sexta-feira, fevereiro 09, 2007

Pedido de desculpas e agradecimento.

Maralhal,
A campanha está no fim. Sei que o Murcon não primou pela variedade nos últimos tempos. Acontece que há oito anos me limitei a votar preguiçosamente e desta vez jurei que faria mais. Por isso me centrei no referendo quase a tempo inteiro. Mas quero agradecer-vos, com enorme satisfação, a forma como discutiram ao longo destes dias - sem azedumes e respeitando a opinião alheia. O meu querido Velho diria, com aceno aprovador, que o fizeram com elevação:). Obrigado.

28 comentários:

andorinha disse...

Júlio,
Muito gosta de "encavaquar" o maralhal com essa sua mania:) dos agradecimentos:)
Mas para nos agradecer assim até parece que estava à espera que fossemos uma cambada de arruaceiros a discutir...:))))

Falando a sério, não tem que nos agradecer nada, penso que estamos todos a aprender aqui neste cantinho a sermos mais tolerantes e a respeitarmo-nos mutuamente.

Penso que independentemente de votarmos Sim, Não ou em branco, estaremos todos de acordo que aqui se pode discutir, expor argumentos e dúvidas de uma forma totalmente aberta e sem quaisquer restrições.

"Só" por isso, por nos dar tanto tempo de antena que foi usado de uma forma proveitosa, o agradecimento também tem que ser nosso.
O meu aqui fica: Obrigada:)

andorinha disse...

Errata: "encavacar"

isabel victor disse...

Parabéns e obrigada !

Pelo SIM agora e depois ...

Um SIM, continuado e vigilante !

Pela nossa saúde.

AQUILES disse...

Meu Caro JMV

2ª Feira cá nos encontraremos para abordarmos a consequência da vitória do nim,(é minha convicção, como pessimista militante). E oxalá me engane.

Joao Malainho disse...

Pois agora só nos resta esperar pelos resultados de Domingo... Acho que este é mesmo um derradeiro teste à cidadania dos portugueses, ao seu sentido de dever cívico, às suas consciências, à sua noção de liberdade.

Eu acredito neste povo, espero não me desiludir.

Aspásia disse...

AQUILES

INFELIZMENTE CREIO Q NÃO SE ENGANARÁ... A NÃO SER Q ALGO MUDASSE MUITO DE REPENTE...
MESMO AS LEIS Q JA EXISTEM HÁ TEMPOS E TEMPOS NÃO SE CUMPREM!
VEJA O TRISTE EXEMPLO DO CÓDIGO DA ESTRADA, PARA NÃO IR MAIS LONGE (SALVO SEJA).


MALAINHO

AINDA ESTÁ NA IDADE DAS ILUSÕES, AMIGO... MAS OLHE, CONTINUE A ACREDITAR, APESAR DE TUDO... A FÉ É QUE NOS SALVA! (DIZEM)

BOM F-D-S A TODOS.

Carminda Pinho disse...

Obrigada pelo seu contributo nesta campanha.
Um abraço

maria estrela disse...

Agradecimento sim ..."de nós para vós":)

lobices disse...

...nós é que agradecemos

Su disse...

agora sim.....eu...sem palavras

jocas maradas de silencio....pode ser tanta coisa ...........

Aspásia disse...

BOM DIA

A1 AGORA EM DIRECTO - ALMA NOSTRA - AS NOVAS PSICOPATOLOGIAS

FICA A SUGESTÃO

Aspásia disse...

PARA QUEM NÃO TEM RÁDIO

ANTENA1

Mariazinha disse...

Fez muito bem!
Já agora a minha solidariedade pela
discriminação que foi vítima na estação de radio "dita" de serviço
público.
Um abraço

Ps:
Claro que vou votar sim, apesar da natureza não me ter dado oportunidade de sentir o amor maior que é ser mãe. A propósito, será que alguma mulher aborta por prazer?

Aspásia disse...

AFINAL É UMA SESSÃO DESTE

FORUM INTERNACIONAL DE PSICOLOGIA

E ESTÁ A SER MTO INTERESSANTE :)

Ameninadalua disse...

Bom dia

O Murcon não primou pela variedade sim!

Penso que pessoas de opiniões contrárias possam ter sentido alguma insegurança de "navegarem " em águas de contra corrente"...pois a liberdade e a autenticidade exigem-nos por vezes certos rasgos de coragem:)

Contudo tambem me parece que o seu "querido Velho" poderia ter feito uma boa aprovação dos murcónicos que perante este tema difícil e polémico se portaram com elevação:))

Quanto à minha parte do seu obrigado, devolvo-o com um acrescido sentido de gratidão pelos bons ensinamentos que constantemente por aqui nos propicia e oferece:)

azulcereja disse...

Boa Tarde a todos!
Um amigo meu enviou-me em sms esta mensagem:
"Voto "sim" no dia onze. Para a liberdade de expressão da mulher. Porque cada homem que se masturbe mata milhões de crianças e não são punidos por isso. lol."

E eu voto SIM no dia onze porque Á pergunta feita por Vital Moreira frz no programa "Prós e Contras" eu respondo: Nunca iria denunciar qualquer mulher que tivesse cometido aborto, mesmo que depois venham uns senhores (Narana Cassoró, por exemplo -- se não se escreve assim, os pais dele que lhe tivessem posto outro apelido), dizer que nunca mulher nenhuma foi condenada e que quando muito poderia vir a estabelecer-se trabalho comunitário. Desculpem, mas sinto-me nauseada com tamanha hipocrisia.
SIM, porque o NÃO nada vai resolver, apenas deixar cabeças com a consciência adormecida. Como já não acredito em Belas Adormecidas, prefiro mesmo, ainda assim, o Capuchinho Vermelho.
Beijos a todos, e óbviamente a TODAS!

prof disse...

Deste lado, é que é justo agradecer! Ainda bem que há gente assim credível a dar a cara por causas como esta! Muito obrigada!

Migmaia disse...

Ao Murcon:

Parabéns e muito obrigado!

A todos, em particular ao Prof. JMV, pelo seu exemplo de tolerância e respeito. Uma boa lição para os políticos de como se deve fazer uma campanha.
Não partilhando a opinião aqui maioritária, e tendo muitas reservas em relação à vontade política expressa na pergunta a referendar, acredito na vitória do S(n)im. Em dia de reflexão, assumo o compromisso de, me disponibilizar a fazer algo mais do que colocar uma mera cruzinha. Hoje, amanhã e sempre. Educar, mais do que tratar, é o caminho a seguir. Não tenho dúvidas. Como também não tenho de, ter de ser a sociedade a organizar-se e a dar o impulso, pois os políticos não se revelam capazes e tem interesses de outra ordem (mais pessoais). Vou votar, com o sentimento ter contribuído para que, como começou e acabou Saramago as Intermitências da Morte, “no dia seguinte ninguém morreu”.


Fruto do acaso, ontem cruzei-me com o Prof. JMV. Desconhecia o sucedido com a censura ao “O Amor é…”, aliás confesso que nunca ouvi o programa (mas fiquei com curiosidade). Abordei-o, desrespeitando a privacidade da sua hora de almoço, no sentido de lhe desejar a melhor sorte para o referendo e manifestar-lhe a minha admiração. Identifiquei-me também, como recente frequentador deste espaço.
Senti-me algo embaraçado, pelo receio de ser incómodo, e também pela pressa de dizer o que queria e não abusar da sua boa vontade.
Pela sua afabilidade, mas sobretudo pela serenidade transmitida (num dia tão injusto), fiquei sensibilizado e até me esqueci de dizer: Muito prazer Prof!

Marx disse...

Na minha modesta opinião, a elevação, aqui, também será ao Mestre devida. Pelo que, da minha parte, obrigado, Prof.

Cristina GS disse...

Credo, companheiros! isto até parece uma despedida e até parece que o Murcon só justificaria a sua existência pelo debate sobre o referendo. É certo que foi um pico de actividade, intensa, sentida, mas continuamos a ter tanta coisa para(des)conversar. Bom fim-de-Simana

Julio Machado Vaz disse...

migmaia,
Eu e meu filho João é que agradecemos a sua gentileza:).

Ameninadalua disse...

Professor

Hoje estou num dia péssimo:( e interpretei a sua observação que "o Murcon não primou pela variedade" como não tendo havido muitas opiniões contrárias ao Sim...

Por isso a minha opinião no meu comentário anterior não tem sentido...

Sorry! :)

thorazine disse...

ameninadalua,
também interpretei da mesma forma que você. E concordo que a maioria dos "nãos" que pr ai apareceram foram abafados pela torrente de opiniões contrárias..mas quase de certeza que noutros blogs (e quiça noutros locais "mais" físicos) a situação inversa compensou.. ;)))

fiury disse...

neste espaço foi importante a reflexão a muitos niveis: consciência de nós, dos nossos direitos e obrigações,importância do exercício dos mesmos.a não bipolarização radical de opiniões conotada como noutros tempos,cidadania,poder político,justiça.a questão do aborto suscitou interesse pela essência de muitas vertentes sociais e despertou consciências para a liberdade/responsabilidade ( beliscadas aqui e ali)do pós referendo,seja qual for o resultado(e não só na questão em causa)! vamos todos estar atentos!
obrigada

andorinha disse...

Thora,

Ai miúdo, não costumas ter problemas de interpretação, pelo contrário.:)))
"Sei que o Murcon não primou pela variedade nos últimos tempos."
É evidente que o Júlio se está a referir aos posts; ele nunca iria dizer isso em relação aos comentários dos murcónicos.
E quem era pelo Não pode pronunciar-se sem limitações; o que acontece é que este espaço é maioritariamente frequentado por apoiantes do Sim, portanto....

thorazine disse...

Problemas de interpretação...uma boa sugestão para os Clã! ;))

me disse...

lolololol....lndo azulcereja! - fartei-me de rir!

julinho:"any time! keep on going!"

o seu Velho devia ser do baril!

bj

Manu disse...

:) Júlinho... um bem haja! Já agr perdoe-me a ignorância: já não tem nenhum progr na rádio como nos velhos BOMS tempos??
:)bjinhos***manu