quinta-feira, junho 22, 2006

É um ssanto, um ssanto!

Caros murqónicos (se me permitem falar como "ele"),

Muito bos ama o senhor doutor! Chegado ao hotel, berificou que não tinha nete uairalésse no quarto. E ei-lo na receçon: "Eu tenho uma tribu para cuotidianamente guiar pelas dificuldades deste bale de lágrimas". Que bem diz cursa!, aqui todos os sinais de trânsito falam do bale d'Aran, mas ele tem sempre uma mete à fura dispuníbel para me alapardar. E mal mudou de pizo, foi bê-lo a ligar a besta e a mormurar: "era o que faltaba, deixar sozinhas as minhas ubelhas!".
Cuidá-lo bem, gente dAfurada e todas as outras bilas portuguezas, é um berdadeiro jentelemane!
E agora ala para a banhole, que ele já gritou: "Sousa, bamos trussidar umas tortilhas às espanholas!". Eu, para espanholas estou sempre pronto, embora tenha saudades das do antigamente, com cinais na cara e pentes no cabelo, que cantabam - "sí bás a Calataiude, pergunta por la Dolores, que ez una xica mui guapa qui dorme sin cobertores...".
E etessétera...

Sousa, o melhor xoufâr dos Pirinéos.

29 comentários:

moon disse...

Sousa,

agradeça aí ao Boss, por esta humilde ubelha, pela iluminação diurna e pela nocturna também!:))))

Boas tortilhas então. E, ouça, eu bem sei que você é um homem às direitas e à moda antiga mas acredite o que está a dar são as brasileiras, a sério! Não lhes conheço é nenhuma receita de tortilha... Vou-me informar!

Lusco_Fusco disse...

Eh Eh Eh Eh
Mahatma
Bendita seja a boa disposição e o cuidado a que se deu para nos proporcionar este belo humor.
Este Sousa se não nascesse teria de ser inventado.
Sousa: "As ubelhas, do pastor mor, inté se alambem todas com esta ervinha fresca, sempre verde e apetitosa. Deia cumprimentos meus ao sinhor doutor e na se esqueça de depois das espanholas levar um leitinho quente à camita, sempre descansará melhor. Isso de perder energias num ta cum nada! E não queremos correr o risco de perder estes manjares. Um abraço Sousa e leve também a Gertrudes homem :p"

Lusco_Fusco disse...

Olá Moon
Uma beijoka (isto não é chat, mas aproveito)
~MJ

andorinha disse...

Boa tarde.

Olá Sousa!
É um ssanto, sim senhora, e nós não sabemos?:)
Já não há jentelmanes assim, trata-o bem.
E diz-lhe ( embora ele já saiba) que nós também o amamos muito:)

Um abrasso e um beijinho à Gertrudes.

Júlio,
O que eu já me ri!:)
Este seu humor é cativante.

E nem aí se esquece da tribu..:)))

Gertrudes do Sousa (não é do rio) disse...

Ó Home tu num te astrebas!!! Doute uma sebilhada tom grãode que nem te indireitas!!! :-(((

Gigi, a grande

CêTê disse...

Que o Diabo vos acompanhe na subida aos Céus (sem asas nem auréolas, bem entendido! ;])


Boas "tortilhadas".

;]

Pamina disse...

Boa noite ao pastor, ao condutor do pastor:) e às ubelhas todas.

Obrigada pela gentileza:).
Divirtam-se, mas cuidado com as tortilhas, que às vezes podem ser um bocado indigestas...
O Sousa que tenha também especial cuidado com o tinto pirenaico para estar em condições de conduzir a limuzine como deve ser, que por aí há muita curva:). Nas estradas, as estradas têm muitas curvas.
Adeusinho e boa-viagem de regresso.

fiury disse...

boa noite

fiury disse...

ai sousa!
inda bem quetapanho!
como eu ando priocupada!
o doutor anda um bucado tolo!!!
não é que assim que o deixas, corre atrás de um tal deus?! tá cus pés feitos num cristo. sério, ele cuntounos. nás bás na cumbersa das espanholas, são duma cumgregação manhosa e inda acabas a sacriston duma capela. olha mais por ele que num sei que lhe dão a cumer e a buber. liga à gertrudes e pede-lhe uma bacia com água fresca e sal prós pés mas se ele quiser por na cabeça deixa-o,ele num tá bém.

fiury disse...

ai sousa!
inda bem quetapanho!
como eu ando priocupada!
o doutor anda um bucado tolo!!!
não é que assim que o deixas, corre atrás de um tal deus?! tá cus pés feitos num cristo. sério, ele cuntounos. nás bás na cumbersa das espanholas, são duma cumgregação manhosa e inda acabas a sacriston duma capela. olha mais por ele que num sei que lhe dão a cumer e a buber. liga à gertrudes e pede-lhe uma bacia com água fresca e sal prós pés mas se ele quiser por na cabeça deixa-o,ele num tá bém.

AQUILES disse...

Souza, meu caro,
calculo que não tenhas subido aquelas escarpas a pé com o patron, e tenhas ficado a meditar cá mais por baixo, ao nivel do pobinho. Que tal as francesas?. Podes dizê-lo que a Gestrudes não lê. Desconfia, mas não lê. E olhos que não vêem o coração não sente.
Fala-nos das francesas que nem o patron viu.

Ameninadalua disse...

Oh! Senhor Sousa

Então as espanholas? como a Dolores, mui guapa qui dorme sin corbetores!!!?:)
Você um minhoto desavergonhado e atrevido é o que é!...o que lhe vale é que se calhar elas gostam...:)

Diga ao seu patrão que gostei dessa das ovelhinhas que aliás são uns bichinhos muito simpáticos e dóceis mas não me parece que tenham grande comparação connosco, porque nem sempre somos simpáticos e ainda muito menos dóceis...:).

Diga-lhe tambem que apesar de cuidador não se acautela connosco, pois essas suas viagens são uma verdadeira provocação à nossa inveja e à vontade de o acompanhar...:)

BlahBlahBlah disse...

Com uma 'tribo de manteigueiros' assim...

(Chinezzinha) disse...

Olá
Acabei de receber um mail sobre a responsabilidade ou não dos professores no insucesso escolar. Penso ser de algum jornal ou revista "na ponta da língua", que desconheço.
É um recorte onde trás a opinião de Inês Pedrosa, do Prof.. Júlio M. Vaz,Luísa Castel-Branco e Carlos Dias da Silva.

Inês Pedrosa nesse recorte, diz:"Sim! Se metade dos alunos chumbam não é porque são mais burros que os outros. A culpa é dos professores e de quem os educou. A ministra está a ser corajosa".

O que eu não sei é se são mesmo palavras dela ou se estão deturpadas.

Sou professora e tenho lido todos os livros dela. Se isto é verdade não lhe comprarei nem mais um livro.
Irei mandar o mail ao noise daqui do blog já que é o único do qual tenho e-mail para me dizer se Inês Pedrosa tem ou não essa impressão dos professores porque me está a custar a acreditar que ela tenha falado uma barbaridade destas.

Beijos
Ana

(Chinezzinha) disse...

Peço desculpa ao Quim, pois tb tenho o e-mail dele e reencaminhei também para ele.

Beijos e bom S.João.:D

Ana

(Chinezzinha) disse...

JMV

Rsssssss Adoro o teu espírito de humor.:D
Bou-me imbora porque tenho quir ao stor D. Magalhães.rsss


veijos

Aspásia disse...

Chinezinha

Já que se intitula professora, desculpe apontar-lhe os erros de português dados nas seguintes frases:

É um recorte onde trás

Se metade dos alunos chumbam


O verbo trazer é com z, portanto será "traz".

A metade é um substantivo (neste caso colectivo) que se encontra no singular, portanto o verbo da frase será "chumba".

Cumprimentos e não leve a mal.

(Chinezzinha) disse...

Aspásia

Já vim do médico e vi a sua mensagem.
Tem toda a razão. É "traz" e não "trás".
Peço desculpa pelo erro que dei ao escrever depressa.

Quanto ao "...Se metade dos alunos chumbam...", escrevi como está no artigo segundo palavras de Inês Pedrosa e não minhas:reparei no erro mas limitei-me a transcrever o que está lá escrito.

Não levei a mal! De jeito algum...

Beijos
Ana

Vanda Baltazar disse...

Bom S.João :)) para todos bós, carago :))

(desculpem :)) mas hoje não resisti)

E com milagres, muitos milagres!!

Vanda

pingapingaamor disse...

é um homem do norte carago. decifrei a linguagem ainda que a lesse devagar, devagarinho...
um abraço

Tons Pastel disse...

gostei do texto e lembrei-me de uma carta escrita por um pescador algarvio à mulher quando andava embarcado lá para os lados de Marrocos. irei tentar descobri-la então convidá-lo-ei a visitar o meu blog.
um abraço

alfazema disse...

esta humilde pastora serrana do caldeirão, cá bem do sul, gostou do que leu e promete voltar para ter uma "chalanga" com o sr.doutor. algarvia que se preze fala pelos cotovelos e e´levada da breca.as minhas uvelhas são do melhor.
beijinho

Minhotacabrita disse...

Voltei. Li de novo e sorri...
Sou minhota orgulho-me da brejeirice inofensiva do povo, sem a maldade que, muitas vezes, lhe associam. Eu sou um elemento do povo, com muito orgulho, gostava de ser inocente como eles... A maldade das palavras, muitas vezes, está em quem as interpreta e não em quem as pronuncia. A intenção é dada pelo receptor. Malandros somos sim senhor, no bom sentido da palavra. O Sousa é o puro exemplo disso :))) Não se recordam daquela euforia com a setubalense e depois nicles?... Ele é fiel à Gertrudes, mas quer fazer-lhe ciúmes, né Sousa?... Dá mais adrenalina á relação, ora!(Mora perto do talho é a conclusão que se pode chegar...ihihihihi)
Ah! Sousa... Esquecia uma recomendação aí ao Sr. Doutor, eu não sou bem ubelha, sou mais cabrita, no bom sentido da palavra, como se diz por aqui… :))) Mas sou da família dos ovideos o Sr. Dr. que esteja descansado :)

CêTê disse...

Rais me partam se não te conheço de algum lado, ó cabrita!

Cleopatra disse...

"era o que faltaba, deixar sozinhas as minhas ubelhas!".

Era o que Faltaba!!!

andorinha disse...

Cêtê,
Caraças, mulher, perspicácia tens tu!
Fica o enigma no ar:))))))

Nelson disse...

Dia a dia, vamos sendo cada vez mais empurrados para a solidão solidão e o ser individual, mas ao mesmo tempo vamos ficando cada vez mais escravos (ou escrabos) destas tribos que nos exigem uma ligação permanente seja de que forma for. A rede não pode falhar!

APC disse...

Creio ter visto, em tempos, qualquer situação de alguma permissividade para casos como esse do "metade dos alunos chumbam" ou "a maioria das pessoas não têm cuidado", em vez de se conjugar o verbo na 3ª pessoa do singular, como havia de ser. Não posso garanti-lo, desde o total eclipse do meu amado prontuário (que está para mim entre a bíblia e um best seller galardoado com óscar), mas quase ponho as mãos no fogo que por lá havia qualquer "minuscularidade" como "por vezes também é aceite a forma "xpto", embora se sugira a "otpx" (a tal que a gente defende).
É ir ver, que isto da luta entre os puristas da língua e os desenvolvimentistas, tem o que se lhe diga.
Kiss-kiss*

Su disse...

Que bem diz cursa!

....eheheh gostei
jocas maradas