sexta-feira, março 23, 2007

Não resiste aos prazeres da Carne, perdão!, do asfalto:).

Contra o sacerdote que «arrepia caminho»

2007/03/23 13:31

Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados escreve ao Papa

A Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados (ACA-M) escreveu ao Papa alertando para a forma como o padre António Rodrigues, de Santa Comba Dão, Viseu, conduz o seu «super-carro» de forma «anti-social», pedindo a Bento XVI que o sacerdote «arrepie caminho».
Na carta enviada ao Vaticano, a ACA-M pede à hierarquia da Igreja Católica que ajude o pároco «a exorcizar o seu desmedido prazer» pela velocidade que a «potência do seu Ford Fiesta 2000 ST lhe permite atingir».
Contactado pela Lusa, o Bispo de Viseu, D. Ilídio Leandro, que também recebeu a missiva da ACA-M, disse não ter quaisquer comentários a fazer sobre este assunto, e que ainda não falou com o sacerdote visado.
A estória do padre António Rodrigues ao volante do seu Ford Fiesta 2000 ST, de 150 cavalos, o único existente nas estradas de Portugal, foi contada terça-feira pela Agência Lusa, tendo o pároco justificado a sua aquisição com a necessidade de ter um carro rápido e seguro para se deslocar nos muitos compromissos de ofício às três paróquias que gere.
Padre com comportamento anti-social
No entanto, este comportamento do pároco de Santa Comba Dão foi considerado pela ACA-M como «anti-social» e, na carta que enviou a Bento XVI, a associação pede à hierarquia da Igreja Católica que ajude o sacerdote «a exorcizar o seu desmedido prazer pela velocidade».
A ACA-M diz ainda que o pároco anda «ao picanço - desafiar outros condutores para pequenas corridas - na A-25», a auto-estrada que substitui o IP5, itinerário que era conhecido pela «estrada da morte», tantas foram as «vítimas mortais naquele trajecto».
Mas à Lusa, sem nunca se ter referido ao «picanço», António Rodrigues justificou ter o carro por este ser, «essencialmente», uma «ferramenta de trabalho».
Nunca foi multado «graças a Deus»
A associação critica ainda o «facto» de «o sr. Padre António Rodrigues» afirmar gostar da «adrenalina provocada pela velocidade» e «de sentir a potência debaixo do pé», vangloriando-se de o seu automóvel chegar facilmente aos 210 quilómetros por hora, acrescentando que «Graças a Deus» nunca foi multado, e que, «antes de padre é um ser humano».
«Foi com horror que a Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados tomou conhecimento destas notícias», escreve a ACA-M no texto enviado ao Papa.
A ACA-M diz que «um padre é um cidadão» e não pode colocar os seus deveres de padre «à frente dos de cidadão», que «um padre católico é um homem, mas antes de ser homem é padre» e «um predicador, tantas vezes também professor de Religião e Moral».
«Um padre deve ser um modelo de virtudes, não pode ser um repositório de pecados», sublinha a ACA-M.



33 comentários:

Maroska disse...

Padre=ser sem direito a sentimentos e vontades? Que justiça tão divina...Façam como fizeram comigo, multem-no! Pode ser que ele peça Deus que lhe perdoe a multa. De resto, tem o mesmo direito que todos nós de gostar disto ou daquilo. Por amor de Deus, o homem (supostamente) não tem direito a sexo, deixem-lhe qualquer coisinha...Mais valia terem falado com o senhor em questão e explicarem que talvez não seja o comportamento mais adequado.

Marx disse...

É irresistível prolongar para aqui o tema do post anterior...

Este caso terá uma graça, não sei se também divina, adicional. Pela coincidência. Ontem à noite a SIC entrevistou um preso, por roubar, entre outras coisas, carros. Iniciado nas bicicletas, que passou para as motas, foram os carros que lhe deram, agora, o share. Perguntaram-lhe, então, porquê a fixação nas quatro rodas. Ao que responderia, com a mesma falta de originalidade do padre Rodrigues, que foi por causa da «adrenalina».

Caso para re-sentenciar, então, que cada um tem a sua «tusa»!

penelope disse...

Marx:

E a tusa que dá ao ego ter um blogue? :)

blogico disse...

A falta de sexo dá nisto. Quer seja em padres ou não. Tem que se arranjar outra tusa. :) O problema é quando essa tusa põe em perigo a vida dos outros...

Fora-de-Lei disse...

Acreditem que o mundo estaria bem melhor se houvesse mais padres aceleras do que pederastas. De certeza que os últimos já fizeram muitos mais vítimas, nomeadamente entre as crianças...

PS: e escusam de vir para aí alguns / algumas participantes, armado(a)s em virgens ofendidas, a contrapôr que homossexualidade nada tem a ver com pedofilia.

Marx disse...

Penelope,

Touché...

lobices disse...

...coitado...assim, mais depressa vai salvar as almas dos que se encontram em perigo
...
...em seguimento ao tema do post anterior cá está um homem com um pau grande, cheio de tusa e com bastante desejo e com a líbido da a´drenalina a funcionar em pleno!... à ganda padre LOL
...
...só me admira é como ainda não foi apanhado pelas Brigadas da BT)

thorazine disse...

O mal não é ter um carro...é mesmo imaginar quem o pagou! ;(((

MJ disse...

"Ganda" acelera!

Se calhar é um dos street racers que, de madrugada, faz piões por estas bandas. :-)

Ó professor! Afinal a Primavera também anda a fazer "estragos" aqui pela loja. :-)))

maiaToRga disse...

Realmente Portugal é assim... Como tenho carta provisória vou ficar sem carta porque fiz 200 m à noite sem os médios ligados... O Sr. Padre confessa que atinge os 210 Km/h e ninguém faz nada... Acho que se me safar desta vou-me vangloriar a todos os agentes da autoridade das 2 ou 3 vezes que me esqueci de ligar os médios à noite!

andorinha disse...

Boa noite.

Isto é tudo tão exagerado.
A ACA-M escrever ao Papa por causa de um padre com o gosto pela velocidade!!!!!!!
Parece-me a mim que as pessoas perderam a noção das coisas. Haveria certamente maneiras muito mais eficazes de "aconselhar" o pároco a não carregar tanto na acelerador...
"O padre antes de ser homem é padre"
Leio e não acredito.
Homem é desde que nasceu; padre só a partir de uma certa idade.:)))))))
Por ser padre não pode gostar de velocidades?

Fora de lei(4.25)
Embora esse comentário possa parecer muito radical, concordo contigo.

P.S. É evidente que homossexualidade e pedofilia são duas realidades distintas.

lobices disse...

...e para os prazeres da "carne" nada como visitar e seguir os conselhos dados neste sítio:

http://mulher.sapo.pt/XtB1/447707.html

:)))

thorazine disse...

lobices,
no meu tempo aprendia-se com a prática..agora vocês têm essas modernices todas!! ;)))))))))

(just kidding ;)

PAH, nã sei! disse...

Desde que ouvi - ainda hoje - um padre que adoro e respeito dizer: porra, "apeteceu-me bater À velhinha" ... :) e outras magníficas saídas... começo a acreditar que o "clero" ainda tem salvação

(aiiii que vou para o inferno :))))

miguelpradorebelopintocorreiatavares disse...

O Padre Frederico também gostava de levar os rapazes da aldeia a dar uma volta na sua bomba.
Adrenalina e líbido são primas, não são, Doutor?

Xelim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fora-de-Lei disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fora-de-Lei disse...

andorinha 8:20 PM

"É evidente que homossexualidade e pedofilia são duas realidades distintas".

Já me tinhas dito...

fiury disse...

o papa já fez saber aos acusadores, que da sua visita a portugal dispensará o papa-movel. por motivos de agenda será uma visita relâmpago e nada mais a calhar do que copilotar o dito padre.

PAH, nã sei! disse...

Ora passem lá por: http://derrotarmontanhas.blogspot.com/

e digam que não queremos visões destas do Evangelho...

Bom sábado e Domingo :)))


Chefinho, fique-se com uma beijoca.

Beijinhos aos outros :)

andorinha disse...

Fora de lei (2.43)

Desculpa, já me tinha esquecido:)
De qualquer forma contigo nunca é demais repetir:)))

Laurentina disse...

Ora o carago...então o padre não é um homem ?! eh eh eh eh então deixem lá o homenzinho ter comichão na sola do pé direito que a unica coisa que lhe pode acontecer é estampar-se ...e morrendo é defunto!!!
E antes comichão na sola do pé do que no "periscópio"para não fazer mal a nenhum paroquiano(a)...
Disse
Bom fim de semana
Beijo a quem é de beijo
E cachaços a quem é de cachaços...

Henrique Dória disse...

A Igreja é o hospital da alma (uma sua concorrente Professor). Só lá vai quem muito precisa. O tal padre tem muitas igrejas, e passa nelas a maior parte do tempo.Um abraço.

Ameninadalua disse...

Olá Boa noite

Para já tenho a dizer que este senhor padre vive num equívoco; ele devia ter escolhido antes ser corredor de automóveis...:)

Talvez se tenho perdido um bom automobilista de competição em detrimento dum padre de alguma forma limitado de realização pessoal.:)

Mas devo igualmente dizer que as incompatibilidades não são assim tão profundas e antagónicas; o senhor tem efectivamente direito à sua corridinha automobilística, desde que a faça dentro dos limites da lei e pelos vistos bem longe dos seus pouco simpáticos e compreensíveis fieis;))

Ti disse...

Confundir homossexualidade com pedofilia é o mesmo que confundir diferentes com inimigos ou padres com santos.
Todas estas confusões vêm duma militante ignorância, que se esforça por se manter assim; ignorante.

Filomena disse...

Noc, noc… Alguém aí?
Está tudo com soninho por causa da mudança da hora ou ainda chocados com a vergonha de ontem (RTP)?
Que um sacerdote “arrepie caminho” na estrada choca-me tanto como o Schumacher a dar missa, ou seja é ridículo mas não passa disso. Agora que “alguém” ainda que via sms queira ressuscitar o “botas” choca-me e muito.
Sinto-me triste. Como se explica isto a uma criança?

Maroska disse...

Também estou chocada...uma coisa é dizer que ele fez algo pelo país, acredito que sim, seja lá o que for...outra coisa é dizer que ele é o melhor/maior português de sempre...perdão Afonso Henriques, Perdão Camões e por aí fora. Perdão por sermos tão cegos e de memória tão curta. E não me digam que Salazar ganhou porque estamos desencantados com os Governos que têm passado pelo nosso país. Não é desculpa...

Fora-de-Lei disse...

Admiradas / chocadas com a vitória do senhor de Santa Cona Badão ? A mim talvez me surpreenda ainda mais o (elevado) índice de popularidade do actual primeiro-ministro.

Ou será que até há uma certa similitude de estilos da parte destas duas personagens, similitude essa que conduz a uma similar simpatia da parte deste pobre people ?

Ameninadalua disse...

Boa tarde

Sem querer dar grande importância a este jogo do maior português,o resultado só por si abala; é a vergonha mas tambem uma chamada de atenção para uma realidade que por vezes não queremos enfrentar e saber...

A insatisfação existe em Portugal mas tambem existe algo bem mais profundo que isso; a deseducação, a intolerância, o desrespeito pelo cidadão e pelo trabalhador em geral,a irresponsabilidade onde a corrupção e a impunidade reinam a todo o custo.

Mas afinal portugueses somos todos e cabe a todos nós estarmos atentos ao que no fundo queremos e por isso sabermos exigir primeiro a nós próprios e tambem aos outros e aos nossos próprios governantes a sociedade que realmente aspiramos e desejamos...
Contudo fica-me a convicção e este sentimento amargo de que existe um enorme caminho a percorrer no sentido do Saber e da Educação para que seja pelo menos possível entendermos tudo isso...

Mas já agora e para que não haja dúvidas, o António Costa Pinto (professor do ISCTE) através dos estudos de investigação histórico/social por ele coordenados, nada aponta para que este resultado tenha qualquer sentido ou veracidade pois e tal qual ele afirma a grande maioria dos portugueses não quer nem pretende naturalmente regresso ao fascismo...

Filomena disse...

É claro que o programa e a votação têm o valor que têm, mas lá que é muito mau sinal, é. Aliás, desde o início: pôr, lado a lado, Aristides de Sousa Mendes e aquela coisa em concorrência (?) num programa que até passa a uma hora de audiência ao contrário de outros bem mais interessantes e que passam a horas tardias, já diz bastante sobre um serviço que se diz público…
E é claro que é a indiferença, a despreocupação e especialmente a impunidade com que tudo isto acontece e é encarado que permite, que cria condições para que as “ditaduras” aconteçam sejam elas no nosso dia-a-dia, no trabalho ou, Deus nos livre, no poder.
Esta gente que votou por sms, será a mesma que não vai votar às urnas, que não quer saber? E eu não farei o mesmo se ficar indiferente, se não ligar a isto e não me indignar? Até quando vamos ficar todos a olhar para o lado e a deixar passar?

Manolo Heredia disse...

ó fora-de-lei, já pensaste quão semelhante é fornicar "homem contra mulher sem intensão de procriar" e "homem contra homem sem a possibilidade de procriar". A diferença é muito pequena! é tudo carne contra carne a enganar os gene que condiciona o tropismo para a procriação.
O picanço já é diferente, é uma variante do vício pela adrenalina associado ao prazer de dominar.

Fora-de-Lei disse...

Manolo Heredia 5:33 PM

Bem visto !

andorinha disse...

Em relação ao concurso "Os grandes portugueses" e ao seu vencedor, temos que nos lembrar que isso foi apenas um concurso e nada mais do que isso.
Resultados de concursos são sempre imprevisíveis ou nem tanto...
Não se pode daí extrair qualquer significado em termos histórico/científicos ou sequer políticos.