domingo, junho 18, 2006

Tentar ficar bem na fotografia - ou no editorial... - sai caro:).

Assessores de imprensa do Governo ganham entre 2400 e 4500€

Os assessores de imprensa do Governo ganham entre 2400 e 4500 euros, avança o Público este domingo. Entre aqueles com ordenados-base mais altos estão os responsáveis da comunicação dos ministros das Finanças, dos Negócios Estrangeiros, da Administração Interna e da Justiça, que recém mais do que os do primeiro-ministro.
De acordo com o diário, o elevado valor dos ordenados justifica-se com o facto dos salários não serem obrigatoriamente tabelados, podendo ser negociados entre as partes desde que se abdique das despesas de representação. Assim, e de acordo com o despacho de nomeação de responsável pela pasta das finanças, Teixeira dos Santos, a assessora Fernanda Pargana tem um ordenado-base 4500 euros.

O assessor do MNE, Carneiro Jacinto, é o único que transitou entre governos, já que passou dos executivos de Durão Barroso e Santana Lopes. Tem um vencimento-base de 4.432 euros, e além dos subsídios de férias e Natal, tem direito ao abono de despesas de transporte e ajudas de custo, quando em missões oficiais.

Entre os mais bem remunerados encontra-se também, o assessor de imprensa do ministro da Administração Interna. Duarte Moral saiu do Diário de Notícias, com uma remuneração mensal ilíquida de 3450 euros, «a que acresce o montante em vigor de despesas de representação dos adjuntos de gabinete, subsídios de férias, de Natal e de refeição».

Em casos normais, adianta o Público, os assessores de imprensa do Governo recebe um ordenado semelhante, uma vez que a sua remuneração está equiparada à de um adjunto de gabinete. Segundo o jornal, a lei que define o regime e a composição dos gabinetes ministeriais não refere o caso dos assessores. A única referência está na lei relativa aos gabinetes dos primeiro-ministro e do Presidente da República e a maioria dos ministros optou por definir as remunerações dos seus assessores de acordo com esta lei, daí a discrepância.

18-06-2006 12:22:33

29 comentários:

mentecalma disse...

Pois, eu bem que precisava de uma cunhazita para assessora de qualquer coisa lá nessa coisa que se chama de governo ou isso. Não há por aí nenhuma alma caridosa que me arranje uma coisa dessas?

Carminda Pinho disse...

Já agora, será que o Público vai publicar, quanto ganham os assessores do Presidente da República?
A inveja entre a "corporação jornalística" dá nisto.
É claro que será muito, não sei o que ganham por exemplo o sr. José Manuel Fernandes.

Llyrnion disse...

Coitados...

Bem precisam de um reforço no salário, para poderem fazer face a estes tempos de crise. Pensam o quê?? Q a manutenção da pissina é de borla, não? :)

Enfim, nada de novo nesta Terra dos Cunhados.

lobices disse...

... a existência de 2 posts seguidos, desactualiza um pouco a "presença" do anterior
... permito-me, assim, chamar a vossa atenção para a referência que me atrevi a fazer no post anterior sobre o cinema que a rtp2 nos deu este último fds

Lusco_Fusco disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Lusco_Fusco disse...

Este post é malandrinho nesta ditadura aparentemente democrata.
A ditadura do Sr. de Santa Comba, diferente mas igual. Passo a explicar:
- Nos 40 anos, que apelidamos de escuridão, premiavam-se os grandes centros a todos os níveis, era o macrocefalismo. Tudo o resto era paisagem;
Pai avarento que não ajudou os filhos, legando-lhes após a morte uma fortuna considerável tendo esquecido referir no testamento o legado de fideicomisso;
- Tolhidos com a riqueza os filhos semearam moedas em terrenos impróprios para a cultura. A conduta, cega de especialização, criou uma reserva de ervas daninhas, apelidadas de partidos políticos, deixando de fora aqueles que herdaram a semente de valores e que não se vendem por "tuta e meia".
Fizeram um país onde a cor ofusca o sol que é o criador. Criando o ozono do clientelismo e do filiado, que queima ou tenta, sem dó nem piedade, queimar tudo o que se encontra ainda imune a corrupção e sobre quem não conseguiram meter açaime para poderem abanar, com a trela, a cabeça pela sigla.
Isto não é ditadura?!

Enfim! Haja um terramoto com tendência anti sigla (desde odor a essência).
Haverá de certeza um Marquês de Pombal que lhes faça um enterro apropriado para que não restem indícios de peste.

Um abraço

Lusco_Fusco disse...

Obrigada lobices, eu registei :)))
Um abraço.

AMMedeiros disse...

Lobices

Estás sempre actualizado.
Partilho do sentimento de solidadriedade de llyrnion, coitados! E a pissina cheia de folhas ainda do Outono...
:))
Bjs

AQUILES disse...

O problema dos ordenados, nestes casos não é de quem ganha, mas de quem paga. Um empresário paga o que entende, ou pode, ou deve pagar, conforme as capacidades da sua empresa. Paga com o seu.
Já no Estado, pagar bem, seja a quem for, é sempre com o dinheiro dos outros. Assim é fácil, e não reflecte a relação custo/valor. Por isso é que há uma crise orçamental. Pela disparidade entre o que sepague e o que vale o trabalho, no contexto nacional.

amelia disse...

Será que mais uma vez nenhum desses assessores de imprensa ou a imprensa propriamente dita se irá lembrar que a 24 de Junho se comemora a fundação do condado Portucalense (Batalha de S. Mamede, 24 de Junho de 1128), para não variar? Moro em Guimarães, a única Cidade do país (corrijam-me por favor se estiver errada) em que é feriado, mas não por ser S. João. O 10 de Junho é engraçado, mas não faria mais sentido a 24 de Junho??? Não peço feriado, mas que deixem lá as sardinhas uns instantes e ensinem um pouco de história ao povo...
A não ser que a celébre cena em que o filho bateu na mãe, seja para esquecer, porque es verdad que nos otros no conoscemos nengun Afonso (e eu não falo castelhano, mas tento)! e Biba la España!

fiury disse...

boa tarde

andorinha disse...

Boa tarde.

Tem piada que ainda ontem a Lusco_Fusco e eu falámos sobre isto.
Concordo em parte com o post dela, mas não sou tão radical.
Não considero que vivamos em ditadura (pelo menos ainda não); podemos sempre optar por fazer parte da carneirada e colher as respectivas benessses ou não alinharmos e sofrermos as respectivas consequências.
Isso fica com a consciência de cada um. Penso que estar na política duma forma íntegra e genuína se torna cada vez mais difícil; esses acabam por ser escorraçados pelos donos dos partidos, pelos lambe-botas e quejandos...

Resta-nos a (pequena) consolação de podermos dizer estas coisas sem que a PIDE nos venha buscar. É pouco para trinta e tal anos de "democracia":(

CêTê disse...

Boa Tarducha

Confesso que nutro pelos políticos (pela sua grande maioria) a mesma simpatia que a Srª Ministra da Educação nutre pela classe à qual pertenço.

Rui M S Ferreira disse...

...já sei para onde vai o meu quinhão de imposto...

Abraço..

marakoka disse...

..eu quero ser assessora....
jocas maradas

TsiWari disse...

que pena que não sejam professores.

estava explicada a razão da #erd# que é a nossa política...

ou será que os profs não são minimamente capazes por não terem tais vencimentos, com o tempo de serviço que estes srs têm?

noiseformind disse...

Acho muito bem que um assessor ganhe valores compensatórios. Por exemplo uma assessora que tenha de fazer sexo anal com o ministro não o fazendo na sua vida privada: seria uma injustiça receber o mesmo que uma assessora que o faz tb em privado. Além disso reparem nos assessores heterossexuais do ministro da Agricultura, que é homossexual. É uma injustiça andarem ali pelos corredores com o ministro a babar-se para eles e receberem o mesmo que um assessor de um qualquer ministro heterossexual, que galará com os olhos as assessoras, já habituadas aos olhares salivantes de homens no seu dia a dia. O mesmo se aplicaria ao rendimento das assessoras hterossexuais de uma eventual ministra lésbica, não sei se há alguma, o meu conhecimento não vai tão fundo looooooooooool looooooooooooool

Mas há mais exemplos:

COmpensação por ter de usar gravata azul sendo sócio do SLB: 400E
Compensação por ter de usar gravata azul sendo sócio do SLB com quotas em dia: 2400E
Compensação por ter de chegar a horas:500E
Compensação por ter de chegar a horas e não poder abrir logo logo a caixa do AdulFriendFinder:1200E
Compensação por ter de ouvir as boçalidades do Ministro e transformá-las em algo que faça pelo menos sentido para os portugueses médios (os tais analfabetos funcionais): 3000E
Compensação por ter de usar decotes grandes tendo mamas acima da copa D: 4000E
Compensação por ter de aplicar implantes de silicone para ter mamas acima da copa D:50.000E
Compensação por ter de engolir esperma de Ministro heterossexual: 5000E
Compensação por ter de engolir esperma de Ministro homossexual (não esquecer os preconceitos em relação às DST nos homossexuais):40.000E e saúde gratís até morrer

etc, etc, etc... ; ))))

Manuel Reis disse...

Caro Julio, é oportuna a referencia aos salarios da classe politica na sua abrangencia.
Sou de opinião que quanto menos essa classe politica ganhar mais "justificação" têm para se eseconder, nomeadamente a fazer outros "ganhos".
os nossos politicos e respectivos assessores ganham mal sim, está tudo subvertido

AQUILES disse...

Leiam o artigo do António Borges, hoje no Público. Uma análise lúcida. Feita com cabeça tronco e membros.

AQUILES disse...

Eu vejo por aqui muita gente a queixar-se dos vencimentos dos professores. Será que têm a noção de quanto é que ganham as pessoas que não são professores?
De quanto ganham as pessoas que trabalham na privada, trabalham sempre com horários de 8 horas e mais, se reformam sempre aos 65 anos, e na reforma só levam 80% da média dos melhores 10 dos ultimos 15 anos?
Será que têm a noção?
Nem sequer vou aqui apontar as diferenças gritantes entre as benesses da função pública e a privada.

apouca disse...

É das poucas vezes que compreendo que esse dinheiro é bem gasto.... mas, podia ser um número maior, pois que eles precisam MESMO!

andorinha disse...

Aquiles,


Mas há alguém neste país que ache que os professores ganham mundos e fundos?!!!
Que eu saiba, ninguém escolhe ser professor pela questão do vencimento!
Eu considero-me mal paga por todo o trabalho que tenho, que abrange, por vezes, feriados e fins-de-semana.

Quanto ganham as pessoas que não são professores???
Depende da profissão, como é evidente.
E chegam ao fim-de-semana e não fazem mais nada.

Não queiras comparar o trabalho de um professor com um trabalho rotineiro das 9 às 5, em que as pessoas conversam, tomam café, lêem o jornal, sei lá eu que mais.
Falo com conhecimento de causa porque exerci outras profissões antes de optar pelo ensino.

Miguel disse...

Olá,
ganha-se muito bem, quando se tem como missão defender a idiologia/politica de um determinado governo.
Andamos todos a pagar a uns profissionais da comunicação, para que nos enganem o melhor que sabem.
Continuamos a servir de culpados para justificar a despesa pública.
É curioso, (para não dizer obsceno) existir o discurso de que existem funcionários públicos a mais, quando essa realidade (a existir, foi criada pela partidarização do Estado.

noiseformind disse...

Aquiles,
Nesse particular não embarco contigo (haverá muito barco onde a gente irá junto) ; )))))))


Andorinha,
Táindes tramados, miúda ; ))))) quailqueri dia tenais de vús precaver para pagardeis impostagem já depois de mortos ; )))))))

Esta questão aqui já voi amiudemente debatida e a minha opinião mantêm-se. Procura-se fazer de uns bode expiatório para outros.


Miguel,
Esse ponto de vista de que o nosso dinheiro é usado para pagarem a tipos para nos enganarem melhor num país civilizado deixar-me-ia indignado. Mas como estámos em Portugal sou obrigado pelas circunstâncias a concordar contigo, homem...

andorinha disse...

Noise,

Depois de morta alguém os pagará por mim.
Como meu amigo, ficas desde já com essa incumbência.:))))))))))))))))))))))

thorazine disse...

"Depois de morta alguém os pagará por mim."

Ninguém pagará por ti, mas o estado ainda vêm buscar algum daquele que não pudeste receber! Da suposta reforma que o meu pai iria receber só recebo 20% e a minha mãe 40%, ficando o resto do trabalho de uma vida para os "meninos" brincarem ás casinhas e às "piscinas"!

E ainda fizemos "falcatrua" senão eles ainda iam buscar quase 50% das contas que ele tinha sozinho! Não percebo estas contas deles..

noiseformind disse...

Andorinha,
Olha que não, olha que naum ; )))))
Uma amiga minha mostrou-me um estudo realizado pela UNAIDS ontem que os seres humanos que mais sexo fazem no mundo, as crianças-prostitutas da região de Maesai, têm uma esperança de vida de 38 anos. looooooooooool loooooooooooooooooooooooool loooooooooooooooooooooooool portanto não contes que fique por aqui a pagar as tuas dívidas por muito tempo ; ))))))))))))))))))

http://www.ishipress.com/burmese.htm

andorinha disse...

Noise,
Só vais viver mais dez anos???
Então tenho que me despachar.Loooooooooooooooooooool

thorazine disse...

Oh Noise, e será que tens "andamento" para aquelas meninas? Quem faz por dinheiro não têm Domingos! Não é que eu esteja a duvidar das tuas capacidades sedutoras, mas..

E nem tens aquele musicol no teu bolg.. :)))