segunda-feira, junho 05, 2006

Vieira.

Maria,
Fui à Feira do Livro de Vieira do Minho. Sabes que aquela gente não é hipócrita, sou mesmo filho adoptivo da terra. Depois chegaram os meninos e com eles o caos abençoado de Cantelães - mesa comprida, família, amigos e a algazarra folgazona que sonhei desde criança. Amanhã, estrada para Lisboa. Se me enviares um sms ternurento, ouço os teus cds favoritos na viagem. Anda, sê carinhosa "espontaneamente":).

62 comentários:

fiury disse...

maria

não envies sms nenhum...
enfia-te no avião e deixa-te de merdas!

Isabel Pietri disse...

A Maria é sempre carinhosa espontaneamente. Sem aspas. :-)


Afinal, a distância é tão boa como a presença, não é?


Isabel

P:S: - Boa viagem e bom jantar a todos os murcões!!! :-)))

yulunga disse...

SMS
É loucura...
... odiar todas as rosas porque uma te picou.
... enterrar todos os teus sonhos porque um não se realizou.
... desistir de todos os esforços porque um deles fracassou.
... condenar todas as amizades porque uma te traiu.
... não crer em nenhum amor porque um deles te foi infiel.
... jogar fora todas as oportunidades de ser feliz porque uma tentativa não deu certo.

Com AMOR

Maria

;-)

yulunga disse...

Ora bem...
Não sou a Maria, mas sou bem mandada!

1º SMS enviado
2º Não é ternurento, mas era o que tinha no telemóvel.
3º CD meus no seu carro? Com sua licença: Brincalhão*
4º Não fui carinhosa. FUI UMA QUERIDA! ;-)
5º Espontânea, fui sim.
6º Com amor foi só para compôr a coisa.
7º Marias há muitas.

* "O Tempo dos Espelhos" pág. 128

andorinha disse...

Não ligues a essa Yulunga que diz que Marias há muitas.
Para ti só eu conto, eu sei, amor.
Estivemos juntos ontem e as saudades já são muitas.
Saudades dos beijos, dos abraços, do calor gostoso do teu corpo.O próximo fim-de-semana não tarda e aí...o tempo será novamente todo nosso. Os miminhos são inesgotáveis.
Até lá, boa viagem e cuidado com as lisboetas.:)
Fica bem, querido.:)
Beijos (dos nossos)

Maria

Carminda Pinho disse...

Olá prof.
Navegando na net e eis que por acaso descubro o seu blog.
Há anos que oiço e vejo os seus programas e leio os livros que escreve e como o admiro.
Costumo até dizer cá em casa que se um dia precisasse de um "psi" o procuraria.
Curiosamente no verão passado vi-o em pessoa pela 1ª vez numa explanada na praia Maria Luisa em Albufeira, a mesma voz o mesmo sorriso.
Espero que continue a andar por aí.
Um abraço

fiury disse...

boa noite e boa viagem

BlahBlahBlah disse...

Hum. A minha avó sempre me ensinou que nas gentes do Minho há muita manha...

... qual é a distância exacta entre a manha e a hipocrisia??

Aspásia disse...

Isto não é SMS da Maria mas é bonito...

Volto contigo à terra da ilusão,
mas o lar de meus pais, levou-o o vento,
e se levou a pedra dos umbrais,
o resto é esquecimento.
Procurar o amor neste deserto
onde tudo me ensina a viver só,
e a água do teu nome se desfaz em sílabas de pó,
é procurar a morte, apenas,
o perfume daquelas longínquas açucenas
abertas sobre o mundo como estrelas...
Despenhar no meu sono de criança, inutilmente,
a chuva da lembrança.

Carlos de Oliveira

BlahBlahBlah disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
BlahBlahBlah disse...

Ó professor, espero que os outros murcões não saibam do nosso aperitivo ao final da tarde no terraço do Hotel Albatroz em Cascais?!
Shhh. Não lhes diga nada...

Aspásia disse...

Puisque vous partez en voyage
Puisque nous nous quittons ce soir
Mon coeur fait son apprentissage
Je veux sourire avec courage
Voyez j'ai posé vos bagages,
Marche avant, côté du couloir
Et pour les grands signaux d'usage
J'ai préparé mon grand mouchoir
Dans un instant le train démarre
Je resterai seul sur le quai
Et je vous verrai de la gare
Me dire adieu là-bas avec votre bouquet
Promettez-moi d'être bien sage
De penser à moi tous les jours
Et revenez dans notre cage
Où je guette votre retour.

Puisque vous partez en voyage
Puisque nous nous quittons ce soir
Mon coeur fait son apprentissage
Je veux sourire avec courage
Voyez j'ai posé vos bagages,
Marche avant, côté du couloir
Et pour les grands signaux d'usage
J'ai préparé mon grand mouchoir
Le contrôleur crie: "En voiture"
Le cochon il sait pourtant bien
Que je dois rester, mais je jure
Que s'il le crie encore une fois, moi je viens
J'ai mon amour pour seul bagage
Et tout le reste je m'en fous
Puisque vous partez en voyage
Mon chéri... je pars avec vous.

Georges Brassens
Paroles: Jean Nohain, musique: Mireille, 1936

Aspásia disse...

3xBlah

Se não sabiam, ficaram sabendo. Cá por mim tudo bem. Adevirtam-se e não se constipem com a cacimba...;))

BlahBlahBlah disse...

Cacimba em Cascais ao final da tarde? Ó Aspásia, ai essa geografia. Africa é para o outro lado mulher, noutro continente!

BlahBlahBlah disse...

'Adevirtam-se' é algum portuguesismo para "advertise"?

[Ai se o Deniz Costa lê isso!].

yulunga disse...

Dr. Murcon
Porque sei que gosta do escritor, e porque eu aderi ao pacote de 1500 SMS grátis por semana, lá vai mais uma

SMS
Sê paciente, espera
Que cada palavra amadureça
E se desprenda como um fruto
Ao passar o vento que a mereça.

-Eugénio de Andrade-

yulunga disse...

SMS
O que é a Dor? Um mar. E a Alegria?
Pérola oculta nesse mar fremente.
Quantas vezes a pérola encantada,
Entre as rochas profundas sepultada,
Se dissolve esquecida, lentamente,
E nunca chega a ver a luz do dia!

-Sandor Petöfi-

yulunga disse...

SMS
O coração tem dois quartos:
Ali moram, sem se ver,
Num a Dor, noutro o Prazer.

Quando o Prazer, no seu quarto,
Acorda, cheio de ardor,
No seu adormece a Dor...

Mais baixo, Prazer! Cautela,
Folga e ri mais devagar...
Não vá a Dor acordar...

-Neumann-

yulunga disse...

E pronto!
Por hoje já dei o meu contributo. Se recuar muito mais no tempo lá terei que enviar umas Cantigas de Amigo e mais umas quantas de Escárnio e Maldizer.
Ai Deus, e u é!

b' disse...

Em qualquer altura, em qualquer lugar
sinto a tua presença, até no meu olhar…

noiseformind disse...

Até ao jantar Malta ; ))))))))) Como dizem no anúncio daquele bordel de ucranianas ali à esquerda quem vai para Alges. Até já!!!!!!!!!!!!! ; )))))))))

Olhar disse...

Bem vindo a Lisboa:)))))

Ameninadalua disse...

Bom dia!

Mas este blog hoje está ao "rubro" em ternurices.... :)

Yulunga

Isso é que é inspiração!!!

E já que estamos numa de simpatias, espero que estejam todos muito bem dispostos logo à noite, para receber o nosso querido e ilustre convidado aqui em Lisboa.
O jantar está marcado para as 8.3oh mas a concentração é às 8h na zona do bar...

Se houver alguem que decida ir à última hora, não há problema, o jantar é buffet e dá sempre para mais pessoas.

E até logo.

Mariajoao disse...

Sniff... Continuo uma sentimentalona... Primeiro o post (que inveja, Maria!), depois os poemas e todos os comentários tão ternurentos. Não resisti a recorrer a Pessoa:

"Se alguém bater um dia à tua porta,
Dizendo que é um emissário meu,
Não acredites, nem que seja eu;
Que o meu vaidoso orgulho não comporta
Bater sequer à porta irreal do céu.

Mas se, naturalmente, e sem ouvir
Alguém bater, fores a porta abrir
E encontrares alguém como que à espera
De ousar bater, medita um pouco. Esse era
Meu emissário e eu e o que comporta
O meu orgulho do que desespera.
Abre a quem não bater à tua porta!"

Fernando Pessoa, 5-9-1934.

(Um conselho: o melhor será deixar a porta aberta...)

BlahBlahBlah disse...

oOO(Acho que a seguir 'rapto' o professor para jantar no Porto de Sta. Maria, no Guincho... )

BlahBlahBlah disse...

oOO(Ou podemos jantar no fabuloso restaurante - http://www.albatrozhotels.com/hotel/hotel.htm - ao lado do terraço panorâmico qualquer coisa assim simples como esta saladita: http://www.theworldwidegourmet.com/cooking/salad/fish/prawn-portugal.htm )

Ooh, the possibilities!

AQUILES disse...

Um bom jantar, maralhal. Eu estarei a trabalhar a essa hora, cá bem longe, snif :(:(:(:(

AQUILES disse...

Isto hoje parece parece um sarau de poesia. Mas gostei dos poemas.

fiury disse...

boa tarde

Aspásia disse...

3xBlah

Altas expectativas! Altas expectativas!
Então se a cacimba não é problema, advirto que ao menos levem o repelente de mosquitos por môr das pragas que andam por aí... Já biu o que era o Professor, ele que é tão alérgico, com um duplo choque anafiláctico pela conjugação da ingestão do Lagostorum Aracnídeus com a picada do Anophelis Cascalensis Lin.???

Quem bos abija bóxa amiga é...;))

Aspásia disse...

Aquiles

Que pena ser tão longe... mas faça um jantar melhorado e esteja cá in spiritu, que também cá nos lembramos de si. Bjinhos:)
-----------------

A MT-Teresa também me disse que não pode ir.:((

Até mais logo malta.

andorinha disse...

Boa tarde.

Aquiles,
Obrigada pelos teus votos que sei que são sinceros. Estarás connosco em espírito, como já disse a Aspásia.

Malta,

Até mais logo:)

yulunga disse...

SMS
Sacode as nuvens que te poisam nos cabelos,
Sacode as aves que te levam o olhar.
Sacode os sonhos mais pesados do que as pedras.

Porque eu cheguei e é tempo de me veres,
Mesmo que os meus gestos te trespassem
De solidão e tu caias em poeira,
Mesmo que a minha voz queime o ar que tu respiras
E os teus olhos nunca mais possam olhar.

Sempre tua com ardor

Maria

-Sophia de Mello Breyner Andresen-

yulunga disse...

Anda, sê carinhosa "espontaneamente":)
Como para mim, claro, esta frase tem uma enorma carga de sensualidade, até vinha a calhar um SMS de poesia erótica, mas como estou sem tempo e porque hoje é dia de farra, vai um sonzinho brejeiro.

Refrão
Ponho o carro! Tiro o carro! À hora que eu quiser
que garagem apertadinha que doçura de mulher
tiro cedo ponho à noite, e às vezes à tardinha
estou até mudando o óleo na garagem da vizinha

Instrumental

Refrão (Repetir muitas vezes)
Ponho o carro! Tiro o carro! À hora que eu quiser
que garagem apertadinha que doçura de mulher
tiro cedo ponho à noite, e às vezes à tardinha
estou até mudando o óleo na garagem da vizinha

-Quim Barreiros-

Aspásia disse...

Mais um SMS...

CEGUEIRA DE AMOR

Fiei-me nas promessas que afectavas,
Nas lágrimas fingidas que vertias,
Nas ternas expressões que me fazias,
Nessas mãos com que as minhas apertavas.

Talvez, cruel,que, quando as amimavas,
Que eram doutrem na ideia fingirias,
E que os olhos banhados mostrarias
De pranto,que por outrem derramavas.

Mas eu sou tal, ingrata, que inda vendo
Os meus tristes amores mal seguros,
De amar-te nunca, nunca me arependo.

Ainda adoro os olhos teus, perjuros,
Ainda amo a quem me mata, ainda acendo
Em aras falsas holocaustos puros.

- Nicolau Tolentino

Olhar disse...

Lisboa e os lisboetas também o amam Professor, como a um filho, nosso:)

BlahBlahBlah disse...

Sossegai, sossegai murcónicos.
O professor também é todo vosso :)

Pamina disse...

Boa tarde.

Parece-me que a Maria levou a palavra à letra e, uma vez que qualquer SMS estaria assim fora de questão, resolveu atender o pedido de outro modo, pois ouvi falar nas notícias da "estranha" aterragem de um helicópetro, vindo de Inglaterra, em Aveiras de Cima.
Quanto ao que se passou depois, o repórter, muito culto, citou a estrofe 83 do Canto IX dos Lusíadas:))).

Até logo, para quem vai ao jantar.

Mariajoao disse...

Faltam já menos de 3 horas para o jantar... Imagino a felicidade de todos os que, sob este pretexto gastronómico, se vão re/encontrar.
Tinha feito imensos planos para estar, aí, convosco, a saborear esse prazer. Grave problema de saúde de meu pai, "obriga-me" a permanecer junto dele, gozando avidamente cada beijo que damos, cada palavra que trocamos. Pressinto que, infelizmente, estas carícias não se perpetuarão por muito mais tempo :-(
Perdoem este desabafo triste num dia que deveria ser todo feito de alegria.
Lembrar-me-ei de vós, mais particularmente daqueles com quem, por um ou outro motivo, me identifiquei mais, ao longo deste curto tempo de "convívio".
Tenho a certeza de que se vão divertir "bué"!
Guardem-me uma fatia de bolo e enviem-ma por e-mail :-)

Um beijo enorme a todos.

Lusco_Fusco disse...

BOA TARDE!

Professor
Tomo a liberdade de representar todos os vieirenses para agradecer as palavras com que nos brindou e para dizer que estamos mais ricos com a presença do Professor no nosso seio. OBRIGADA




Para responder a alguém que li lá no cimo:
No Minho, como em qualquer outra região, há minhotos hipócritas e não hipócritas. Na generalidade hipocrisia não é residente, é apenas usada como defesa contra hipocrisia. Como deve imaginar, usar de hipocrisia com o professor, era pura maldade e no local que o professor fala no post não conheço gente má a esse ponto. Em psicologia diz-se que “comportamento pede comportamento” e o professor, se bem o conhece, semeia simpatia.


AOS MURCÓNICOS LISBOETAS OU NÃO:
Um pedido:
Mimem, bajulem, amassem e tratem o professor como ele merece. Só não vale estragar )))). As minhotas não são ciumentas )))) Gostariam era que como o Professor fossem 50% dos portugueses. Teríamos um país melhor.
Aproveito para desejar-lhes UM JANTAR INESQUECIVEL e uma noite de diversão e pantominas cheia de coisas BOAS))))

Beijo a todos
MJ

Lusco_Fusco disse...

onde disse
"minhotos hipócritas e não hipócritas"
queria dizer
"há pessoas hipocritas e não hipócritas"
:)

BlahBlahBlah disse...

Lusco fusco,
A minha avó era minhota...

Mythe disse...

E, mais vale uma avó minhota na mão, que duas transmontanas a voar...

Lusco_Fusco disse...

Tudo bem blablabla posso entender isso de dois modos, mas como sou minhota vou entender pelo lado bom. A sua avó não era hipocrita :))))
Avós podem ser de qualquer região. Serão sempre uns potinhos de mel para os netos ;-)

CêTê disse...

A todos desejo um bom convívio.
Se alguma vez for em Aveiro não sei se me seguro. ;]
Mas devia ter mais piada tipo apresentações recíprocas e não só paparoca.


Quanto a sms - que tal "eu também. BJ"

APC disse...

Eh pa... Cheguei no meio de um assédio desgraçado... Eheheh!
Volto a encostar a porta, discretamente, fazendo pouco barulho para não incomodar, ou, já que aqui estou, posso aproveitar para dizer que me entriteceu saber que faleceu hoje o Raul Indiwpo?
Sou africana de origem, e desde bebé que escutava "E os homens fizeram o acordo final, de acabar com a fome, de acabar com a guerra, viver em amor; vou levar-te comigo, vou levar-te comigo, vou levar-te comigo meu irmão, vou levar-te comigo".
Pronto, agora encosto a porta... Suavemente... E, com pezinhos de lã, vou ver as fotos do vosso jantar, que só pode ter sido divertidíssimo.
Bem hajam :-)

alfinete de peito disse...

Caro Professor:

Amanhã, se Deus quiser, lá estaremos na Feira do Livro de Lisboa para o prazer de o ver e ouvir pessoalmente :D

Abraço dos Alfinetes!

Aspásia disse...

Aos murcónicos que não foram à janta

Só uma breve msg que estou caindo de madura de sono. Correu bem, o aveludado de legumes muito bom, as papas variegadas e as sobremesas delicodoces. O Noise não se portou mal de todo e fez o discurso de fechadura do repasto. No fim a Andorinha estava algo indisposta parece que algo não lhe caiu muito bem mas quando vim embora já estava melhor.
Então todos os alfaces que ainda não viram o Prof. desta vez, amanhã ele estará na Feira do Livro à tarde e noite.

Bjinhos até amanhã uaaaaaaaaaaaaaahhhhh que soneca :-O...

Manuel Reis disse...

Caro Julio,
faz tempo que por aqui não aparecia. Continuo a não ter o prazer de o conhecer mas cada vez sinto que é uma questão de tempo.
A espontaniedade adquire-se por motivos das nossas necessidades, vontades, quereres, sei lá por tantos motivos, que por vezes até encontramos razões para não ser espontâneos, porque será?
um abraço

noiseformind disse...

Maralhal,
Cá estámos, cá estámos. Preparo-me para encetar regresso às portuenses origens nas asas da Andorinha. Agradeço a todos os presentes com especial destaque ao Carlos e às representantes da Ordem dos Ortoptistas (ainda não há Ordem? Estou indignado ; )))))))))) ). Eu, pessoalmente, que sou calminho como um maciço pinheiro em dia sem brisa, deixo-me arrastar para a euforia nestes momentos e, que se há-de fazer, acabo feliz e bem disposto, os 80 anos que já cá cantam esfumam-se e sinto-me de novo petiz. Afinal ser jovem na alma é isso mesmo, não é? Espero que o Boss tenha conseguido dormir suficiente para tratar igualmente bem o restante mouredo que hoje certamente o assediará na Feira do Livro ; ))))))))))

Somos assim. Que se há-de fazer? ; )))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Isabel Pietri disse...

Aspásia e Noise,


Agradeço as notícias do fundo do coração, mas vamos ao que interessa:

- afinal...

:-)

... afinal...

:-)

... o Fora-da-Lei foi ou não??? :-))))

hehehehe

:-))))))))

Isabel

b' disse...

bom dia!

correndo o risco de parecer bajuladora....

o prof estava de arrasar naquela t-shirt branca ;)))))

gostei muito da companhia, em especial viktor, carlos, noise, azul cereja e hp... o "sub-grupo" onde me encontrava :)

sim porque algumas meninas rodearam o prof e nunca mais o largaram!!!!
para a próxima o boss fica no mesmo sítio e de 15 em 15 min o maralhal avança duas cadeiras para o lado, boa?

andorinha, espero que já estejas refeita... isso foi de ficares ao lado do boss ;))

para finalizar, senti falta do fora-de-lei :((

beijinhos a todos e muito obrigada pelo serão

@:)

e hoje vou à feira do livro ;)

Ameninadalua disse...

Bom dia!

Maralhal!

O jantar decorreu num clima de festa e muito boa disposição; boa conversa, troca de presentes, buffet agradável mas principalmente muita alegria e tambem o prazer da companhia do nosso querido e ilustre convidado.

Pessoalmente agradeço os presentinhos ao Noise e espero estar à altura de confecionar tão especialíssimo chá!

A Azul Cereja teve igualmente a gentileza de nos presentear com uns simpáticos cartõezinhos mas o momento alto foi mesmo quando a Aspásia nos brindou com um texto seu feito há uns tempos a propósito do livro do professor.

Para terminar tivémos direito ao discurso "possível"(podia ter sido pior)de encerramento feito pelo nosso infatigável Noise:)))

Aspásia disse...

Andorinha

Espero que tenhas melhorado por completo sob os cuidados maternais da Yulunga. Eu acho que isso foi do ácido da salada de frutas em cima dos bolos que tinham recheio. Para a próxima só comes alpista e cizirão...;))
Então quando puderes dá notícias.
Também gostei muito de te conhecer.

Bicadinhas:))

Isabel

Quanto oa Fora-da-Lei, continua reincidente em primar pela ausência

Aspásia disse...

Isabel

...(não acabei). Assim vai ter de anagramar o nick para Foleirada como sugeria a Aquieacolá há dias.

Bjs;)

Aspásia disse...

O professor estava algo cansadote mas mui bem disposto. Aquele branco angelical, quiçá, nupcial ;))) estava a matar como disse a B´, que de facto ficou muito longe dele, injustamente. DE facto, para a próxima devemos ir a um sítio com as cadeiras assentes numa passadeira rolante, como sugere muito bem a B´.

O momento alto da noite não foi eu ter lido um poema dedicado a "Muros", mas sim quando o Noise tentou efectuar, por meio de um isqueiro, um Auto-de-Fé a uma pobre borboleta nocturna gigante que peripateticamente filosofava pelo tecto da sala, no que foi impedido pelas minhas súplicas por clemência por aquela hereje voadora...
Qual Inquisidor-Mor, teve o seu momento de magnimidade e poupou uma vida, pelo que decerto Deus lhe descontará uma semana útil no Purgatório.

Também gostei de conhecer as Meninas Ortópticas AzulCereja&C., que meritoriamente se dedicam à manutenção dos nossos olhinhos para podermos passar horas sem fim olhando as paisagens do LCD; e o Carlos que simpaticamente me encorajou para a leitura dos Lusía..., perdão, do poema. E ao Viktor pela aula de Informática e à Pamina pela aula de Holandês. Vim muito mais enriquecida deste encontro.

Bem, maralhal, o próximo encontro será na Feira Erótica em Julho, por isso ide preparando uns arrebiques a condizer. Pelo menos o Topless é obrigatório, mas podem usar-se colares de flores havaianas bem grossos para disfarçar...

Quem quiser ver ou rever o Prof. é só ir hoje à Feira do Livro, mas levem chapéu de palha (de Itália), que o sol vai abrasar.

Bjinhos até mais logo.

Aspásia disse...

Ah e a Menina da Lua apresentou um bolão delicioso, confeccionado pela orquestra culinária do hotel mas sob a orientação da sua batuta. Uma autêntica 5ª Sinfonia coberta de chocolate, digna da corte do Principe Esterházy...

:)))))))

Aspásia disse...

Viktor

Para a próxima podes levar a câmara de filmar para depois se fazer o Podcast do evento...

Kusje;))

Cleopatra disse...

"Se me enviares um sms ternurento, ouço os teus cds favoritos na viagem. Anda, sê carinhosa "espontaneamente":)."

Porque é que nos sms e cds somos todos tão iguais??!!!

Tanta Maria e tanto Manel que para aí anda...

Isabel Pietri disse...

Aspásia,

Obviamente, há pouco estava a brincar. Na verdade, estava mais a tentar espicaçar o Fora-da-Lei, ;-))) mas já vi que ele hoje anda mesmo foragido... ;-)))

Agora muito a sério, gostaria de lhe agradecer ter dado notícias frescas logo que lhe foi possível. Não posso dizer que estivesse acordada a essa hora, mas fiquei sensibilizada com o gesto. :-)

Como diz a apc,

Bem haja. :-)

Isabel

APC disse...

Ahahah eu vi, Isabel! ;-)

PS - Já agora... O excelso Prof não vem à Feira dos Livritos cá da capital, por ventura? Só para eu vos passar a perna? :-) - Joke!

BH!
(que tanto pode ser "bem hajam" como "beijos de hoje" kamanhã há mais!

andorinha disse...

Boa tarde, gente:)

Lusco_fusco,
Mimámos, amassámos:) e tratámos o professor como ele merece, claro!:)
O jantar correu lindamente, excepção feita à minha indigestão final, mas isso é o menos importante.
Só tive pena que, por isso, não tivesse podido conversar tanto com as pessoas como eu queria.
Fica para a próxima:)

b' (10.26)
O nosso Murcon-mor estava mesmo de arrasar naquela T-shirt branca; e isso não é bajulação, as verdades são para serem ditas:)

Quanto ao resto do teu comentário dou-te toda a razão, aliás o Noise veio a comentar isso comigo. Deve haver mais rotatividade nos lugares.
Mea culpa, mea culpa...:(

Já estou refeita, sim. Obrigada pela sms, de manhã ainda estava tão zonza que nem te consegui responder.
Gostei muito de te conhecer e espero para a próxima poder realmente conversar contigo.

Aspásia (12.54)
Melhorei imenso, a Yulunga foi inexcedível.
Também gostei muito de te conhecer, como já disse acima, tenho pena de não ter podido depois conversar mais convosco, mas naquele meu estado lastimoso não dava mesmo.

Fico extremamente sensibilizada por pessoas como tu e a b', que mal me conhecem, demonstrarem toda esta preocupação e carinho por mim.
Obrigada, amigas.:)

P.S. Para a próxima só alpista e cizirão? Também não exageremos.:)))))))