terça-feira, abril 19, 2005

A busca

"o sabor das mulheres das raparigas
inacessíveis sempre como um absoluto
sempre impossível tido no entanto por possível"


Ruy Belo.

110 comentários:

concha disse...

Sempre impossível.

Tão só, um pai disse...

Mulheres de Sonho e Figuras públicas de Ficção. Formas estéticas e personagens que nos movem em multidão. Tarde ou cedo, todos temos esta paixão. Como é bom, companhias destas, para os actos de solidão.

TsuP

yulunga disse...

Olha que frase lixada para comentar. Gentleman`s first.

elisa disse...

Que bom de ler, este gostinho de mistério...E logo pensei neste livro que estou a ler pela primeira vez: O Amante, de Marguerite Duras.
Beijinhos e boa semana:)!

Calvin disse...

Don't mind if I do, Yulunga. :o)
O poema é brilhante. De uma assentada está lá tudo: Como são os homens, como são as mulheres e por que eles as admiram. :o)

yulunga disse...

Calvin , esperamos para ler?

Calvin disse...

Não faças cerimónia, Yulunga. :o)

lobices disse...

...é tido pelo homem por possível a impossibilidade em absoluto de se sentir o "sabor" da mulher na rapariga inacessível...
...
...terá sido isto que Ruy Belo quis dizer?
...como saber?
...porém
...tal sentir tido por possível não deixa de fazer parte do sonho; logo, em absoluto, tal é possível
...o desejo (ou é no desejo que...) pressupõe o existir desse sentimento; ele, o desejo, torna-se utópico mas nunca como absoluto porque a possibilidade é sempre uma parte do sonho...
...o "sabor" da mulher numa rapariga não será muito diferente do seu oposto, ou seja, o "sabor" da rapariga numa mulher...
...

noiseformind disse...

"Envelheci eu sei e só ganhei o que perdi. Sou de uma adulta idade
E entretanto tudo a noite rodeou e o jogo acabou e pelo céu do tempo houve um homem que passou ou uma certa malha arremessada por acaso à vida e viva na precária trajectória antes de caída"

Ruy Belo, no mesmo poema, 4 linhas mais abaixo ; )))

Pelo céu do tempo essas mulheres vão sendo substituidas por outras mulheres, na memória do enlace ninguém toca mas a docura corre o risco de ficar refém do terror da solidão quando o caminho está cheio de minas de prazeres temporáriamente satisfatórios, e nada parece clamar ao equilíbrio das formas. A sub-reptícia (eu sei que está escrito de forma diferente ao dicionário) intenção lá a pulsar, os meandros da pedófilia tb são assim, feitos de mulheres em quem não se toca mas que se magnetizam nas nossas ganas.

E o velho jogo claro. A mulher certa da dificuldade em sair do seu pedestal, a dificuldade em entrosarem-se homens e mulheres sem dúbia intenção, dúbios apreços "gosto muito do teu intelecto" e depois no meio da tribo "as mamas dela são o máximo", a duplicidade que começa logo aos 6 anos, em que o o menino rodeado de meninas é "maricas" aos olhos dos outros meninos, o jogo do pedestal jogado desde aí, passando pelo pedestal do "tu cozinhas, eu como", as mulheres como entidade de Rubicão, as mulheres como sendo de Vénus, e os homens claro, sendo assim têm de ser de MArte, a mentira repetida há 6000 anos, a astrologia como simplificação da atração ou como desculpa para maus amores, estes difíceis amores...

O manual de intenções começa logo pela nossa mãe, tão próxima e inatingível, e há homens que nunca deixam de procurar a mãe como sinónimo de amor, e no sexo passam ao lado dos motivos reais do tal pânico do telemóvel quieto, e nem uma sms a confirmar a possibilidade remota de um carinho breve

Peter

(pq há fins de semana que ás vezes acabam à terça de manhã:))))))) )

PortoCroft disse...

O Prof. quer ver isto pegar fogo...E é só terca-feira. ;)

E quando elas dizem-se inacessíveis... São-no, não é? ;)

Eu, por outros motivos, teria salientado estes versos do mesmo poema. Directos a boca do estômago:

tudo se passa aqui ali há trinta e cinco anos
como se aqui ninguém houvesse envelhecido
nem sofrido ou morrido ou suportado
toda a imensa fome requerida para produzir um rico

PortoCroft disse...

Ooops!...Antes que o Prontuário me chame a atenção, corrijo. Leia-se:

"Directos à boca do estômago".

noiseformind disse...

Resumindo e concluindo: a necesidade da busca faz-se muitas vezes da cobardia face À mudança.


É o velho jogo, que se joga mais e mais com a idade (menos a Odete, a Odete está fora disto pessoal, ela é uma verdadeira excepção neste campo, como em todos os outros quando se fala de quinquagenários:)))) )

Não tenho intenções de mudar nada na minha vida... PORTANTO
Fico à espera de encontrar alguém que encaixe perfeitamente em mim... PORTANTO
Assim já não preciso de mudar nada... PORTANTO
Fico mais romântico... PORTANTO
Fico mais desiludido pq a alma gémea não aparece... PORTANTO
Acabo por aceitar outra pessoa muito diferente de mim... PORTANTO
Não é amor... PORTANTO
Se aparecer então aproveita-se...

Não são as mulheres que são inacessíveis Éme, são sim os meandros da nossa vontade que nos são insondáveis, e o conforto dos nossos pequenos palácios de certezas e de rotinas;))))))))))))))

yulunga disse...

NOISE??? Tu és um pedaço de mau caminho, meu amigo. E porque os olhos também comem, os ouvidos vão deixando de funcionar, mas hoje até disseste umas coisas acertadas.
"Envelheci eu sei...". Nada disso, estás é a crescer. Continua a comer flocos para te manteres assim... Bom! Bom fim de semana antecipado

noiseformind disse...

Yulunga
"Nada disso, estás é a crescer."

Já cá faltava uma cota a dizer que a "idade é um posto". Não não Yulungazinha, eu não envelheço, nem pensar, eu "não vou por aí", nada de sabedorias feitas do "quando chegares a esta idade vais saber como é". Deixo isso para os que se borrifam com esse perfume, limito-me a viver (e morrer) pela espada de argumentos, por construções de pensamento. Mas por uma questão de respeito quando me aparecem pessoas acima dos 45 no consultório explico-lhes expressamente que a terapia breve não joga muito bem com essas idades. Alguns enfunam o peito e dizem "mas eu ainda sou um jovem". E depois interrompem à quarta ou quinta sessão, afinal quem é o miúdo para dizer de que é que se vai falar nesta ou naquela sessão. E sempre o remoque "andei 4 anos no psicólogo e nunca me pressionaram", pois é... se calhar é por isso que ainda precisa de andar num;))))))))))

Portanto, nada de "envelheceres" comigo tá bem? Não me quero juntar à brigada do reumático que a tudo diz "quando tiveres cá a tocar na nossa banda" (atenção, excepção feita mais uma vez, claro, à Odete, ela é uma modernaça não sujeita a estes ditames)

; )))))))))))

Kiss


Peter

yulunga disse...

Noise, Noise... Continuo em contemplação... "e há homens que nunca deixam de procurar a mãe como sinónimo de amor". E porque a Electra também é filha de Deus, eu diria: Com um pai assim punha a minha mãe a dormir na rua.

PortoCroft disse...

noiseformind,

Vestir a camisola do Chelsea é a nova tendência da moda para os adeptos do éfe cê pê, nao é? ;)

yulunga disse...

Cota? De malha? Por mim pode ser sem roupa ;-)

cris disse...

Inacessível, para alguns membros da espécie (abaixo as generalizações!), não é o nosso sabor, mas sim o nosso saber.
:))

noiseformind disse...

Oh pá, Portocroft, foi uma aposta, mas como já está ganha tratei de arranjar foto melhorzinha :))))))))))

Yulunga, tava-me a referir a cotas mesmo aquelas pessoas que sempre que falam com alguém mais novo se sentem na necessidade plesbicitária de colocarem a idade como factor de crescimento, como se a nossa querida Beatriz Costa não tivesse posto há tanto tempo o dedo na ferida: os homens nascem todos iguais, diminuem depois com o tempo.

E eu sei, como isto está povoado de geras, o terreno minado é ainda maior:)))))))))))

yulunga disse...

Noisebomc`momilho. O que é ser cota, o que é ser da brigada do reumático? O teu discurso é taõ cheio de rótulos a propósito de que? Pelas ideias que defendes é uma contradição essa dos rótulos.
Já rocaste algumas bandas e irás roçar mais umas quantas. Comparações desse tipo não tenho por hábito fazer. A minha experiência de vida é minha e não pode comparavel muito menos exemplo

yulunga disse...

Isto cheio de geras é que dá pica. Pôe mas é o raio da foto e tira a t-shirt que o calor vai começar a apertar. Até mais logo. Chefe à vista :(((((

noiseformind disse...

Só são rótulos para quem se sente rotulado:))))))))))
Quem não se sente rotulado diz: "esse pessoal, coitados e tal, conheço alguns..."
Quem se sente rotulado tem logo de dizer: "não, desta água não beberei", para exorcizar o demónio.

Eu não me coloquei como excepção à minha idade, apenas referi o meu trabalho profissional mas tu fizeste-o, daí o exorcismo que tu fizeste comigo. Se contribui para ficares mais feliz com a tua idade, "no problemo", costas largas my dear:)))))))))

lobices disse...

...Noise!...Pedro:
...não há idades, há crescer na mudança... se não mudas o mundo tens de te mudar a ti mesmo, maesmo que não queiras...
...não é algo em que temos a possibilidade de opção: a opção, a escolha é mesmo TER de mudar e, aos poucos (pensando que não) vamos mudando...
...também pensei dessa forma
...também vivi dessa forma
...nunca pensei em mudar
...
...como mudei, man... como mudei!
...em fins de Novembro último postei um texto sobre o termo cota
...aqui vai ele, com um abraço:
...
"...só muito tempo mais tarde do seu uso, eu vim a conhecer o termo "cota" como se referindo a "velhote"... um gajo chato não velhinho mas já velhote...
...nunca liguei muito a isso e poucos se me referiram como se eu fosse um "cota"
...(que raio de calão!... cota!!!... bem... os "putos" lá sabem o porquê...)
...mas dizia eu que quando soube que eu era um desses "cotas" coloquei a minha imaginação a funcionar e dei por mim a pensar que eu era uma pessoa importante... eu era um Cota!... um senhor Cota!... mas que pinta!...
...de cota a cotação é um passo... e dei por mim a pensar qual seria a cotação de um cota... ou, como se mede a cotação de alguém... se é que existe cotação para um cota... bem, mas não interessa... o que interessa é que comecei a adorar ser cota e cada vez mais me sinto um cota melhor (e, às vezes, mais puto que os putos de agora)... e dou por mim a pensar que ser cota é até uma grande coisa... só o prazer de já ter vivido mais tempo que os putos, só o facto de saber que os putos poderão a não chegar a serem cotas, ou seja, daqui a uns tempos talvez já nem se use esse termo e em vez de cotas (com cotação) poderão eventualmente virem a ser chamados de, sei lá, por exemplo... abadias!... que giro... é pá não fica mal... os putos de agora, quando forem velhadas passam a ser chamados de "abadias"... eheheheh... tá criado o termo... quem quizer utilizar não paga direitos de autor... eu cedo os direitos...
...mas, dizia eu, onde é que eu ía? Bem, isto é mesmo de um cota!... E, na verdade, um cota é um chato... mas consegui o que pretendia... fazer-vos ler este texto sem qualquer tipo de interesse! É esta a cotação de um cota:- Fazer de uma coisa sem interesse uma coisa interessante!...
...e agora, já agora, podem-me chamar... abadia!...lol...

PortoCroft disse...

Noise,

Não é por nada mas... palpita-me que ainda vais passar o fim-de-semana a Cascais, em busca da Exorcista da Linha. ;))))

OlhoVivo disse...

Água mole em pedra dura tanto bate até que fura.Um bom playboy ou um homem maduro sabe disso :P************************

Rosa disse...

"Para obter conhecimentos, acrescenta coisas todos os dias. Para obter sabedoria, remove coisas todos os dias".

Desiluda-se quem diz que o que conta é a experiência de vida e não a idade. Quer se queira quer não, só o tempo nos permite perceber que é no tirar que está o ganho. Por isso é que somos tal e qual o vinho do Porto. Certo, Portocroft? ;)

PortoCroft disse...

;))))

Certissímo, Rosa. ;)

yulunga disse...

Noise só exorcizamos os Demónios que nos perseguem. E neste momento o único que tenho no corpo... que porra de foto foste tu colocar!
Sabes porque falei de rótulos?
Porque para ti umas são cotas, outras são too much pink.
Depois leio:
"Não tenho intenções de mudar nada na minha vida... PORTANTO
Fico à espera de encontrar alguém que encaixe perfeitamente em mim... PORTANTO
Assim já não preciso de mudar nada... PORTANTO
Fico mais romântico... PORTANTO
Fico mais desiludido pq a alma gémea não aparece... PORTANTO
Acabo por aceitar outra pessoa muito diferente de mim... PORTANTO
Não é amor... PORTANTO
Se aparecer então aproveita-se..."
Desculpa, mas não acredito.

yulunga disse...

"Desiluda-se quem diz que o que conta é a experiência de vida e não a idade." Rosa, não sei se concorde. Não sou velha, não sou miuda (falo de idade e não de comportamento), tenho a experiência que tenho e no entanto continuo a cometer os mesmos "erros". Não que não saiba aprender, mas porque é assim que sou. é dessa forma que quero viver a vida; sem me adulterar.

Rosa disse...

Ah, Yulunga, se continua a cometê-los é porque, para si, não são erros. E isso é a única coisa que conta: o que é verdade para nós.

lobices disse...

...Rose: (you are right)
...em Dezembro vou fazer 60
...o meu filho mais velho vai fazer em Maio 35
...já vivi bastante (apesar de ainda querer viver muito mais) e sempre que passa um novo dia, entendo que acabo de "encher" o meu saco da sabedoria... "saco" esse que não sabia existir nos meus 2o`s e 30`s anos... nessa altura nada tinha valor para mim a não ser aquilo que eu "era" naquele momento... a idade dos velhotes ainda estava longe de ser atingida... mas que mania os meus velhotes tinham de saberem tudo?!
...até que
...de repente
...olhei para mim e disse: "Pôrra, man...já tens 50"
...foi a partir daí que comecei a aprender a saber viver
...foi a partir daí que comecei a entender o que é viver
...foi a partir daí que comecei a entender o que é a vida e como é que ela deve ser vivida
...estar aqui, neste momento, aqui e agora, olhando para mim, a caminho dos 60 e pensar: "éh pá, como foi que tão rapidamente aqui chegaste, sem dar por isso; como o tempo passou tão depressa; o que foi que fizeste nesse tempo todo que nem deste conta que ele passava por ti?..."
...considero-me ser "dono" dum "saber", duma "sabedoria" que não aceito que os "novos" a tenham
...considero-me ser "dono" de algo que os novos irão ter quando "lá" chegarem... (eu pensei da mesma forma que eles agora ainda pensam)
...o conhecimento não é saber
...a sabedoria é a acumulação de saberes e de sabores
...a sabedoria é o tempo acumulado no nosso corpo e na nossa alma
...a sabedoria nada mais é do que o hoje que já não é ontem e que não sabemos se será amanhã
...a sabedoria é o estar aqui e saber olhar para trás com um sorriso e rir um pouco da inocência de tão inocentes que nós éramos...
...e não precisei nunca de ser o que não quis ser; apenas cresci e fui aprendendo e apreendendo
...não me interessou nunca mas mesmo nunca saber qual o caminho; apenas tentei (e ainda tento) tão somente caminhar...
...a todos vós, jovens que vos julgais possuidores de uma verdade: não a nego: sois donos da vossa verdade; não abdiqueis nunca dela; mas, por favor, dai-lhe o espaço necessário à introdução de novos saberes; eles irão cimentar a vossa "final" sabedoria...
...abraço

Carlos disse...

O impossível é apenas uma possibilidade à espera de acontecer.
:)

yulunga disse...

Rosa, claro que alguns são erros ou passam a ser.
É como aquela frase que tanto se ouve:
"Acabou. Foram 10, 20, 30 anos de casamento e acabou. Os anos que perdi. Se eu soubesse..."
E pergunto eu, enquanto foi bom, enquanto durou. Só passa a erro quando acabou.
E quando digo que repito os mesmos é porque não construo nada em cima de escombros anteriores.
Tudo é novo, tudo é para ser construido de inicio

PortoCroft disse...

Yulunga,

Concordo contigo. É precisamente por isso que carrego o certificado de origem. ;)))

yulunga disse...

Mas parece-me que estamos a fugir ao tema: Jogos de sedução.
Ou será a nossa escrita também um jogo de sedução?

yulunga disse...

E o Noise? Onde anda? Gosto tanto de o ler, apesar do feitiozinho cascador.

yulunga disse...

Portocroft? Roupa nova! As mulheres tornam-se inacessiveis e vocês trocam de roupa. Merecemos esse esforço sem duvida que merecemos. Com tanta tentativa o impossivel acaba por nunca o ter sido

PortoCroft disse...

Yulunga,

Já dizia o meu tio Sand que: 'Debaixo da capa está o segredo'.

Aguardam-se as curiosas. ;)))

yulunga disse...

Portocroft, LOL. Sabes o que me faz lembrar esse comentário? Aqueles padres em barro que puxamos o cordelinho, estás a ver?

PortoCroft disse...

yulunga,

Sei exactamente do que falas. Aliás, não sei se sabes mas, por ser um dos nossos mais tipícos produtos, enviámos agora um para Conclave. Pode ser que se safe. ;))))

Anónimo disse...

Eu não acredito que o noiseformind seja tão novo como diz :)

silenceformind

yulunga disse...

Anónimo, só porque escreve bem? Provavelmente lê muito e tem o dom da palavra. Realmente o Noise não estava de folga quando Deus fez a distribuição dos dons. Ah meu rico menino!!!

yulunga disse...

Dr. Murcon ponha os olhos nisto e veja como a inacessibilidade (masculina ou feminina, consciente ou inconsciente) pode tomar tantas formas.

Rosa disse...

Yulunga,
a cada momento, cada um de nós está a fazer o melhor que sabe. Nem mais, nem menos. O "erro", a existir, está em renegar o que escolhemos antes. Aquilo já não faz sentido para nós? Mudemos, então. Mas não o rejeitemos, não lhe chamemos erro, limitemo-nos a seguir outro caminho. A escolha é nossa. E é sempre melhor arrependermo-nos só do que não fizemos... ;)

Rosa disse...

Caro Lobices,

eu estou longe de atingir a sua sabedoria, mas já aprendi, pelo menos, o caminho. Lindas palavras, as suas. Subscrevo-o :)

noiseformind disse...

silenceformind... ai ai ai... isso é meio plágio mas pronto, só posso processar por plágios integrais.

Pá, segundo o meu BI tenho 27 anos e uns dias. Se formos pelas amigas a mais nova tem 13, a mais velha 28.

Amigos homens têm todos acima dos 50, são todos adulteros e todos ligados à Jultiça, o que dá jeito quando se tem amigas de 13 loooooool loooooooool loooooooool loooooool

Ai Yulunga, continuas-me a picar e eu daqui a nada começo a suspeitar que tens uns "Laços" por mim...

Devolve-me os laços, meu amor...
Devolve-me os laços, meu amor...

; )))

Portocroft, agora já tou a ver, quando vieres cá vou-te cravar uma estadia no Douro vinhateiro ; ))))

Sábado aí estarei Bro

Starsailor disse...

Meu caro "lobices"!...

"...foi a partir daí que comecei a entender o que é a vida e como é que ela deve ser vivida"

À força de olhar, sem entender, os exemplos com que me vou cruzando no dobrar contínuo das esquinas, convencera-me de que - a dificuldade - é exactamente entender o que é a vida.

Já nem tento perceber como é que ela deve ser vivida!...

Afinal, talvez valha a pena não mandar a esperança às urtigas. De repente, numa daquelas esquinas, até sou capaz de encontrar a peça que falta neste "puzzle" que se transformou em equação.

Creia que gostei de o ler.

yulunga disse...

Noise gosto de te ler.

noiseformind disse...

Lobices said

"não há idades, há crescer na mudança"

Lobices, nem o Camões o diria melhor, mas ninguém o ouviu, ele tinha um olho mas nós sempre fomos surdos por esta banda. Dizemos que temos muito a aprender com os novos mas quando os novos seguem trajectórias orientadas para felicidade mas diversas das nossas todos nós trememos nos nossos alicerces. Sim, nós, pq eu comparado com algumas amigas minhas já sou Gera looooooooooool looooooooooooool looooooooooooool

noiseformind disse...

Mas ninguém quer de falar de mulheres inacessíveis?

Dou um exemplo: a Nicole Kidman. Sempre que se coloca a hipótese de um encontro entre nós ela desculpa-se com a promoção ou a filmagem de um filme. Depois eu amuo, deixamo-nos de falar, depois lá me manda uma T-shirt ou um boné e eu lá volto a adicioná-la ao messenger e andámos assim há uns anos. Querem mulher mais inacessível que esta???

Nunca mais lhe levanto a capa Portocroft :)))))

noiseformind disse...

Rosa said

"E é sempre melhor arrependermo-nos só do que não fizemos... ;) "

Rosa, em nome de todos os psis deste mundo, subscrevo totalmente o que disse. Sem esse pensamento os consultórios ficavam vazios e desaparecíamos da face da terra. Obrigado por "contribuir para o nosso peditório"

; )))))))))))))

noiseformind disse...

Portocroft... e tás a ver ali o Lobices, ele uiva e já meteu a Rosa a subscrevê-lo. Um mestre da sedução, este tipo. Subliminar ao ponto da se misturar com o ecran do computador, mas o target não lhe resiste.

Se existem mulheres inacessíveis, o Lobices é o canivete suiço que as conseguirá tornar acessíveis; )))))

Bastet disse...

Ou o fruto proibido é o mais apetecido e a inacessibilidade é a melhor "paprika" do enamoramento!

Rosa disse...

noiseformind,

Acha mesmo? E eu que sempre pensei que os consultórios dos psis estavam cheios de pessoas que não sabiam o que fazer com o que fizeram... Silly me...

noiseformind disse...

Nada disso Rosa amiga, nada disso. Juro-lhe pelo seu sorriso Colgate (e Pepsodent, e a minha escolha pessoal, Paradontax Fluor) que quem vem vem pq alcançou uma divergência significativa entre aquilo que viveu e aquilo que sentia que devia ter vivido e o que o traz à cadeirinha é mesmo o célbra "Regresso ao Futuro", a revolta que esperam e nunca aconteceu. Claro que estámos aqui a falar de maiorias e não totalidades. Já disse aqui que há certos casais que são os pais do noivo ou da noiva que marcam a sessão, o que não tem nada a ver com trajectos loooooooooooool looooooooool looooooool looooooool

E nos adolescentes, de que é que se vão arrepender? São adolescentes!!! Sentem culpa, disso não haja dúvida, mas não é uma culpa (aviso: PALAVRÃO A SEGUIR) transacional-situacionalista

Mas há sempre as depressões, em que o passado assumiu dimensões de tal ordem sobre a vontade de viver o presente da pessoa que sim, pode-se dizer que as pessoas acabam por nos cair em cima (salve seja) por uma dificuldade em conceber a própria trajectória e assumir o conflito. Mas esta é uma franja e mesmo nestes casos o problema central está noutro lado, além da auto-análise que pode estar mais ou menos correcta; ))))))

Rosa disse...

noiseformind,

Grande palavrão, de facto! :) E grande discurso!
E olhe, à falta de melhor análise, para a qul não me sinto minimamente qualificada, aposto que você sabe melhor que eu do que está a falar!
Mas, ainda assim, e por mim falo, os meus poucos arrependimentos são por uma ou outra coisa que deixei de fazer.

PS: É Elmex. A minha escolha pessoal ;)

PortoCroft disse...

noiseformind,

Pois é... O Lobices, vai fazer 60 mas, é só no B.I, porque de resto... Ó p'ra ele. ;)

Eu até era capaz de o propor para Presidente da Direcção da Academia do Núcleo Duro (AND) mas, assim...com esta pedalada toda, nem pensar. Melhor ir para Presidente da Assembleia Geral. Para nós deixa de ser uma ameaça e, sempre poderá dar um ar da sua graça, ano a ano. ;)))

lobices disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
lobices disse...

...palavras do Peter às 3.07 PM:

Portocroft... e tás a ver ali o Lobices, ele uiva e já meteu a Rosa a subscrevê-lo. Um mestre da sedução, este tipo. Subliminar ao ponto da se misturar com o ecran do computador, mas o target não lhe resiste.

Se existem mulheres inacessíveis, o Lobices é o canivete suiço que as conseguirá tornar acessíveis
...
...
...palavras lisongeiras, ó Pedro!
..."mestre da sedução" e, em especial (delirei!...lol...):
"o Lobices é o canivete suiço..."
...tal qual um MacGriver!...LOL
...no man, no
...e, daí, talvez... mas quem sou eu para me "apreciar" ou "julgar" em causa própria?
...
...porém, acrescentaria:
...não existem mulheres inacessíveis...
...os homens é que não têm escadas para lhes chegar ou, no mínimo, não as sabem usar
...mas, estai certos, não vos vou dizer como usardes essas escadas; não vos vou dizer como fiz, como faço, como farei
...deixo isso à vossa aprendizagem
...deixo isso à vossa imaginação
...deixo isso à vossa sabedoria
...deixo isso à flor da vossa pele
...
...o erro está em que o homem se digna em não "pensar"; actua de imediato em face das feromonas; é preciso assimilá-las primeiro, estudá-las e só depois agir
...mas, quem sou eu para vos "ensinar"? LOL
...aprendam :):):):)
...
...(em estilo de graça, claro!...)
...
abraço

noiseformind disse...

Lobices, juro que em termos de escadar (a palavra não existe, pretende traduzir "subir uma escada) não há aluno mais aplicado que eu. Mas o problema base desta coisa das impossibilidades é que enquanto que o nosso tempo para escadar até uma mulher é limitado o nro de mulheres, sendo também finito, é muito maior.

Oh pá, mas agora lembrei-me, estámos todos errados pá, então se nós fossemos uns meninos e meninas espertos procuravamos a alm gémea, que está logo ali no piso térreo, ou pelo menos ao mesmo nível, dado que tem construção semelhante À nossa. Pois, cá está, afinal o Éme ajuntou-se ali com as senhoras do "amor" e veio por linhas travessas educar aqui o maralhal do sexo puro e duro... pois... este romântico incurável; ))))))

andorinha disse...

Belíssimo poema! Concordo com a Bastet - fruto proibido é o mais apetecido e a inacessibilidade "aguça" o apetite.

Noiseformind,
Aqui chegada só a esta hora porque trabalho:))))) verifico que já fizeste imensas referências à Odete.
Lá terei que tecer algumas considerações a propósito:((

"...é o velho jogo, que se joga mais e mais com a idade(menos a Odete, a Odete está fora disto, pessoal, ela é uma verdadeira excepção neste campo, como em todos os outros..."

Mais abaixo - "...excepção feita mais uma vez claro, à Odete, ela é uma modernaça não sujeita a estes ditames."

Pois é, Noise, porquê essa fixação em mim? Devias tentar analisar isso ou se não conseguires sozinho, consultar um colega e expor-lhe a situação para ele a analisar, uma vez que está a ser recorrente.
Ou então terei que dizer o que dizes à Yulunga: continuas a picar-me e eu daqui a nada começo a suspeitar que tens uns "laços" por mim..."
Não sendo eu psi começo a pensar seriamente que a explicação estará aqui.

Só mais uma coisa: só é cota (whatever that means...) quem se sente como tal.
Meus senhores,vamos voltar à divisão do maralhal por idades?!
Pensei que esse assunto já estava esclarecido

andorinha disse...

Lobices,

Belíssimo o comentário das 4.25.
Subscrevo tudo, principalmente a frase - "Não existem mulheres inacessíveis, os homens é que não têm scada para lhes chegar." SUBLIME!

Nós bem tentamos que o Noise aprenda alguma coisa, mas ele é um caso complicado:)))))))))

Anónimo disse...

Noise,
O curso de medicina é 6 anos, estágio: 1,5 anos
Especialidade no mínimo 4 anos
Tudo somado dá 11,5 anos. A iniciar a faculdade com 18 anos como é q aos 27 já é psiquiatra? (ou será que afinal é psicólogo?)

noiseformind disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
noiseformind disse...

Lamento mas não vou puxar dos galões, se era essa a sua ideia. Aqui somos todos camaradas de tertúlia, a opinião de ninguém não é maior que a de ninguém apenas pela prevalência de uma especialização na área psi.

Mas obrigado pelo "fetiche" em relação a mim: )))))))

lobices disse...

...to the Anonymous at 5.23 PM:
...que interesse tem saber se o Pedro (Noise) é psi ou não?...
...não poderei eu ser também, sei lá, um doutorado em Físico-Quimica?
...aqui somos apenas "bloguistas", participantes duma tertúlia de palavras... daí o sermos todos iguais... daí o meu tratamento por tu com toda a gente; facto de que não abdico...
... o que quer que o Noise seja, é lá com ele; para nós é o Noise (Pedro) ou (Peter), aquele que já se distinguiu pelos seus imensos LOLssssss
...abraço :)

noiseformind disse...

Lobices, cá para mim tu soubeste foi da minha aposta de 10.000 libras no Ratzinger no Paddys Online Betting e agora queres-te fazer ao bolo : ))))))))))

Mas foi exactamente isso que eu quis dizer e que tu tão bem secundaste, obrigado pela solidariedade, mas algo me diz que isto é só para entrares ainda mais profundamente no eleitorado feminino Murconiano:))))))))

Peter

noiseformind disse...

Andorinha... tu bem me tentas ensinar mas eu sou assim... murcon looooool looooool looooooooooool loooooooool loooooooool loooooooool

Convém não invocar o Freudiano nome Dele em vão, senão ainda somos punidos ; )

Elisa disse...

Caríssimos e caríssimas
Pode não ter muito a ver, mas creio que terá... algum de vós me poderá responder porque raio todos os homens acham que têm direito a uma barbie? As mulheres também, mas julgo que só em crianças, sendo a barbie de plástico. De preferência muitas, de plástico, com muitas roupinhas e acessórios, como uma espécie de ensaio da sua condição feminina. Mas os homens não brincando (geralmente) com barbies de plástico, em crianças, quando chegam a jovens e adultos e idosos... querem mesmo uma de carne e osso, de preferência até várias, com muitas roupinhas e acessórios a condizer. Já pensaram no que seria se as mulheres todas se achassem no pleno direito a um Ken? (Ou um George Clooney ou um Brad Pitt ou...). Claro que o Ruy Belo não se referia apenas à estética (e seguramente não às barbies), mas muitos dos comentadores aproveitaram e voilá... referiram-se imediatamente às formas das moçoilas. Não é de estranhar! Nem sequer sei se será de lamentar. Eu, que estou longe de ser uma barbie, quero o meu Ken bem passado sff.

Elisa disse...

Elisa (homónima)
O Amante é um belo livro, mas creio que mais sobre a impossibilidade que sobre a inacessibilidade... e daí...talvez vá dar ao mesmo. Se nunca leu, permita-me aconselhar-lhe aquele que acho ser o mais belo romance da Marguerite Duras (sendo certo que ela escreveu sempre o mesmo livro, de diversas maneiras... mas foi sempre o mesmo) - Uma Barragem contra o Pacífico. Sobre as muitas impossibilidades de se ser.

Katz disse...

Ai, ai, ai Mr. Noiseformind aqui a ser o centro da conversa, quer-me parecer que hoje o "inacessível" foi o Mr. e ainda por cima esse mistério todo... Deixem-nos passar despercebidos por favor, sim? Deixem-nos ser inacessíveis a essas coisas do quem faz o quê, esse assunto aqui é Top-Secret e só se fará alusão a ele/s quem assim tiver vontade, OK? Não tarda andamos todos a mostrar os certificados de habilitações!

Quanto à inacessibilidade das mulheres... Tudo passa, o tempo tudo leva e tudo transforma, até a inacessibilidade...

Um abraço, que se faz tarde e o meu dia de trabalho (finalmente) chega ao fim!

yulunga disse...

Lobices, eu fico-me pelo curso de limpeza. Vir de manhã cedo, limpar o pó às jarras, deixá-las à beirinha da mesa. No final do dia faço mais umas horas e varro os cacos

lobices disse...

...ohohohohohoh
...noise...não foste só tu que apostaste no Ratzinger... só que eu apostei apenas dentro de mim mesmo; depois de um papado à João Paulo, era impossível suceder-lhe alguém igual; tinha de ser um ainda mais conservador... a ver vamos...
...já agora: a CNN diz que é o Benedictus 16; a RTP diz que é o Bento 16... em que ficamos?
LOL

lobices disse...

...to Yulunga:
...se precisares de ajuda... é só dizeres... :):):) ***

yulunga disse...

Lobices eu estou furiosa com o Ratzinger. Ou Policarpo ou Ivan Dias. Foi um desabafo, pois este blog é tudo menos santo. Papas aqui só de sarrabulho com o maralhal todo à sarrafada

noiseformind disse...

Oh Loby, eu não percebo muito de latim, mas parece-me que é o mesmo nome, dito em latim e em Tuguês.

Aliás, S.Bento em Italiano é S.Benedictus, em latim não andará longe. O João Paulinho tb era Joannes Paulus, ou para os amigos, como todos sabem, Jota da Polonia.

Mas isto requer aprofundar a investigação.

Oh Katz, nem fui eu que peguei nisso, foi sim um anónimo ou uma "anoia" ; )

Elisa, tens razão, esta intolerância masculina com corpos menos-do-que-ideais é intolerável. Mas não me digas que não é recíproca. Quantas amigas de amigas minhas ao conhecerem-me disseram não-tanto-como-isso entredentes: este tipo é gordo. E nem os tais galões me valeram para procurar opinião mais favorável;))))

lobices disse...

...papas de sarrabulho?
...carago!...Onde?
...Bamos a élas, carago...

Anónimo disse...

Caro professor
Estava eu a ler o seu post e de súbito meus olhos elevaram-se para para a description dos seus settings e fiquei a pensar que quem anda aqui a ruminar somos nós e que o professor apenas deita umas achas para a fogueira. Ora, acho que o professor devia juntar-se mais a nós. Ruminar connosco, pois então! Sei que pode alegar que tem pouco tempo, que não pode expôr-se demasiado, que dar a cara já é mais que muito, e tantas outras coisas que me passam pela cabeça...mas pense nisso :)
Quanto ao post em apreço sou de opinião que o sabor das mulheres inacessíveis é tanto maior quanto a imaginação daquele que o quer provar.

Maite

P.S. estão a ver??? Agora só venho uma vez para comentar e duas ou três para ler. Já é um bom começo para alguém que achava que já estava viciada nisto (dos blogs, quero dizer)

PortoCroft disse...

O que se passa aqui? hã? Sim...Ah!...Pois claro. Temos Papa. Alemão, de insuspeito passado nazista e cujo nome começa por Rat. Nada mais apropriado. Caíu no sítio certo. As Ratazanas andam à solta. Que alegria deve ter sido para Mr. Bush. 'They're two of a kind'.

yulunga disse...

Lobices...after you. Eu puxo a cadeira :-) Até amanhã pessoal bacano

yulunga disse...

A propósito entrei hoje e sai deste blog a dar a prioridade aos homens. Depois digam que as mulheres não são acessiveis

noiseformind disse...

Oh Portocroft, não será uma boa altura para ler A ratazana de novo? ; )))))))

lobices disse...

...Júlio:
...venha outro post
...senão a conversa vai parar ao papado........ chiça
LOL

PortoCroft disse...

Noise,

Qualquer dia destes há-de aparecer um anúncio no 'L'Osservatore Romano' assim:

PRECISA-SE de rata de sacristia para serviços domésticos. Contactar Ratzinger no telef. tarantantan tantan (ext. tanam nam). ;))))

PortoCroft disse...

Noise,

Mas, ainda nem te pronunciaste sobre a nomeação do Lobices para Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Academia do Núcleo Duro. Isso é imperdoável. ;))

Anónimo disse...

O lobices vai ser nomeado para PMAGAND, é?
Eu voto a favor, ou as mulheres não podem votar? ;)
portocroft, boa tarde; lobices olá;
sr noiseformind pensei que nos tinha abandonado!!!! Ainda bem que regressou para poder implicar consigo :))

Maite

PortoCroft disse...

Maite,

Lamento mas, neste conclave 'minina num entra'. ;)))

Ana disse...

muito belo, o ruy. Na impossiblidade de o contactar de outra forma, aproveito o espaço para agradecer (e aos outros intervenientes) o óptimo programa da rtp-a2. ainda no sábado passado andava eu a remoer coisas do sexo, do corpo e da intimidade e deparo-me com uma convidada interessantíssima, uma discussão orientada e esclarecedora. tenho 26 anos e fui educada de forma silenciosa quanto a tudo o que diga respeito à intimidade ao sexo e ao amor. muitos anos e muitos desgostos depois, muita busca por respostas e caminhos, ainda luto pela minha libertação, não só sexual, mas a outros os níveis. libertação, sobretudo, de mim própria e de todas as formatações/repressões educacionais que entravam caminho. o programa é um grito no silêncio para muitas pessoas, que, especulo, ainda vivem os seus problemas sem procurar ajuda e que desta forma se sentem "normalizadas".Ouvidas. Provocadas.
um abraço e um obrigada sincero

PortoCroft disse...

Ora cá está, finalmente, um comentário decente. Bravo Ana.

noiseformind disse...

Portocroft, nessa de não me pronunciar estava a fazer-me de inacessível, a treinar para minha próxima reencarnação como mulher

; )))))))))

O Lobices daria um excelente Presidente de Mesa, aliás, até estou aqui a pensar num conjunto de tarefas que lhe podiam ser atribuidas pelo Conselhor. Por exemplo:

Grande Aforrador das Refeições

Este cargo é da máxima importÂncia pois faz a comunicação entre o Conselhor e outras entidades (neste caso, restaurantes e bares). É uma tarefa árdua pois além de ter de pagar todas as contas teria de não beber para nos levar a casa

Augusto Providenciador de Pinga

Quer dizer, ele é douturado em Fisico-Quimica, eu só tenho o PhD em Counselling, que só serve para sacar ao pessoal os euros nas consultas, tu nem tens profissão conhecida portanto sendo que a fermentação do vinho e da aguardante é um processo que entra ali nas competÊncias dos estudos dele essa era uma tarefa de que eu abdicava de bom gosto (se bem que agora que o meu pai montou a vinha lá em Melgaço poderia providenciar a matéria prima)

Aplainador Mor para os Contactos com o Inimigo

Já viste o que era uma mulher, já toda lÂnguida de conversar com ele, ser informada que aquele "lobo em pele de avôzinho de cordeiro" tem dois amigos joviais, cheios (literalmente) de sentido e humor e inteligência? Quer dizer, ela já está hipnotizada, nós só temos de amparar enquanto cai de madura. com ele neste cargo não há mulheres inacessíveis

Lobices, neste momento ainda não temos tesoureiro man, terão de ser cargos não remunerados:))))))))))))


Peter

PortoCroft disse...

;))))) Noise,

Pois é. O Lobices é o homem ideal.

Para Tesoureiro e Presidente do Conselho Fiscal, eu sugiro o Prof., nem mais. Na função de Tesoureiro, colecta e distribui por nós, na de Presidente do Conselho Fiscal, equilibra as coisas para que os desfalques nunca sejam do domínio público. Assim a modos que Tribunal de Contas que se limita a assinar depois dos estragos feitos, estás a ver a coisa?

É claro que no caso do Prof. teríamos que o recompensar com uns verdes e maduros e umas barbies aqui e ali...

Que te parece? ;))))

noiseformind disse...

Ana, atenção!!!!!!!!!!!!!!

O programa do último Sábado não representa em nada o típico Estes Difíceis Amores.

O programa foi completamente alterado por causa da Doutora Ligia tar lá, regra geral o Éme limita-se a comer tremoços e a beber cerveja em copos que fazem publicidade à cervejaria Galiza enquanto a Leonor e a Gabriela lutam num ringue de lama. Mas como ia lá a Senhora Doutora, eles no último Sábado portaram-se bem. Se para a semana se voltarem a portar bem, é por causa de a Senhora Doutora estar lá outra vez:))))))

Depois na semana a seguir voltamos ao sexo "puro e duro"

Anónimo disse...

Já esperava isso portocroft...que se há-de fazer!!! as mulheres ainda são discriminadas.
lol sr noiseformind aí vem o seu humor de macho acessível à equipa dos sub25

Maite

noiseformind disse...

Oh Portocroft, eu não sei pá, o homem agora tem as prestações do carro para pagar, vai ficar sem o programa de rádio em Julho, quer dizer, não sei se será boa altura para o meter em despesas, especialmente pq estava a pensar escolher como lema do Conselho

"Nesta garganta que o meu peito encima, só entra de Barca Velha para cima"

Quanto ao Tribunal de Contas não sei, aos inimigos que o tipo tem mais depressa íamos presos que um tipo que matasse a mulher por asfixia e depois dissesse que ela "andava com a barriga à mostra" ou que "deixava queimar o comer". Não sei não. Olha, o Prof Amaral Dias é que era bom, agora que anda com ideias de produzir vinho era um bom companheiro para esta interprise looooooooool

Mas se o Éme aceitar claro, não se contraria uma pessoa idosa, é falta de respeito:))))))))))))

Essa coisa de "minina não entra" não concordo, quem é que ia cozinhar depois?

PortoCroft disse...

Maite,

Nem pense nisso. Não é discriminação. Veja por exemplo: Se, no conclave da Igreja participassem mulheres e uma delas fosse eleita...Acha que teria alguma graça um velho apastelado de vermelho vir a uma varanda e dizer: Temos Papa? É inconcebível e perigoso... com a fome que anda por aí...'tadinha da senhora. ;))))

lobices disse...

...estou profundamente sensibilizado por tantas nomeações
...é o Lobices pra presidente
...é o Lobices pra (quê mias?)...
...é pá, que não seja por isso
...é só organizar a lista
...óspois...bamos a bótos, carago
...
...quanto às "mininas"... atão, coméqué?... Então ando eu aqui a "gastar" o meu latim para seduzir as mininas (vossas excelâncias é que o disseram...) e óspois elas não podem entrar? óh PortoCroft, tens de rever a tua posição... (seja ela lá qual for) LOL
...
um bom jantarinho
...vou à papa (não, não é ao papa)

andorinha disse...

Portocroft,

Dou-te os parabéns, homem, estás cada vez melhor!:)
O teu comment das 8.19 está o máximo, fez-me rir até às lágrimas.
Adoro o teu sentido de humor, já te disse e parece-me que está cada vez mais refinado.
Será da nossa companhia?:)))

Voto também no Lobices, claro, para Presidente da Mesa; mas só têm direito a voto pessoas com mais de 30 anos.:))))

PortoCroft disse...

Lobices,

No conclave não podem entrar, claro. Mas, podem cozinhar, lavar a loiça, aspirar e limpar o pó, providenciar-te o xanax a tempo e horas, essas pequenas coisas que estão perfeitamente de acordo com a natureza e aptidões da mulher. ;)))

andorinha disse...

Noiseformind,

O teu comment das 8.17 - "Essa coisa de "minina não entra" não concordo, quem é que ia cozinhar depois?"
Esqueceste-te dos smileys e dos Looooooooooooooooools......
Como é? Num psi é um lapso imperdoável, tens que estar mais atento.
Estás a deixar o teu verdadeiro Eu vir ao de cima?

LYS disse...

"(...) Dizia que ao chegar se olhares e me não vires/nada penses ou faças vai-te embora/eu não te faço falta e não tem sentido/esperares por quem talvez tenha morrido/ ou nem sequer talvez tenha existido"
Ruy Belo,«Muriel»

Circe disse...

O sabor dos homens dos rapazes
inacessíveis sempre como um absoluto sempre impossível tido
no entanto
por´POSSÍVEL



(Perdoa-me, Ruy, mas o eco é belo)

Anónimo disse...

A inacessibilidade é a elaboração última do desejo. A (in)certeza da improvável satisfação. Como reforço do tido por mítico e a sublimar a desilusão do presente. A desculpabilizá-lo também. Remetendo para o dia-de-são-nunca a aceitação do «eu». Desconfiando da representação do «eu» nos outros.

Nota - descobri, enfim, o seu recanto. Do meu virei ao seu pelo mais elementar direito ao deleite.

Tati

Lucília disse...

Felizmente é esta impossibilidade q nos ocupa a vida toda!
Boa noite

Cris disse...

Não tenho tempo de ler os v. comentários hoje, mas o poema de Belo é Belíssimo...tocou-me de um modo peculiar...porque se calhar quando estamos apaixonados tudo parece ter sido escrito para nós (que narcisa:-)
boa noite, um abraço e parabéns ao professor pelo bom gosto!
Cris

Anónimo disse...

O sabor....
...sempre impossível tido no entanto por possível...

"En mi lecho mis entrañas gimen por ti,
por eso al contemplarte te critico;
cuando te llamé, escapaste con alborozo,
sin saber lo que hacías.
(...)

poema cortesão cordovês de
Yishaq Ibn Jälfun, sec XIV

É assim, desde o princípio do tempo
Esoen

Cris disse...

Bem...adorei esse poema cortesão cordovês...

"En mi lecho mis entrañas gimen por ti,
por eso al contemplarte te critico;
cuando te llamé, escapaste con alborozo,
sin saber lo que hacías."
(...)

de Yishaq Ibn Jälfun, sec XIV

obrigada
...sou perita em fugir...às vezes dou por mim a pensar " ...e se...?" um dia destes talvez mude...ou não...
Cris

Cris disse...

já agora, aproveito para cumprimentar em especial uma homónima que por aqui anda também:) sim...que cá sou novata nesta universo bloguista. Uma coisa é certa: é de longe superior aos chats do IRC...é bom ver consciências críticas, concórdias, discórdias, boa disposição, tiroteio de argumentos mais ou menos sérios, mas sempre interessantes- com gente que sabe exprimir-se...porreiro! Continuem, que eu gosto de vos ler :-)
Cris ( a II :-)

avenida disse...

Alguém me sabe dizer o nome do poema ou o livro em que este foi publicado?

noiseformind disse...

Oh Avenida, o livro Transporte no Tempo, da Presença, não deve ser muito fácil de encontrar. Mas podes sempre, se tiver bolsos e vontade para conhecer Ruy Belo para isso, comprar a monografia "todos os Poemas", da Assírio e Alvim, que ainda se encontra em muito sítio. E há sempre a possibilidade de fotocopiar ; )))))))

Abraço e boa degustação literária

bota disse...

simplesmente belo