Nós podemos gostar de alguém e querermos ficar sempre ao seu lado, ajudá-lo, mas acho que não há maneira melhor que lhe mostrarmos quando achamos que está errado e ajudá-lo a corrigir, e não a camuflar...

Bem, e eu cá vou achando estas coisas todas, acho...
Por agora vou ali estudar mais umas quantas páginas porque acho, acho, que o exame tá à porta :)

Boas noites e bons "achanços" ;)

Julio Machado Vaz disse...

Fdl,
Ts, ts, estou lá de graça:))))), como os outros, de resto. Viva O Glorioso!

Aspásia disse...

Por debaixo dos Panos

Ney Matogrosso

Composição: Indisponível

O que a gente faz
É por debaixo dos pano
Pra ninguém saber
É por debaixo dos pano
Se eu ganho mais
É por debaixo dos pano
Ou se vou perder
É por debaixo dos pano

É debaixo dos pano
Que a gente não tem medo
Pode guardar segredo
De tudo que se vê
É debaixo dos pano
Que a gente fala do fulano
E diz o que convém

É debaixo dos pano
Que eu me afogo
Que eu me dano
Sem perder o bem

É debaixo dos pano
Que a gente esconde tudo
E não se fica mudo
E tudo quer fazer
É debaixo dos pano
Que a gente comete um engano
Sem ninguém saber
É debaixo dos pano
Que a gente entra pelo cano
Sem ninguém ver

................


ERA POR DEBAIXO DOS PANOS...
AGORA É POR DETRÁS DOS ÉCRANS...

A TECNOLOGIA NÃO FEZ MAIS DO QUE VESTIR COM NOVAS ROUPAGENS AS SEMPITERNAS BRINCADEIRAS PROIBIDAS DO SER HUMANO...

Fora-de-Lei disse...

iuri 11:55 PM

Eu ainda sou daquele tempo em que "tirar os três" a uma miúda podia ser uma grande chatice, quiçá para toda a vida. Olhando aos dias de hoje, até acho o puto italiano bastante bom rapazinho. A sua (dele) aparente cobardia e a hipotética colaboração dos irmãos até revela algo de positivo (?), ou seja, uma certa dificuldade em magoar alguém olhos nos olhos. Outro qualquer, ter-se-ia virado para a miúda e - muito corajosamente - diria: "desampara-me a loja!"

CêTê disse...

Condenáveis as atitudes dos dois irmãos numa primeira abordagem.
Mas depois... considero haver atenuantes:
... quem o rapaz matou não terá sido a personagem por quem a menina se apaixonou e não ele próprio?
... não terá a irmã tentado aliviar a perda dando a notícia devagarinho num crescendo sem que nisso houvesse intenção de aumentar a dor? (mas antes o contrário)
... quantas vezes terá o rapaz insitido numa ruptura e quantas vezes terá ela forçado?

Não será mais fácil fazer a perda e o luto quando ele biologicamente se impõe?- Eu que estou hoje no papel do advogado do "diabo"? ;]]]

Durmam bem- que não fique nenhum carneiro preso com as patas na cerca. Os meus andam mais ágeis do que eu!!!

MTC disse...

Iuri

Apenas comentei pessoas não normais (aberrações e outros). Pessoas normais com inteligência, capacidade de análise e minimamente evoluídas terão certamente comportamentos diferentes. É possível duas pessoas normais desenvolverem uma relação, apenas escrevendo uma à outra, desde que essa relação seja baseada na sinceridade e não se esconda atrás de falsas palavras ou pensamentos.
As palavras também criam emoções e como tal às vezes são "perigosas".
É por isso que devemos olhar para os olhos de quem as profere porque esses sim são o espelho da alma.

Boa noite para si e a todos os que nos acompanham

Fora-de-Lei disse...

Julio Machado Vaz 12:07 AM

Não se deixe "comer", Professor. Olhe que pelo menos o gajo do FCP - fazendo jus à tão badalada capacidade empreendedora dos gajos do Norte - não está lá de borla. Aliás, todo o dinheiro é pouco para pagar aos árbitros. Investigue bem porque acho que está a ser enganado por esses andrades do caraças... ;-))

PS: agora mesmo a sério: espero que não adopte nunca a pose que o Fernando Seara costumava ter na SIC Notícias, isto é, quase pedia desculpa ao mundo por ser benfiquista. Mas ultimamente ele piorou... agora julga-se um stoke broker do futebol nacional, hehehehe. Chego a ter pena do Guilherme Aguiar, mais cordato e comedido, no meio daqueles dois artistas (SLB e SCP).

alquimista disse...

doutor jmv

eu já conhecia esta sua "infeliz" tendência clubística . (Estas piadas já estão mt batidas). Penso, no entanto, que os seus netos, que, como todas as crianças tendem a identificar-se com os vencedores, já irão fazer outras opções (se o avô não exercer a sua dupla autoridade). Mas já agora deixe-me dizer-lhe que aprecio a sua bonomia no meio das discussões exacerbadas que são os programas desportivos deste género na nossa tv.


um abraço dragoneano

Aspásia disse...

MT E IURI

NAMORAR OU SIMPLESMENTE FALAR COM ALGUÉM SEM LHE CONHECER A CARA É DE FACTO COMPARÁVEL A OUVIR RÁDIO... EM VEZ DE VER TV...

O IMAGINÁRIO SOLTA-SE E ATRIBUIMOS A ESSA PESSOA A CARA QUE, MESMO INCONSCIENTEMENTE, CONSIDERAMOS PARA NÓS A MAIS BELA OU AGRADÁVEL... E ATRÁS DA CARA, ATRIBUÍMOS AS QUALIDADES QUE DESEJAMOS QUE ESSA PESSOA TENHA...

MAS HÁ QUE TER EM CONTA QUE OS SENTIMENTOS E AS EMOÇÓES NÁO FICAM ESTAGNADOS NO TEMPO...
À MEDIDA QUE UMA RELAÇÃO, QQ QUE ELA SEJA VAI EVOLUINDO NO TEMPO, SURGEM NOVAS NECESSIDADES E PODEM DESAPARECER OUTRAS... SE ESSES REAJUSTES NÃO SE EFCTUAREM EM SEU DEVIDO TEMPO... ISTO É SE NUNCA SE PASSAR DA "CEPA TORTA".. ENTÃO A RELAÇÃO ESTÁ CONDENADA A UMA MORTE NATURAL...

TUDO TEM QUE DE OCUPAR UM ESPAÇO, E TER UM TEMPO - OU SEJA, UMA DURAÇÃO. NO FUNDO, É A TEORIA DA RELATIVIDADE... TAMBÉM SE APLICA À FÍSICA... DOS SENTIMENTOS...

SE T=0, ISTO É, A RELAÇÃO ESTAGNAR NUM DETERMINADO PONTO E NÁO PASSAR DAÍ... ENTÃO AÍ A SUA MORTE CERTA VAI ACONTECER RAPIDAMENTE, OU SEJA COM UMA VELOCIDADE TENDENTE PARA INFINITO, POIS COMO SABEMOS V=E/T ....

andorinha disse...

Alquimista (11.34)

Onde disse eu que uma advertência à posteriori é o mais eficaz?
Não gosto que deturpem as minhas palavras:)))))
Já lá diz o velho ditado "mais vale prevenir do que remediar".
Se conseguirmos prever e prevenir este tipo de atitudes atempadamente tanto melhor; não o conseguindo, só chamando a atenção à posteriori.
É tão somente isto o que penso, hombre:)

thorazine disse...

Bem, acho que ao miúdo deve ser esclarecido que não é preciso fazer tanto teatro para acabar uma relação, um não firme basta. À rapariga deve tabém ser explicada a necessidade de contacto humano para existir VERDADEIRA confiança nos outros.

Agora, meterem a lei nisto? Se eu disse-se à minha namorada que tinha morrido por carta ela podia-me processar?? É impossível! Aliás, se eu fosse dado como desaparecido era preciso evidências válidas que eu poderia correr perigo para fazer "buscas" pois não podem intreferir na liberdade de eu não querer ser encontrado. Logo que pague os impostos não devo explicações a ninguém! Na net c'est la même chose!

Em termos de "respeito" estou completamente de acordo que é condenável (quer por parte do puto a si próprio assim como para com a menina). Mas agora meterem nisto é o extremo. Ou até é mesmo uma lição à menina como a ocasião faz o ladrão, e que há que aproveitar todas as oportunidades de "sacar" mas alguns euros! :))

Aspásia disse...

ALQUIMISTA

EXCUSEZ-MOI... DRAGONEANO... OU DRACONIANO???

CREIO SEREM A VIA POPULAR E A VIA ERUDITA DO MESMO ADJECTIVO... MAS DE FACTO É A PRIMEIRA VEZ QUE VEJO ESCRITA A "POPULAR"...

SE TIVESSE TEMPO E MENOS SONO, EXPUNHA A QUESTÁO NO CIBERDÚVIDAS DA LÍNGUA PORTUGUESA...

MAS AINDA TENHO AS COMPRAS Q TROUXE DA RUA POR ARRUMAR E ESTÁ CÁ A DAR-ME UMA SONEIRA...

BONS Ó-ÓS PARA TODOS...

thorazine disse...

Aspásia, por favor não fales fisica aqui! PF!!

Aspásia disse...

ó THORA...

Se eu disse-se à minha namorada que tinha morrido por carta ela podia-me processar??

ESTOU CHEIA DE SONO... MAS FIZESTE-ME RIR, POIS LEMBREI-ME DO CURSO DE NATAÇÃO POR CORRESPONDÊNCIA...

ALIÁS PARECE QUE NO ALLO ALLO O HERR FLICK UMA VEZ DEU UM MANUAL DE NATAÇÃO... EM SECO... AO HERR SMALLHAUSEN... E ESTE TREINAVA EM CIMA DA MESA...

HILARIOUS!!!

EHEHEHE....

E ESTÁ NA HORA DE OS MENINOS RABINOS IREM PARA A CAMINHA... VÊ LÁ...

;9

alquimista disse...

andorinha 12:30

Reconheço que posso ser de quando em vez um pouco hiperbólico nas apreciações aos vossos comments. Mas penso também que uma lente em cima de algumas afirmações é um bom instrumento para aumentar a discussão :))))))
É isto que eu penso, chica :)

Aspásia disse...

HORROR THORA!!!

AGORA É QUE VI... OLHA LÃ ESSE DISSE-SE!!! (DISSESSE...)

TPC

CONJUGAR 50 VEZES POR CARTA O VERBO DIZER NO IMPERFEITO DO CONJUNTIVO...

ANEXAR A CARTA COM A CONJUGAÇÃO E ENVIAR PARA O MEU EMAIL...

CASO CONTRÁRIO, LEVA 20 REGUADAS NO TECLADO DO SEU PC E AO RATO SERÁO APLICADAS 20 CHIBATADAS...

A DOMANI...

thorazine disse...

LOL
oh...diz lá a verdade! Fiz-te rir por causa do "disse-se"! LOOL

Eu tb me ri, deixa lá! :)


Já deu o bitinho há algum tempo, é verdade! Mas eu tou na caminha a ver uns episódios de prision brake ainda quentinhos do emule! :))

thorazine disse...

Vês!! Disse mesmo na hora certa! Ainda mereço o castigo? LOL

thorazine disse...

Mas agora dei outra: "Prison" :)

alquimista disse...

aspasia 12:33

"draconianos" serão todos os adeptos de futebol, principalmente os que tentam fazer justiça por suas próprias mãos . Os "Dragoneanos" são só os do fcp :))))

MTC disse...

Aspásia,

Podes ter razão em muito do que afirmas. No entanto no que diz respeito à teoria da relatividade é difícil transpô-la para o nível dos sentimentos já que velocidade e tempo estão ou deverão estar ausentes de uma relação. Einstein não lidava com sentimentos, imateriais por definição e sim com corpos (matéria) e energia. É certo que no universo nada se cria, nada se perde, tudo se transforma, mas por outro lado a energia apenas é igual à massa vezes o quadrado da velocidade da luz.

Boa noite para ti :)

andorinha disse...

alquimista (12.40)
Ser hiperbólico é uma coisa, ser "deturpador" é outra:)
Vê lá se queres que eu comece a deturpar as tuas palavras...:)))))

Thora,
Só agora reflecti.
"Se eu dissesse à minha namorada que tinha morrido por carta..."
Looooooooooooooooooooooool
Looooooooooooooooooooooooooooooool
Tás bem, miúdo?
Cuida-te:)

Até amanhã, gente:)

Aspásia disse...

POIS.. VOLTEI CÁ... MAS NÃO DEVIA... ESTA SONEIRA TB.É DE ORIGEM (IN)DIGESTIVA, JÁ VI...

THORA

REDUZO ENTÃO A PENA PARA UMA LAVAGEM DO PÁTIO DESSA PRISÃO COM UMA ESCOVA DE DENTES...


ALQUIMISTA

SIM SENHOR!!! IMAGINATIVA E CONVINCENTE EXPLICAÇÃO!!! DECERTO CONSULTOU A PEDRA FILOSOFAL...

PARABÉNS...

MT

Ó AMIGA, AQUILO DO EINSTEIN APLICADO AOS AFECTOS, TAMBÉM NÃO ERA PARA LEVAR MESMO À LETRA... ALIÁS A FÓRMULA ERA DO NEWTON, NEM ERA RELATIVISTA...
FOI UMA RECREAÇÃO POÉTICO-CIENTÍFICA...

BEIJÕES... ;)

Aspásia disse...

ALQUIMISTA

TAMBÉM... EM VEZ DE SER HIPERBÓLICO ... OLHE!!! PODIA SER PARABÓLICO!!!... APANHAVA OS CANAIS TODOS DO SATÉLITE...
SEM PAGAR NADA...
;))

Aspásia disse...

AGORA É MESMO ATÉ AMANHÃ... A TUTTI...

MTC disse...

Bom dia :)

Aspásia 12.26

TUDO TEM QUE DE OCUPAR UM ESPAÇO, E TER UM TEMPO - OU SEJA, UMA DURAÇÃO. NO FUNDO, É A TEORIA DA RELATIVIDADE... TAMBÉM SE APLICA À FÍSICA... DOS SENTIMENTOS...

SE T=0, ....ENTÃO AÍ A SUA MORTE CERTA VAI ACONTECER RAPIDAMENTE, OU SEJA COM UMA VELOCIDADE TENDENTE PARA INFINITO, POIS COMO SABEMOS V=E/T ....


Querida amiga
No princípio era o verbo, depois vieram a cinemática e a relatividade.
Cinemática, ramo da física, que apenas descreve os movimentos sem se preocupar com as forças que o originam .
Sobre a recreação poético-científica fiquei esclarecida e entendo agora porque misturaste o Newton com o Einstein. Liberdade poética totalmente aceitável já que nesse campo não existem limites :)

Um beijinho e um excelente dia para ti e para todos e deixemos agora a física :)

Ameninadalua disse...

Bom dia

Mas que interessante conversa que por aqui paira:)

Este é um tema de enorme pertinência relativamente aos sinais dos tempos actuais e que ainda estamos longe de os entendermos e abarcarmos todas as suas boas e más consequências...

De facto a Net aproxima-nos mas tambem nos afasta...

Aproxima-nos pela facilidade e rapidez dos recursos tecnicos, pelo anonimato onde os "quebra gelos", permitem intimidades e revelações que mesmo à distância torna possível a cada um e em conjunto atingirem níveis de comunicação altíssimos...

Todos nós sabemos que a palavra, sendo um dos meios de comunicação exclusivo apenas dos humanos tem uma importância e um nível de sofisticação enormes para a relação entre eles; serve para comunicar , para idealizar e tambem para envolver...

Porem a Net tambem nos afasta...

Como a MT muito bem referiu, as boas ou más "intensões" decidem tudo...
Os homens podem ser gloriosos e tambem miseráveis e por vezes até são as duas coisas...

O afastamento ao nível do envolvimento na Net pode e deve ser sempre ponderado; a limitação à aproximação fisica é determinante para a afirmação ou negação de "tudo" que nos leva ao caminho da verdade...

E só a verdade e a convicção dela nos leva ao compromisso fundamentais ao real envolvimento.

O descompromisso do italiano é notório e evidente, assume que não tem responsabilidade real e perante a historia de romance virtual responde igualmente com um desenlace virtual, só que ele não entende é que a "verticalidade de ser" deve estar sempre presente dentro dele seja em situações reais ou não...

A responsabilidade civil deriva sempre dos niveis de compromisso assumidos por cada um e considero que o vasio legal ainda existente compreende-se pelo posicionamento de "meias tintas", superficialidade e irresponsabilidade real que existe nos meios da blogosfera...

Bom senso...muito bom senso são fundamentais para sobrevivermos aqui...mas como em tudo na vida a nossa verdade de sermos e o respeito pelos outros determina tudo...mesmo até ser possível amarmo-nos sem nunca nos termos visto:))))

CêTê disse...

Aspásia,
bem vinda ao estado "minúsculas", gosto de te ler assim! ;]

pp disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
pp disse...

O lado menos bom do uso das novas tecnologias...e a consciencia de que está literalmente ao alcance de qualquer um.
Por isso nem sempre devemos acreditar em tudo o que lemos, muitas vezes podemos ser enganados. Tambem não acho que isto se resuma só à internet :)
Bem hajam

keeper_of_the_pussy disse...

Os fins continuam a não justificar os meios.

Aspásia disse...

MENINA DA LUA

CRITERIOSO E CUIDADO APPROACH À QUESTÃO...

MAS PERMITE QUE TE CORRIJA (NESSE CAMPO EU SOU INCORRIGÍVEL...) O PORTUGUÊS:
- "INTENÇÕES"...

E VEM A PROPÓSITO REFERIR QUE TAMBÉM NESTE CAMPO DAS RELAÇÕES VIRTUAIS... DE BOAS INTENÇÕES ESTÁ A BLOGOSFERA CHEIA...

Aspásia disse...

CÊTÊ

TERÁ SIDO OCASIONAL... POR REGRA ESCREVO EM CAPS PARA MINIMIZAR O ESFORÇO VISUAL, DEVIDO AO MEU PROBLEMA OCULAR...
CONSULTA O MEU
BLOG "OLHO SECO"

BJS

Ameninadalua disse...

Aspásia

Corrige à vontade, eu é que te tenho de agradecer...:)

E já reparei que és boa nisso; no Português e não só:)))))))

fiury disse...

"Um homem de coragem faz uma maioria."
Andrew Jackson

lá está...a educação, a educação...

Aspásia disse...

MENINA DA LUA

POIS OLHA QUE O PORTUGUÊS NÃO É O MAIS IMPORTANTE...TU ÉS BOA TAMBÉM EM ANÁLISE CRÍTICA E EXPOSIÇÃO (DIGAMOS, A ANTIGA RETÓRICA...) E EDUCAÇÃO E DISPONIBILIDADE PARA OS OUTROS, ENTÃO.. NEM SE FALA...

NÃO ME ESQUEÇO "DAQUELE DIA" EM QUE FOSTE EXTRAORDINÁRIA NO ESFORÇO EM RECEBER DE FORMA TÃO HOSPITALEIRA UM GRUPO NÃO MUITO PEQUENO "CHEZ TOI"...

BJINHOS :)))

Aspásia disse...

FIURY

ENTÃO... E UMA MULHER DE CORAGEM???

FARÁ... UMA TOTALIDADE?!.... TALVEZ? OU UMA INFINIDADE??

(JÁ QUE ESTAMOS EM AMBIENTE FÍSICO-MATEMÁTICO, PARA VARIAR... TB. HÁ QUE TRAZER PARA AQUI OUTRAS ARTES CIÊNCIAS ALÉM DA PSICOLOGIA E DO PORTUGUÊS... AFINAL, NUMA TERTÚLIA COMO ESTA DEVE FALAR-SE DE TUDO UM POUCO!!!)



RETOMANDO A VACA FRIA...

(E PORQUE DIABO É QUE SERÁ A POBRE DA VACA A PASSAR FRIO.. E NÃO O BOI??? OUTRO MACHISMO CAMUFLADO...)

POIS APESAR DE TUDO... OS HOMENS ESTÃO EM MINORIA... MAS O MUNDO AINDA É DELES!!!

;>

fiury disse...

aspásia

penso que homem no contexto da frase se refere a Homem (esta minha aversão ao "caps lock"))). contudo,foi ao miúdo,neste caso e seguramente em muitos outros que faltou a coragem,(elas fazem o que podem:)))
conheço de facto poucas pessoas com coragem, quer sejam homens, quer sejam mulheres e é pena.
ao contrário, penso que o mundo foi, é e cada vez será mais das mulheres...

Aspásia disse...

MT

A MENINA VAI DESCULPAR-ME O MAU JEITO... MAS EU TENHO DE PÔR AQUI ISTO E ELOGIÁ-LA PELA MAGNIFICENTE MEMÓRIA QUE COLOCOU NO SEU BLOG.

NUNCA É DEMAIS RECORDAR ESTE AMOR ÍMPAR DA HISTÓRIA DE PORTUGAL... E QUE TERÁ SIDO TUDO, MENOS VIRTUAL.

BEIJINHOS, AMIGA.

Aspásia disse...

FIURY

SERÁ, SERÁ, SEM DÚVIDA!!! O QUANDO É QUE É O BUSÍLIS...

MAS FORA DE BRINCADEIRA... O MUNDO TERÁ DE SER É DAS PESSOAS, INDEPENDENTEMENTE DO SEXO (DA RAÇA, DA CRENÇA, ETC...)

BJINHOS :)

fiury disse...

aspásia

são elas as primeiras educadoras dos Homens,para o bem e para o mal,(como se tem visto).
desculpe não me ter explicado.
bj

Aspásia disse...

AINDA SOBRE O POST ORIGINAL DO PROF...

SE CALHAR, AINDA FOI UMA SORTE OS DOIS IRMÃOS NÃO SE TEREM LEMBRADO DE MANDAR UM SAQUINHO COM CINZAS À CIBER_NAMORADA...

Ó THORA

IDEIA AINDA PIOR QUE A TUA DE ESCREVERES UMA CARTA À TUA PIQUENA A DIZER QUE JÁ ESTAVAS NA BARCA DE CARONTE ATRAVESSANDO O ESTIGE...

MAS OLHA... LÁ NA CAIXA MÃE DESTA AINDA TE EIXEI ALGO, MAS DE FACTO, METI... A TECLA NA ARGOLA E METI O NOISE... AO BARULHO, QUANDO TU É QUE FOSTE O AUTOR ALIÁS DE UM PERTINENTÍSSIMO COMENTÁRIO SOBRE AS APERSONALIZAÇÕES (?)...

TAMBÉM EM VIRTUDE DESSE MEU LAPSUS TECLAE... FICAS PERDOADO TAMBÉM DE LAVAR O PÁTIO DA PRISÃO... E MUITO MENOS O CONVÉS DA BARCA DE CARONTE COM A ESCOVA DE DENTES ELECTROMAGNÉTICA QUE COMPRASTE AOS CHINAS!!!...

;)))

Aspásia disse...

"DEIXEI"...

ENTRETANTO, BOM DIA, POIS CALCULO QUE ESTEJAS A ARRIBAR AGORA...

;)

Aspásia disse...

THORA, VOU COPYPASTAR AQUI O TEU COMENTÁRIO DE ONTEM (DIRIGIDO A MIM).
ACHO QUE É IMPORTANTE.

há malta que mente sem maldade. Não te lembras daquele caso nos states de um tipo que era um mentiroso sem razão aparente? Desde o Liceu que falsificava documentos, entrou para o curso de direito estudando apenas duas semanas na prisão e entrou com destinção, usando um nome falso. Era um dos melhores alunos, foi campeão de atletismo universitário, era comentado por todos os professores todos por ser extremamente dotado. simplesmente não conseguia assumir a sua identidade. foi descoberto, e com muita pena dos professores o seu ingresso foi anulado e ele voltou para a prisão. Durante os anos seguintes da sua vida também forjou a identidade inúmeras vezes sem nunca ter prejudicado ninguém e excelente brio em tudo o que fazia. No final da sua vida foi diagnosticado por psiquiatras com uma patologia qlq, e refugiou-se por opção própria no deserto até hoje (penso ainda ser vivo) para não ter que enganar mais ninguém... :)

PROFESSOR: PODERIA DAR-NOS UMA ACHEGA SOBRE O NOME DA PATOLOGIA AQUI REFERIDA PELO THORAZINE, E SE EXISTE ALGUM TRATAMENTO PARA A MESMA?

CONHECEU, DIRECTA OU INDIRECTAMENTE, ALGUM CASO?

MUITO OBRIGADA.

Aspásia disse...

CREIO ESTAR RELACIONADO COM ESTA MPD (EM INGLÊS) MAS ESTE ARTIGO É MUITO LONGO E DENSO, NÃO O CONSEGUI LER TODO...

MTC disse...

Aspásia 3.11

Agradeço muito as tuas palavras e fico contente por teres gostado.

Boa tarde para ti e para todos :)

fiury disse...

aspásia,

ainda a propósito da coragem delas e deles e de outras…
claro que tirando a educação ficam as diferenças "naturais".
verifique, por exemplo, como há dias o júlio e o fora- de- lei oscilavam entre poesia e futebol. li algures num blogue que "existe mais poesia no olhar de quem ama do que em mil poemas". Já viu mais poesia no olhar de um homem do que quando fala do seu clube ?!)))) não há transparência igual!! Olhe que não estou a ironizar (já chegou a ser quase afrodisíaco ser trocada por um jogo, - por parte de um benfiquista, claro)))))). se um dia acontecer com um portista, dar-lhe-ei conta se ainda foi melhor))))) e também das minhas "conclusões" sobre este "casamento" entre futebol e poesia,nos homens))))))))))))),ao qual,de resto, acho muita graça.

noiseformind disse...

Boss,
Bem fez o garoto. Deu-se como morto e livrou-se da chavala. Adicionando um pouco de dramatismo à coisa. E de certa forma mostra que hoje em dia se passou de dramas reais para dramas dentro da cabeça das pessoas. Quantas vezes não ouço pessoas a discutir por n terem atendido chamadas ou respondido a sms? Imensas. Recuso-me a tais discussões. No limite permito-me discorrer sobre se a ejaculação que foi nos peitos devia ter ocorrido ou não na garganta dela. Se se vai discutir, que seja de encontros e n de potenciais encontros, potenciais amizades, potenciais intimidades. ; )))))))))))))

(esperemos que a chavala aprenda)

noiseformind disse...

69 FOREVA!!!!!!!!!!

thorazine disse...

aspásia,
não denegridas a minha imagem!! Acordei às 7.20 e só lá para as 10.30 volto a chez moi!! :))

noiseformind disse...

Robert Altman morreu.


Muitos filmes poderiam ser aqui lembrados, incluindo este delicioso com a Streep que por aí está em exibição. Mas prefiro aqui lembrar o docu-filme "A Companhia", fantástica peça dedicada a outra arte sublime: o bailado.

AQUILES disse...

Noise
É estético :):):)

AQUILES disse...

Mas quanto ao miúdo não sabemos se a namorada era uma sôfrega que o estrafegava, não tendo ele melhor reacção do que esta. è que há homens que não têm capacidade natural para enfrentarem mulheres manipuladoras.

AQUILES disse...

Mas Noise

Continuo a achar estético. E pode sempre haver variantes. :):):):

Fernando disse...

Tinham que vir as novas tecnologias para dar sentido á frase "Morrer de amores"

Não pesco nada disto disse...

Na minha opinião, a situação reflecte uma imaturidade muito grande.
De qualquer modo, não posso concordar que se actue desta forma para terminar uma relação, ainda que a mesma seja virtual e/ou problemática. Por vezes, como neste caso, "os meios não justificam os fins".

Prof., gosto de visitar este espaço, de reflectir sobre os temas que pública, mas gostava também de ler a sua opinião, nomeadamente em relação a este post.
;)