sábado, novembro 19, 2005

Sendo assim, retiro tudo o que escrevi ontem!:).

José António Saraiva acrescenta hoje dados à polémica que nos ocupou ontem. Dados esses tão relevantes, que me vejo obrigado a uma retratação pública:(. Ora vejam:


"Imaginámos duas jovens alunas da província, a sair da idade da inocência, dando expressão a uma afectividade quase pura, serem barbaramente reprimidas por uma estrutura escolar retrógrada, provinciana e fascizante.
Sucede que as alunas não são propriamente adolescentes: uma tem 18 e a outra 17.
Não são as duas de Gaia: uma é brasileira e a outra portuguesa.
Trata-se de duas mulheres, portanto, já com alguma experiência.
E, nessas circunstâncias, é impossível não saberem que há ocasiões e lugares para tudo".

É preciso dizê-lo sem rodeios - isto muda tudo, por crassa ignorância precipitei-me!

1) Elas não são da província - leia-se Gaia -, uma é brasileira e a outra portuguesa.

2)Não estão a sair da idade da inocência - em que há uma afectividade quase pura -, mas têm 18 e 17 anos, pelo que já não são propriamente adolescentes.

3) E não são propriamente adolescentes porque são já duas mulheres, logo, com alguma experiência.

4) O que as obriga a saberem que não era o lugar nem a ocasião para fazerem o que fizeram.

Contra argumentos tão definitivos, só me resta pedir-vos desculpa:(((((.

162 comentários:

haute cuisine disse...

ou uma pescadinha frita de rabo na boca... de escabeche

Manolo Heredia disse...

Professor,
Aceito as suas desculpas, mas não as suas justificações.
Como duas mulheres que são, não havia qualquer problema em mostrarem os seus afectos do "tipo proibido" se estivessem, por exemplo, no Fragile, ou no Concerto da MTV. O problema é que estavam na escola, e nesse local não é conveniente exibir tais atitudes, pelas razões que invoquei ontem. Razões aceites, aparentemente, pelo Prof. Noise, que é tão versado nestas matérias (sem ironia).

Sara Bawrbosa disse...

Moral da história: o cinismo não tem limites.

lekas disse...

Estou perplexa! Só pode estar a brincar, não? E eu a pensar que a inocência não tinha idade...Ou não estava tão restrita a determinadas idades. Fico confusa...
De qualquer maneira, tudo isto serviu e vai continuar a servir para 'discussão' acesa. Prepare-se professor porque o maralhal ainda não deu por ela!
Bom fim de semana

Su disse...

fiquei esclarecida:)))
jocas maradas

Julio Machado Vaz disse...

Manolo,
Agora a sério: estaria de acordo se as regras fossem aplicadas aos "normalíssimos heterossexuais". Não são. E grato pelas suas aspas no tipo proibido:))))).

Já que aqui estou disse...

Este foi o post mais irónico que lhe vi aqui postar ou talvez o único...é que eu tenho a memória muito curta ;)

Manolo Heredia disse...

roxane,
só os burros permanecem inocentes depois de algumas das crueis experiências que este Mundo nos proporciona!
Ou burros ou loucos, como o Mr. Chance!

lekas disse...

E muito a sério: a minha afectividade é quase pura e garanto que a adolescência já era!
Isto dos preconceitos...

lekas disse...

Manolo, só agora li.
Respondo com a sabedoria popular:
"Só não mudam os burros´..." Isso não significa que percam a 'inocência'.
Também não gosto de cenas de exibicionismo declarado, independentemente de serem conscientes ou não. Mas, claro, os comportamentos também têm muito a ver com factores de educação.

fora-de-lei disse...

Não consigo compreender a defesa tão acirrada dos comportamentos homossexuais a que se assiste de há uns anos para cá. Já não se trata de lutar contra a discriminação dos homossexuais (com a qual também eu discordo), trata-se praticamente - embora de forma habilidosamente dissimulada - de nos fazer crer que é tudo "normal", que ser-se homossexual ou heterossexual é tudo igual ao litro...

O que em seguida vou dizer já uma vez aqui o fiz, sem ter qualquer feedback fosse de quem fosse. Se ser-se 'maricas' é assim tão normal, então porque carga d'água os 'maricas', na prossecução dos seus ímpetos sexuais, ficam fisicamente mutilados para toda a vida, com graves problemas de saúde e, muitas vezes, num estado que só pode ser considerado como uma desgraça humana ?

Ainda há relativamente pouco tempo, o Noise "apontou" aqui o relatório de um estudo levado a cabo em Chicago por investigadores norte-americanos. Entre muitas outras coisas, nesse relatório era dito que metade dos homossexuais auscultados tinham tido - em média - mais de 60 parceiros nos últimos tempos. É isto normal ? Eu diria que, pior que isto, só as putas do Cais do Sodré. É este o comportamento certo que merece da parte de tanta gente uma tão enérgica defesa ?

Ou sou eu que já estou empedernido ou então há aqui alguém que se enganou...

Anónimo disse...

Dr. JMV
O senhor não tem de pedir desculpas, afinal tem uma opinião que respeito e cada um tem a sua, respeitamo-nos e isso é são. Não me incomodam nada os homos e não lhes dou a importância que vejo dar e que querem lhes seja dada.
Muitas vezes com esta sede de dar valor a coisas que o não têm, confundem-se comportamentos de pura e inocente amizade entre crianças, que nada tem a ver com homo, mas que convém a alguns tenha.Afinal querem justificação para determinadas atitudes levando-as cronologicamente até ao berço. Nem eles inconscientemente se aceitam ou respeitam, caso contrário não exporiam assim as suas intimidades.
Pergunto-me muitas vezes "Se homossexual (no caso masculino) gosta de homem porque se efeminiza para agradar o parceiro?" (lol não tenho medo da concorrencia, apenas acho piada) Era suposto deixar crescer a barba e mostrar o masculino que há nele; tal como os heteros mostrando o que de melhor têm no seu género(masculino ou feminino). Não há aqui uma contradição?!! Os lábios pintados, as sobrancelhas arranjadas, depilados bla bla bla ... devo ser muito parola, mas isso não entendo e pretendo nem fazer o esforço. Ocasionalmente leio algumas coisas sobice too loud.
But I'm one,
I am one.
And I can see,
That this is me,
And I will be,
You'll all see,
I'm the one.

Lusco_Fusco disse...

Dr. JMV
O senhor não tem de pedir desculpas, afinal tem uma opinião que respeito e cada um tem a sua, respeitamo-nos e isso é são. Não me incomodam nada os homos e não lhes dou a importância que vejo dar e que querem lhes seja dada.
Muitas vezes com esta sede de dar valor a coisas que o não têm, confundem-se comportamentos de pura e inocente amizade entre crianças, que nada tem a ver com homo, mas que convém a alguns tenha.Afinal querem justificação para determinadas atitudes levando-as cronologicamente até ao berço. Nem eles inconscientemente se aceitam ou respeitam, caso contrário não exporiam assim as suas intimidades.
Pergunto-me muitas vezes "Se homossexual (no caso masculino) gosta de homem porque se efeminiza para agradar o parceiro?" (lol não tenho medo da concorrencia, apenas acho piada) Era suposto deixar crescer a barba e mostrar o masculino que há nele; tal como os heteros mostrando o que de melhor têm no seu género(masculino ou feminino). Não há aqui uma contradição?!! Os lábios pintados, as sobrancelhas arranjadas, depilados bla bla bla ... devo ser muito parola, mas isso não entendo e pretendo nem fazer o esforço. Ocasionalmente leio algumas coisas sobre o assunto e sinceramente não os vejo primar pela diferença, só procuram emitar os hetero, em tudo, até no casamento. Será isso falta de imaginação?!
Convivo com alguns que me respeitam e a quem respeito. Sabem sê-lo, são educados e não agridem o ambiente em que se movem.
Como em tudo o respeito por nós e pelos outros é um dado válido. Não será um caminho a seguir?...
Atitudes provocatórias e agressivas até na imagem não denota respeito nem por eles próprios, muito menos pelos outros.
Nisto e em tudo na vida há o saber estar, é esse que têm de polir.

Lusco_Fusco disse...

Esse anonimo é estranho.... Como conseguiu copiar o que escrevi? Até nisso a falta de respeito é notória.
Pode explicar-me como consegue entrar no que escrevo antes mesmo de sair?!...

Lusco_Fusco disse...

Parece que incomodo alguém não era minha intenção.
Sinto muito que assim seja.
Sou apenas eu, não uso palavras de ninguem nem pretendo magoar ninguem.
Tudo de bom para todos.
Mas sinto-me magoada com isto tudo. Conseguiu o seu intento "Sr. anónimo" ou Srª fique bem.
MJ

Anónimo disse...

Gostei da ironia de JMV

Paula disse...

Professor,

Parabéns pela ironia!

Maria disse...

A ironia é uma figura de estilo muito acutilante e inteligente, Logo, não chega a todos...Mas acho estranho que ainda não tenham percebido...

porque ainda aqui estou disse...

Não percebemos o quê, querida?
A ironia implicita no post ou a própria figura de estilo tão bem caracterizada pela menina?

tangas disse...

ó senhor professor júlio, vamos lá a factos:

as pikenas cheias de experiência de que fala o senhor antónio josé saraiva são colegas de escola da minha filha, que por acaso também tem 18 anos - tenho de lhe perguntar onde é que ela julga que vai com essa experiência toda...

por acaso também tenho de perguntar outra coisa: a brasileira dobra a experiência e a falta de ingenuidade por ser de onde é e o senhor antónio josé saraiva ser xenófobo (porque a naturalidade da pikena não vem de outra forma ao caso), ou é ao contrário?

e por acaso eu gostava de ter o senhor antónio josé saraiva no corredor da antónio sérgio (em Gaia, que não é província, muito bem dito, mas antes fosse segundo parece desejar o senhor antónio josé saraiva que é - ou não é - da iluminada capital do império) a falar com as experientes raparigas e a acenar com a cabeça que sim, claro, ao senhor antónio teixeira, que por acaso é machista, quadrado e faccioso, como já tive ocasião de comprovar.

fiquei sem perceber nada; é que os argumentos de quem claramente se afirma anti-gay eu ainda entendo.
agora, argumentos falaciosos e desprovidos de fundamento como o de um advogado como o miguel sousa tavares (atenção que este senhor tem uma carteira profissional) e de um jornalista com óbvias obrigações e deveres para com os leitores (atenção que este senhor também tem carteira profissional e um código deontológico muito preciso neste tipo de situações), esses já tenho uma carga de trabalhos para perceber.

e o senhor, professor júlio, acabou de estar mal com esse pedido de desculpas. isso é algum acto de fé? por acaso estamos na inguisição e eu não reparei? ou foram simplesmente os seus amigos que lhe puxaram as orelhas?

claro que lhe digo isto com o maior carinho. mas diga-me lá se não tenho razão.

quer ir comigo à antónio sérgio na segunda-feira ver as 'experientes' raparigas e falar com elas? quer trocar cinco minutos de conversa com o antónio teixeira para comprovar o dromedário de sapatos que ele é?

fora-de-lei disse...

Quero fazer uma correcção ao meu primeiro comentário. Também me precipitei e fui injusto com um grupo que tem muitos membros. Onde escrevi os maricas quero mudar para os cabrões dos maricas.

Julio Machado Vaz disse...

Tangas,
Lamento se não fui claro, o post é irónico, como é óbvio não retiro uma linha do que escrevi ontem.

fora-de-lei disse...

fora-de-lei 5:45 PM

O 'fora-de-lei' das 5:45 PM não é o FORA-DE-LEI que, de vez em quando, vem aqui "arrotar umas postas de pescada". É alguém a fazer-se passar por mim, mas... tudo bem... também não disse nada que me ofendesse. Embora seja meu dever dizer que não subscrevo a adjectivação usada por esse falso 'fora-de-lei'.

a disse...

Mulheres aos 18...talvez no século passado (pelo menos nesse sentido a que se referem).
com experiência aos 18....ahahahahahahaha(nem no século passado!)

é surreal como é que um tema é tão comentado, gera tanta controvérsia e ao mesmo tempo é tão banal! Abram os olhos! As pessoas (todas! machistas, feministas, lésbicas, gays, bis...) apaixonam-se por pessoas, independentemente do seu sexo (depois pode ou não, haver atracção física).

fora-de-lei disse...

O fora-de-lei verdadeiro sou eu. É um ROUBO de identidade que fizeram. Eu não tenho nada a ver com eles. O verdadeiro fora-de-lei não é contra os maricas.

rodrigo disse...

O comentário das 3:57PM do Prof. JMV diz tudo...

Igualdade.

do Lat. aequalitate

s. f., qualidade do que é igual;
completa semelhança;
paridade;
identidade;
organização social onde existem iguais direitos e oportunidades para qualquer classe;
Mat., relação existente entre duas entidades sempre que as propriedades verificadas por uma sejam verificadas por outra.

fora-de-lei disse...

fora-de-lei 6:21 PM

Acho que sei quem tu és. Eu já te topo de gingeira... ;-))

Anónimo disse...

Noise, deixa lá os copos e anda comentar este!

fora-de-lei disse...

fora-de-lei 6:31 PM

Não invertas a situação. Eu é que já te topei.
Lá por me roubares a identidade não penses que podes ser um verdadeiro fora-de-lei. Fora-de-lei só há um sou eu e mais nenhum.

Anónimo disse...

Bem me parecia que ter um blog mesmo sem escrever nada lá é boa ideia ou então ser um simpático(a) anónimo(a).

Anónimo disse...

Professor, que brincalhão que me saiu! Até me apetece cantar: "Não há ninguém como tu".....

Robin Hood disse...

Estes fora-de-lei são todos uns impostores. Eu é que sou o verdadeiro principe dos foras-de-lei.

AJFRM disse...

Bom , sendo assim...

A maioria dos pais, encarregados de educaçao, da dita escola, têm mais é q ir pedir desculpas directamente às duas aluna em questão.

lamentando o facto de eles como maioria nao poderem impor um padrao de comportamentos, pelos quais eles gostariam q seus filhos se guiassem.

porq aquilo q eles consideram como certo, está definitivamente errado.
o q eles ensinaram aos seus filhos está errado.
E mesmo q tenham sempre ensinado q linguados e afins é no recato. estao errados.

É como os médicos, olhem para o q eu digo e nao para o q eu faço.
e os padres...
e os ...
enfim todos...

Vamos mas é lá todos a participar com as novas regras deste novo código .

Tudo à molhada e fé em D... no Amor!


Tss...Tss...

andorinha disse...

Boa noite.

Júlio,

Desculpas aceites, mas para a próxima faça o favor de nos dar os dados exactos para nos podermos pronunciar devidamente.:))))))

Agora a sério: com estes argumentos tão risíveis, a ironia foi a melhor resposta.
Continuo a não perceber como pessoas com responsabilidades a vários níveis conseguem escrever coisas para mim tão absurdas.

andorinha disse...

Fora de lei (4.28)

Tu és mesmo homofóbico empedernido, homem.:)
"...de nos fazer crer que é tudo "normal", que ser-se homossexual ou heterossexual é tudo igual ao litro."
E não é? Ou não deveria ser?????
Por que é que a orientação sexual de cada um continua ainda a levantar tanta polémica?
As pessoas não são livres de irem para a cama com quem lhes apetecer?
Que tens tu ou eu a ver com isso?

2"...metade dos homossexuais auscultados tinham tido mais de 60 parceiros nos últimos tempos."
Quando se esgotam outros argumentos vem este, o da promiscuidade.
E os heterossexuais só têm um parceiro???!!!!
Olha que conheço alguns que têm bastantes e até se vangloriam disso. Portanto, também não é por aí...

ajfrm (8.03)

"...lamentando o facto de eles como maioria não poderem impor um padrão de comportamentos, pelos quais eles gostariam que os seus filhos se guiassem"
Era o que faltava! Não vivemos em ditadura, ainda não te apercebeste disso?
"...porque aquilo que eles consideram certo está definitivamente errado".
Desculpa lá, mas tu não sabes ler e interpretar o que aqui se escreve?
Alguém falou em certo e errado?
Assim fica difícil qualquer discussão séria.

Fico perplexa ao ver toda a discussão que se gerou pelo facto de duas alunas terem sido apanhadas a beijarem-se numa escola. Que país é este em que sou obrigada a viver?:(

AJFRM disse...

É a realidade!

E têm q lidar com ela e nao indiciá-la.
o efeito é perverso!

Felizmente ou infelizmente, a maior parte das pessoinhas execráveis deste país pensa assim!

Homossexualidade nao é certo! é errado!

Dêm lá por onde derem,
é a opiniao, maneira de ver, opcção, identidade
da maiori parte dos Bimbos q somos nós!

Com muito gosto!

Pamina disse...

Boa noite

JMV,
Como se prova, escrever assim tem os seus riscos.:)

Já tenho falado aqui de um blog chamado iceteaaddict.blogspot.com. No passado dia 5 de Julho, a propósito do "arrastão" de Carcavelos, o seu autor publicou um post intitulado "Manifesto de extrema-direita". Gostei imenso, mas pensei: "meu Deus, espero que ninguém leve isto a sério e use mesmo estes argumentos." Temo que alguns o tenham feito...
Já agora, embora saia um bocado do tema (não tanto assim, discriminação é discriminação e, por acaso, até é mencionado o cliché de sexo anal), quem tiver paciência, por favor, vá lá aos arquivos ler o post e os comentários que merece a pena.

Relativamente a este caso concreto, repito o que já escrevi: na minha opinião, os pontos 2 e 5 do post de ontem dizem tudo.

Andorinha (8.08-última frase),
Pois, parece que é mesmo a semana da palermice de certas "figuras públicas" (detesto o termo). O pior é não ser a única semana do ano assim.

Até amanhã e um bom domingo.

Manolo Heredia disse...

andorinha,
você vê homofobos em todo o lado! até parece que o que é natural é ser homosexual!
Só lhe falta aderir ao Orgulho Gay e ir pregar para as escolas como fizeram aquelas meninas "imberbes".
o MST tem toda a razão. Cada vez há mais gays "artificiais": aqueles que são atraidos para a causa por ser mais fácil, mais barato, e por vezes dar milhões!
A maior parte dos jovens que saem das escolas secundárias assumindo práticas homosexuais são o que são como resultado da bandalhice geral em que conduziram a sua vida de adolescentes: fazer o menos possível e adoptar os caminhos mais fáceis em todos os aspectos.
Ninguém desconfia se uma rapariga for dormir à casa de outra.

fora-de-lei disse...

andorinha 8:42 PM

"Tu és mesmo homofóbico empedernido, homem."

És capaz de ter razão. E ainda por cima, hoje o Benfica perdeu. Assim, quem paga as favas são os 'maricas'... ;-))

Mas uma coisa é certa, cara andorinha: ainda ninguém aqui me conseguiu explicar porque é que é entendido por normal um tipo de relacionamento sexual que conduz à degradação / mutilação fisiológica dos envolvidos. E nos aspectos psicológicos não falo, porque não percebo nada da poda...

Anyway... viva o Glorioso !!!

Anónimo disse...

Boa noite, maralhal

Fugindo ao tema (que não me apetece comentar), só queria dizer que hoje assisti em directo ao acender das luzes da maior árvore de Natal da europa, 'plantada' em pleno Terreiro do Paço: LINDA!!!
Este ano ainda não entrei bem no espírito natalício.
Por aqui temos o hábito de escrever cartas ao Pai Natal que depois afixamos em local visível da casa, normalmente na cozinha. E depois é uma risota andar de casa em casa a espreitar as cartas e a coordenar as compras de natal com os respectivos desejos. Das cartas fazem parte, para além de coisas possíveis, os pedidos mais loucos e mesmo a pequenada já entrou no esquema. No ano passado lia-se, por exemplo, numa delas (de uma jovem viúva há alguns anos): "Um marido rico" e em obs: "matrimónio já tive agora agradecia património!"

CêTê disse...

Oh Professor! Não me diga que não sabe que essas reacções de repressão das manifestações de afecto são comuns em todas as escolas! Independente do sexo dos apaixonados (que cada vez mais é dificil distinguir o fenótipo!) Pois saiba que em todas as escolas há quem os desencorrage das maneiras mais pitorescas: regando os jardins, com patrulhamentos, com a organização de eventos desportivos,... Bem, o mais curioso é conhecer os hábitos dessas figuras! È de desconfiar

fora-de-lei disse...

Anonymous 9:47 PM

"... hoje assisti em directo ao acender das luzes da maior árvore de Natal da europa, 'plantada' em pleno Terreiro do Paço: LINDA !!!"

Não lhe quero estragar a boa disposição natalícia, mas se voltar ali às redondezas do Terreiro do Paço, daqui por umas horas, vê por ali uma quantidade significativa de seres humanos a dormirem ao relento, em cima de cartões. FEIO !!!

andorinha disse...

manolo (9.24)
Eu limito-me a tirar conclusões dos comentários que aqui leio, mainada.:)
Gays "artificiais"? Essa não conhecia, mas está-se sempre a aprender, não é verdade?

Fora de lei (8.42)

"...um tipo de relacionamento sexual que conduz à degradação/mutilação fisiológica dos envolvidos."
Em que aspecto?
Não entendo o que queres dizer com isto...

E viva o Glorioso, sempre!

Lia C disse...

Para o fora-da-lei das 9:32

Onde é que leu que as relações homo conduzem à degradação /mutilação fisológica dos envolvidos? E assumindo que tal "degradação/mutilação" acontece, em que é que ela é mais "anormal" do que a degradação/mutilação fisiológica que sobrevem a muitos e bons partos?

fora-de-lei disse...

Lia C 10:05 PM

"E assumindo que tal "degradação/mutilação" acontece, em que é que ela é mais "anormal" do que a degradação/mutilação fisiológica que sobrevem a muitos e bons partos?

Com essa infeliz comparação, só pode estar a brincar comigo... O caricato subjacente à sua comparação é de tal ordem, que - de repente - até me fez lembrar um amigo de infância que perante desaforos do estilo, invariavlemente contrapunha: "Mas estamos a falar de foder ou de partir vidros...?"

Pedindo-lhe desde já desculpa pelo vernáculo utilizado, é igualmente justo relevar das suas palavras que - pelo menos - aceitou a existência da tal degradação / mutilação.

Nuno disse...

Como dizia o Prof. JMV aqui há uns dias atrás:
"tenho norteado a minha vida profissional em busca de dois objectivos: substituir a palavra "tolerância" - intolerável por oblíqua e paternalista... - por aceitação; transformar o direito à diferença em direito à indiferença (não a que mata de solidão, mas a que encolhe os ombros à menção da orientação sexual de alguém)."

Alguns comentários aqui (muitos) ainda estão na fase evolutiva do:
-O quê!!!É diferente de mim!! Pisa!Pisa!Pisa!

Estas questões de duas raparigas aos beijos nunca deviam de ser polémica, mas isso só é representativo,talvez digo eu, da falta de alegria das pessoas que ficam talvez baralhadas ao ver os outros tão diferentes de nós a consegui-lo(aparentemente).
Também não gosto de ver homens aos beijos(por isso olho para o lado), também não gosto de ver algumas pessoas à minha frente(será que as posso expulsar do meu universo),etc..., e não posso por exemplo ver pessoas a atirar constantemente lixo para o chão e a população circundante não achar estranho, o povo cospe para o chão, atira o cigarrinho recém fumado para o passeio, é o cócózinho do cão, enfim "aceita-se" viver atulhado em porcaria mas agora um beijo entre pessoas do mesmo sexo na rua!Alto e pára o baile, isso é que não!!!

fora-de-lei disse...

andorinha 10:04 PM

"Em que aspecto? Não entendo o que queres dizer com isto..."

Então experimenta pôr-te na pele de uma infeliz criatura que tem que "gramar" um supositório por causa de - por exemplo - uma bruta gripe, e mal se ergue para retomar a posição normal, o dito supositório cai para o chão... ;-))

Sintetizando, mais uma vez: não me digas que é normal o tipo de relacionamento sexual que, dada a prática intensiva, conduz um infeliz desgraçado a ficar com o retroespício feito num oito ? Por amor de Deus...

Anónimo disse...

Fora de Lei,
disposição em alta na mesma. Infelizmente vai haver sempre pobreza, miséria, fome, eu sei lá... Mas deixar, por isso, de comemorar a vida não me parece a atitude mais correcta. Não posso falar pelos outros apenas por mim e tento (nem sempre consigo)fazer a diferença todos os dias. Começo por acarinhar e preocupar-me com os que me são chegados e se sobra tempo e energia tento dar um pouco mais de mim aos outros. Penso que se a maioria fizesse o mesmo isto andava, talvez, um pouquinho melhor. Agora só porque existem pessoas a dormir na rua (que sem dúvida me impressiona mas que é uma realidade longe de terminar) não vou inundar a casa de pessimismo nem vou arrumar o sorriso tão saudável. Acreditar é preciso, melhorar: sempre!!!
:))))

fora-de-lei disse...

Anonymous 10:26 PM

"Fora de Lei, disposição em alta na mesma."

Baril !!!

Anónimo disse...

Fora-de-lei,
Assim gosto mais!
Assinado
Anónima das 10:26

Lia C disse...

fora da lei 10:15 PM

O vernáculo não me choca minimamente, mas agradeço a preocupação. Em relação ao resto é assim: eu não "aceitei" a existência de tal mutilação/degradação... parece-me que poderá ocorrer em alguns casos, mas não tenho dados para saber se com uma diferença significativa da que ocorre em algumas relações hetero. Por outro lado, não vejo onde está o caricato da minha comparação: foi o sr. que começou por apontar a tal mutilação/degradação fisiológica como argumento de não normalidade, parece-me... donde, se tal argumento for válido, deve poder aplicar-se a todos os casos em que o fenómeno ocorra, ou não?

E desculpe o reparo, mas daquilo que disse nada respondeu ao que perguntei. Beijos para o amigo de infância.

Anónimo disse...

ò fora, pessimista como sempre...
que durão o menino! é homem, pois...

andorinha disse...

Fora de lei (10.23)

Sempre brincalhão.:)))
Os termos degradação/mutilação são, no meu entender, inadequados.
E para a gripe, em vez de supositórios, podem sempre tomar comprimidos.:)))))))))
Mas não vamos brincar com coisas sérias...
E que me dizes dos heterossexuais "viciados" em sexo anal? Segundo o teu ponto de vista, haverá também mutilação, ou não?

Anónimo disse...

Andorinha said...
"viciados" em sexo anal?

Isso existe? De certeza que é mais uma parafilia...
Lá que elas gostam nos filmes 'hardcore', gostam (mas... noblesse oblige)! Linda maneira de induzir os machos! Ainda gostava de ouvir a maioria das mulheres a falar sobre o assunto. Queridos, iam ter cá uma surpresa!!!!

fora-de-lei disse...

Lia C 10:37 PM

"O vernáculo não me choca minimamente..."

Good for you. Realmente o vernáculo já só choca aquelas mulheres muito retrógadas, coitadinhas, muito submissas... Mulher que se preze de ser muito práfrentex, de ser uma mulher do Século XXI, já não se choca com nada disso.


"... não tenho dados para saber se com uma diferença significativa da que ocorre em algumas relações hetero."

Olhe que não deve haver grande diferença. Basta ter em linha de conta a fenomenal "capacidade de encaixe" da famosa Ciociolina...


Beijos para o amigo de infância.

Serão entregues ! Ainda não sei é como... ;-))

fora-de-lei disse...

andorinha 10:46 PM

"E que me dizes dos heterossexuais "viciados" em sexo anal? Segundo o teu ponto de vista, haverá também mutilação, ou não?"

Segundo o meu ponto de vista, ter sexo anal com uma mulher nada tem de contra-natura.

Quanto a eventuais "mutilações" daí decorrentes, experimenta falar com algum(a) médico(a) amigo(a) que faça (ou tenha feito) bancos de urgência nos hospitais públicos e talvez fiques com algo para contar.Não sei se sabes, mas o nosso Santo António não é o único "quebra-bilhas" deste país à beira-mar plantado... ;-))

Manolo Heredia disse...

Andorinha,
não se arme em ingénua!
A plavra "roto" é sinonimo de gay porque os homosexuais que praticam com frequência coito anal ficam incontinentes anais, por relaxamento dos musculos do anus.
Isso não é uma mutilação, é uma doença profissional.

Anónimo disse...

Que nojo de conversa!

Anónimo disse...

Viktor, Noise: delícia de música
esta do Gary moore!
Professor, delícia de blog!

fora-de-lei disse...

Manolo Heredia 11:23 PM

"Isso não é uma mutilação, é uma doença profissional."

Hehehehehehe ! Agora é que o Manolo arranjou a boa e a bonita... Se algum militante da causa gay lê esta sua afirmação, lá vamos ter mais uma exigência da Opus Gay sob a forma de manifestação em S. Bento.

Ele é casamentos, ele é adopções, ele é subsídios por doença profissional, eu sei lá... ;-))

Lia C disse...

Fora-de-lei 11:18 PM

Peço humildemente desculpa por ter chocado v/ exª com a minha falta de choque... para a próxima tentarei desmaiar conveniente e convincentemente ao menor hálito de vernáculo. Peço também desculpa por fazer perguntas tão idiotas que o obriguem a dar respostas absolutamente cretinas - e espero que o esforço não o lesione fisiologicamente... é que tenho mais uma dúvida idiota sobre a sua resposta à andorinha: não é contra-natura ter sexo anal com uma mulher, porquê? Ela não corre o risco de ficar lesionada/mutilada, ou é simplesmente "natural" que o fique a favor do prazer do macho?

Os beijos para o amigo de infância deverão ser entregues por via hetero, evidentemente, já que a outra dá no que dá...

fora-de-lei disse...

Lia C 11:36 PM

Se vai simular um desmaio só para me agradar, é melhor sentar-se primeiro, não vá cair mal e magoar-se. Just in case... Mas se estar sentada lhe custa, talvez seja melhor arranjar um pneu de lambreta. Espero que continue a não ficar chocada.

Lia C disse...

Os desmaios agradalham-lhe? Sentar-me-ei, claro, e desmaiarei cuidadosamente para lhe evitar maiores preocupações... só não entendo porque espera que eu não fique chocada com o seu comentário, se a ideia era precisamente a de ficar chocada e desmaiar... vou ali fazer um treino enquanto se decide.

Lia C disse...

bem... agradalhalhar deve ser difícil... a pergunta era "os desmaios agradam-lhe?".

yulunga disse...

Boa noite maralhal.

Bem... sendo assim, não retiro nada do que escrevi ontem!:).

Dr. Murcon e isto não é plágio.

yulunga disse...

Manolo
11,23
Isso é amor à causa.
ROTO???
Olha lá oh maluco tu não andas a usar uns termos pouco ortodoxos?
Estas vindas ao blog do Dr. Murcon andam-te a mandar para a frentex.
Ainda te vou ver a comprar Smarties e a consumir só os azuis.

Anónimo disse...

"A plavra "roto" é sinonimo de gay porque os homosexuais"

é homossexual

Orange disse...

Como eu já ouvi algures...
Aaaah... É tão lindo ser-se adolescente, estar-se apaixonado e... ser-se heterossexual.

Anónimo disse...

Fora da Lei....

LOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOL

rodrigo disse...

Depois de uma noitada, resolvi vir aqui ver as novidades... Nada se alterou e o comentário do prof das 3:57 PM continua a meu ver 100% válido.

Se os heterosseuxias podem beijar-se em público porque não O podem fazer as lésbicas e os homosseuxuais?

Bom domingo...

rodrigo disse...

-em vez de heterosseuxias ler heterossexuais...

-em vez de homosseuxuais ler homossexuais...

Foram umas cervejolas a mais ;)

Anónimo disse...

Há aqui muitos trogloditas e respectivo galinhame aprovador, armados em libertários.
Lá porque eles gramam de levar no cú (até se vêm quando vão "fazer o toque" à próstata) e de chuchar na pichota uns dos outros, têm que converter as palonças a que aquilo é muito bom e modernaço. A vaselina ajuda.
Há gente que não gosta de misturar os sítios da merda com outros menos excrementícios, ó cambada de suínos!

rodrigo disse...

Caro anonymous das 04:30 AM

Acho que as lésbicas não fazem o "toque da prostata"...

É necessário argumentar com essa linguagem?

noiseformind disse...

fora-de-lei,
Não há simpatia que ultrapasse a minha tendência para me agarrar à realidade, por mais loles ou smileys aqui usados. Sendo assim, aguardo pedido de desculpas pelo uso do meu nome/nick em relação à minha suposta afirmação de que um estudo de Chicago tinha revelado essa estatística que referiste. Quem usou esse "estudo" foi o RAM ás 4h02m do dia 12 de Outubro passado como podes verificar por aqui

Ao que tu lhe respondeste:
fora-de-lei said...

RAM 4:02 PM

About 43 percent of the gay men in Shoreland have had more than 60 partners.

E ainda há quem diga que ser-se maricas é uma coisa perfeitamente normal...


Estámos entendidos?

Andorinha,
Isto de se começar a falar de direitos e acabar-se pelos chorrilhos de palavrões que caracterizaram o final de muitas intervenções mostra o desconforto de uma maioria que começa agora a fazer-se sentir. De facto, existem muitos "Viseus" em Portugal à espera de um "agente provocador", uma demonstração pública de afecto, seja o que fôr. Dou o exemplo de num bar em Portimão, normalmente fora dos circuitos turísticos, dois turistas terem entrado e começado a jogar bilhar. Ao primeiro beijo trocado entre eles voaram logo duas cervejas ás suas cabeças e foram imediatamente expulsos por 9 ou 10 portugueses responsáveis e pagadores de impostos. E em se chamando a polícia por iniciativa minha e de algumas amigas minhas presentes a resposta dos agentes foi "Então os senhores pensam que isto é uma terra de maricas? Ponham-se mas é daqui para fora, se na terra deles os deixam andar assim na rua é problema deles!". O tipo de linguagem usada ao longo destes 180 comentários destes 2 posts foi descendo rapidamente de argumentos pseudo-científicos para todo o arsenal argumentativo inscrito no imaginário luso.

Mas, repito o que disse atrás, isto só mostra os benefícios da Blogosfera: pessoas que no dia-a-dia suportam amargamente a necessidade de esconderem as suas posições homófobas podem por estas bandas fazer uma verdadeira catárse e como observador e participante activo da saúde mental lusa só me pode agradar estar a lidar com opiniões reais. Venham elas... venham elas. Os comentários aqui presentes de pessoas nomimalmente cultas mostra que o 25 de Abril se tornou rapidamente de uma promessa de liberdade para todos numa coutada para muitos e um pantanal de barreiras para poucos.

Mostra tb que ainda não vivemos numa Era do Conhecimento. A Net está lá, a revisão regular de artigos começa-se a impôr aos poucos nos meios académicos, mas o cidadão vulgar continua a depender quase exclusivamente do ambiente que o rodeia e as suas escolhas em termos de opinião sobre a sociedade fazem-se pela aceitação que espera obter da sociedade em relação ás suas posições e não pela informação recolhida.

Jú,
Até eu estou admirado. Nunca pensei que Chucho Valdés fosse tocar na "Anos 60" tantas vezes. Um extase ; )))))))))

noiseformind disse...

Mas vou tentar pegar noutra questão:

Noruega, Finlândia, Nova Zelândia, Dinamarca e Suiça partilham com a África do Sul o top de países em que mais relações se tem sem o uso do preservativo.

Também estão no top (juntamente com a África do Sul) dos países em que as pessoas têm mais casos extra-conjuguais e nros de parceiros.

E então pq porra têm muito menos prevalência de DST em relação a um país tão cumpridor como a Tuga(66% dos tugas dizem usar preservativo), especialmente o tão afamado HIV?
Então eles fazem mais sexo, sem preservativo, com mais parceiros e não têm DST???????????????? Não é uma grande injustiça??????????????????? ; )))))))))))))))))) A resposta parece-me clara. Os 65% de média dos primeiros países que dizem não usar preservativos estavam a ser sinceros em relação à utilização que fazem deles. Em Portugal muito se mente quando se fala de preservativo. Toda a gente usa, toda a gente o tem à mão, mas depois com um pouco de confiança toda a gente explica que é só "ao início", que depois "confia-se", que para ser sincero "não dá muito jeito"... etc... etc... ; ))))))))))))))) e além disso, como dirão já a seguir sem dúvida, isso será coisa dessas crianças influenciadas precocemente em ambiente escolar por exposições públicas de afecto homossexual que lhes despertaram o gene gay adormecido ; ))))))))))))

Podem continuar a ler a DUREX SEX SURVEY 2005 AQUI ; )))))

noiseformind disse...

Já agora, esses países que referi que são uns desmazelados e não usam preservativo são tb (com excepção da África do Sul) os que os habitantes acham que é importante para prevenção de alastramento das DST que os jovens se submetam a regulares exames clínicos. Se calhar não tem nada a ver, é só uma opinião... : ))))))))))))))))

Além disso não resisto a referir que Portugal, juntamente com a Polónia, combina duas estatísticas deliciosas dentro da UE: menor nro de pessoas que consideram a sua vida sexual satisfatória e menor nro de pessoas com vibrador em casa : )))))))))))))

noiseformind disse...

E para que fique registado a idade média com que na Tuga se inicia a actividade sexual é 16.9 anos. Eu sei, eu sei, sem o que se passou na Casa Pia nos últimos 30 anos seria 23 ; ))))))))))))))))))))

Na Alemanha, Dinamarca e Suécia, tudo países conhecidos pelos elevados traumas sexuais na população em geral, é apenas só menos .8 anos em média

Na Islândia era submetê-l@s tod@s a interrogatório, não devem haver muitas pessoas em que @ parceir@ escape a uma acusação de abuso sexual. 15.6 anos de média

Anónimo disse...

Noise... devias usar a tua foto em vez dessa. A tua é mais nojenta e muito mais assustadora.

Carneiro of a different cor disse...

Passar os olhos pelos 180 comentários que este assunto já leva revelou-se para mim um processo doloroso de reconhecimento do nosso primarismo em termos de sexualidade e de direitos. Tudo muito, tremendamente longe da imagem de país da União Europeia que tentámos dar de nós próprios. Para muitos que até já nem são católicos os referenciais de culpa judaico-cristãos continuam tão válidos como há 30 anos e continuam a viver esse tempo. Só posso pedir desculpas em nome do meu país a alguém que, sendo minimamente civilizado e saiba ler português, se cruze com muito do que aqui foi dito. E salientar a essas pessoas que tb temos pessoas como @ andorinha , @ noiseformind e o Nuno Gonçalves ;)

AJFRM disse...

Andorinha 8.42pm,

e todos os outros,

Vocemessê e muitos outros é q ainda nao se aperceberam q vivemos sim numa ditadura!
a ditadura da maioria: Democracia!

Nao se pode fazer tudo o q queremos!

Pode sim fazer tudo o q quer, dentro de regras, leis, limites estabelecidos. E comummente aceites!
Junte-se uma pitada de bom senso e temos o q temos.
Aqui na Tuga (para alguns energumenos) ou em qualquer país dito democrático, mais ou menos é assim.

Por isso nao se choquem tanto.

A malta (=maioria) nao gosta destas coisas de homossexualidades, prontos!
Muito menos às descaradas.

Concordem , q a coisa tá muito melhor do q era num passado recente.
A malta já aceita a existencia de gente assim.
mas ainda nao consegue aceitar de facto essas demonstrçoes publicas de afectos, ou melhor, de identidade sexual...

E como se diz aqui na terra Tuga dos palôncios provincianos q detestam,
pior nao sabem nem conseguem, informar-se nem apreender, estas novas informaçoes, q circulam por aqui e por todo lado, ao q parece:

Não é com vinagre q se apanham moscas!

**
Mais uma vez chamo a atençao para aos pseudo intelectuais daqui:

é aborrecido para os de Viseu sermos conotados com essa generalidade q tentam passar.

Certamente q os Viseenses nao sao o q por aí dizem.
Sao sempre muito mais dignos e respeitáveis do q aqueles q se autorizam a denegri-los deste modo!

Há aqui muita gentinha tola!
Pela boca morre o peixe!
e, Não passaram os dias todos!
Algumas líguas vão-se morder num futuro!
Será q se lembram q isto tudo fica gravado?

Ai Ai, esta jeunesse!,
Lagartixas armadas em crocodilos!

Tss...Tss...

AJFRM disse...

Andorinha 8.42pm,

e todos os outros,

Vocemessê e muitos outros é q ainda nao se aperceberam q vivemos sim numa ditadura!
a ditadura da maioria: Democracia!

Nao se pode fazer tudo o q queremos!

Pode sim fazer tudo o q quer, dentro de regras, leis, limites estabelecidos. E comummente aceites!
Junte-se uma pitada de bom senso e temos o q temos.
Aqui na Tuga (para alguns energumenos) ou em qualquer país dito democrático, mais ou menos é assim.

Por isso nao se choquem tanto.

A malta (=maioria) nao gosta destas coisas de homossexualidades, prontos!
Muito menos às descaradas.

Concordem , q a coisa tá muito melhor do q era num passado recente.
A malta já aceita a existencia de gente assim.
mas ainda nao consegue aceitar de facto essas demonstrçoes publicas de afectos, ou melhor, de identidade sexual...

E como se diz aqui na terra Tuga dos palôncios provincianos q detestam,
pior nao sabem nem conseguem, informar-se nem apreender, estas novas informaçoes, q circulam por aqui e por todo lado, ao q parece:

Não é com vinagre q se apanham moscas!

**
Mais uma vez chamo a atençao para aos pseudo intelectuais daqui:

é aborrecido para os de Viseu sermos conotados com essa generalidade q tentam passar.

Certamente q os Viseenses nao sao o q por aí dizem.
Sao sempre muito mais dignos e respeitáveis do q aqueles q se autorizam a denegri-los deste modo!

Há aqui muita gentinha tola!
Pela boca morre o peixe!
e, Não passaram os dias todos!
Algumas líguas vão-se morder num futuro!
Será q se lembram q isto tudo fica gravado?

Ai Ai, esta jeunesse!,
Lagartixas armadas em crocodilos!

Tss...Tss...

AJFRM disse...

Professor , desculpe a duplicaçao do coment.

Carneiro of a different cor disse...

Por mero acaso, por apenas mero acaso, és de Viseu AJFRM. O que não diz nada de bom dessas boas gentes. Não contigo como embaixador. Sinceramente só debitas a mesma catilena vez atrás de vez, e ainda por cima metes uns espaços entre as frases para o texto parecer mais longo, para ocupares mais tempo de antena, na busca feroz por audiências.

"há mais heteros que homos por isso calem-se... há mais heteros que homos por isso calem-se... há mais heteros que homos por isso calem-se..."

Ridículo o tipo de argumentação, sem qq fundamento.

Olha como tu não gostas de ser conotado com uma generalidade. Ainda bem que, como membro de um distrito, sentes pelo menos um pouco do próprio veneno que destilas contra outras comunidades. E, surpresa das surpresas, NÃO GOSTAS! lol

Nuno disse...

hehehehe :D:D:D:D:D:D

boa Carneiro of a different cor

visiense e com muito gosto disse...

Os paneleiros não são uma comunidade, são uma ala de doentes da nossa sociedade!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Nuno disse...

visiense e com muito gosto,

estás a falar dos quais paneleiros??

tirado do dicionário Priberam:

s. m., fabricante ou vendedor de panelas de barro;
oleiro;
vulg., pederasta;
homossexual.


ps:prof JMV desculpe mas este blog tem de seguir a direcção do humor porque não há paciência para estas maneiras de estar na vida, é aqui que valorizo o trabalho dos psicólogos em aturar as pancados dos outros, e há para aí tanta:)))))).

Ameninadalua disse...

Nuno Gonçalves

Pois é aí é que reside o problema!...Alem do humor:))... haverá outras formas diferentes de nós, pessoas, entendermos que existem" Les uns et les outres"?...

Muitas vezes penso, que a intolerância, a incompreensão e a não aceitação do "diferente" não é de todo só uma questao cultural; existe muito ao nível do individual, da incapacidade que muitos de nós temos de sentir o "sentir" dos outros e como consequência disso, a impossibilidade de nos posicionarmos no lugar deles...
A questão que se põe é: será que a informação teórica, que o esclarecimento,a discussão a troca de vivências pode alterar esse estado de coisas? ou será que nós seres humanos estaremos sempre condenados a essa impossibilidade?
Contudo sei que no Amor se aceitam realmente as diferenças apesar de muitas vezes não as entendermos...

noiseformind disse...

Ai e não é que ela aparece a azul e tudo agora???????????????????????????????????????????????????
Parabéns pela entrada "oficial" na blogosfera ; )))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Eu estive em Viseu em Julho e posso atestar a feroz heterossexualiade dos homens com quem tive o prazer de falar.
Frases como "a tua amiga é boa como o milho" e "dava-lhe umas pinocadas, sem ofensa pá" e o mais clássico "andas a descascar aquela banana?" mostram que Viseu está a salvo em termos de penetração (atroz palavra) de elementos homossexuais/pedófilos ; )))))))))))))))))

Carneiro of a different cor disse...

Homossexuais/pedófilos/portadores de HIV sff Sôr Doutôr Noisi

Olhe que na tal Survey tem uns nros muito giros. A sua profissão deve ser fantástica, ligar estas coisas todas com o dia a dia de pessoas reais. Não quer trocar um dia da sua vida pelo dia de um pobre motorista dos STCP? ;)

AJFRM disse...

noisie,

q repetitivo q o menino está,

já todos sabemos q o menino é uma fera sexual arrasadora,
tráz rodos de gajas boas à sua cola.

Surpreende-me q só em Viseu se tenham apercebido q vc tem gajas boas!

Agora pondo de lado a minha pena e dó por sua tao triste figura no figurado e estrito,
prq será q q gajas boas andam consigo?
Deve ser mesmo da sua libido sexual extravasante.... cof cof cof

Se enxergue menina!

AJFRM disse...

Cá na terra assim se toca assim se dança.

Carneiro of a different cor disse...

Olhe Noise, nesta minha recém-descoberta veia de analista de estudos sobre sexo (o que indicou da Durex) não acha que há uma relação entre o quanto sexo que se faz no carro e a insatisfação sexual geral das pessoas? Repito que estou mais habituado a ter nas minhas mãos o guiador que o teclado e a olhar para as ruas do Porto que para estudos sobre sexualidade ;)) Quanto à relação entre a insatisfação e a ausência de vibradores nos lares lusos que referiu parece-me sobremaneira gritante. Os nossos machos dão muita e boa assistência, só há aquele problema de as mulheres ficarem insatisfeita hihihihihihihihihihi

fora-de-lei disse...

noiseformind 5:59 AM

"Fora-de-Lei, não há simpatia que ultrapasse a minha tendência para me agarrar à realidade, por mais loles ou smileys aqui usados. Sendo assim, aguardo pedido de desculpas pelo uso do meu nome / nick em relação à minha suposta afirmação de que um estudo de Chicago tinha revelado essa estatística que referiste. Quem usou esse "estudo" foi o RAM às 4h02m do dia 12 de Outubro passado como podes verificar por aqui."

Tens razão. De facto, enganei-me quanto ao nickname. Foi o RAM e não o Noise. O seu a seu dono. Pedido de desculpas apresentado. Mas que não altera em nada a minha base de argumentação...!

Mas quando tu dizes "... à minha suposta afirmação de que um estudo de Chicago tinha revelado essa estatística que referiste." é melhor tornares a ler o que eu disse, porque eu não disse ou insinuei nada disso. Apenas referi que o Noise tinha "apontado" o relatório de um estudo. Mais nada. Para a próxima não sejas tão precipitado a tentar "tirar desforço" da minha pessoa. É que, assim, acabas por distorcer a tal realidade a que tu te dizes tão apegado. Mas fica descansado que não te vou exigir nenhum pedido de desculpas. Porque compreendo as circunstâncias e sei que nem sempre é possível uma total lucidez às 6 da matina... ;-))

E já agora o meu obrigado pela "rastreabilidade documental" por ti proporcionada através do link que incluiste na tua "exigência" de pedido de desculpas. O meu obrigado porque assim é-nos a todos permitido aferir da existência do tal estudo por mim invocado.

noiseformind disse...

fora-de-lei,
Temos de ser uns para os outros. E a tua veracidade nunca esteve da minha parte em causa ; )))))))))
Afinal somos todos adultos não é?

PPPPPPPPOOOOOOOOOOOOORRRRRRRRRRRRRRTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

FCP!!!!!!!!!!!!!!!!! FCP!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! FCP!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

amok_she disse...

fora-de-lei disse...
(...)
Segundo o meu ponto de vista, ter sexo anal com uma mulher nada tem de contra-natura.
11:18 PM


...ah pois claro q não! e agora apetecia-me usar do teu vernáculo - sabendo de antemão q ñ irias desmaiar de choque!:-> - e dizer-te umas coisas assim do tipo é claro q ñ é contra-natura pq ñ és tu q levas no cú!...mas é claro q dama fina como sou, ñ usaria nc desse tipo de palavreado...chocante para damas submissas e cavalheiros atenciosos...:->


...oh balham-me todos os deuses do olimpo...Lia, mulher...bem vinda ao "manicómio"...:-)))

fora-de-lei disse...

noiseformind 3:53 PM

"Afinal somos todos adultos, não é ?"

É verdade. E, ainda para mais, com a feliz "desagravante" dos andrades serem claramente minoritários aqui neste sempre belo recanto da Europa. Aqui ou seja onde fôr... ;-))

SLB forever !!!

noiseformind disse...

Isso de um dia a conduzir um autocarro implica fazer o trajecto regular do autocarro ou posso pegar nele e meter-me estrada fora? Sempre foi um dos meus sonhos, uma viagem pela europa fora num autocarro ; ))))))))))) com paragens de 1000 em 1000 km loooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooool

Sem dúvida que há relação meu caro, mas ainda temos dados mais alarmantes nessa coluna da insatisfação sexual. Somos o país europeu em que as pessoas menos se idenficam como "open minded" em relação ao sexo ; ))))))) e até o Vietnam nos ultrapassa nesse particular. O Vietnam!!!!!!!!!! ; ))))))))))))

noiseformind disse...

Amokzinha,
Hoje foste uma máquina a arrumar a cozinha ; )))))))))))

amok_she disse...

...e já agora...

...ia eu, ontem, mt descansadinha escada rolante abaixo e ñ é q vão dois marmanjos - descansem as mentes normais(???:->), eram rapaz e rapariga|!:-> - num marmelanço q deus m'alivre!..ele era lingua pra dentro, ela era lingua pra fora, eles eram agarranço do tipo dois_em_um, eles era esfreganço, enfim...nada q'esta gajada quarentona e mais 'entonas' pra cima, ñ tenha feito nos seus bons(?) tempos...agora é q 'tão armados em finos...ah, pois!, é só se for um+um, ou uma+uma...foi isso q percebi?...se forem normais(???:->) já pondem fazer td, na escola!? no centro comercial!? no supermercado!? no autocarro!?...é isso???...mas dizia eu...

...ia eu mesmo atrás dos marmanjos e lembrei-me logo das vossas tretas...lembrei-me como estas coisas são tão idiotas!...estas dicussões são tão pobrezinhas...quando se continua a discutir o sexo dos anjos...qd afinal o q está em causa é mesmo a liberdade de cada um...q se anula cada vez mais em favor da liberdade de grupos!...ñ da dita sociedade...esta está cada vez mais desagregada...quem manda agora são os grupos...e vai de ver qual deles tem mais poder...para nos phoder a liberdade...de escolha!

...eu por mim assumo! aqueles gajos iam a colidir com a minha liberdade! ...iam pq o "meu gajo" está sempre a aproveitar estes marmanjos pra me trazer à colação: «'tás a ver, maria!?'tás a ver???» e lança-me uns sorrizinhos cretinos do tipo "pq raio eles podem e nós não!?" e depois, claro q fica difícil, pra uma gaja sensível!, explicar-lhe - sem lhe ferir a masculinidade! - q a boca dele já eu conheço de trás pra frente e vice-versa...e aqueles, aposto pelo frenesim, acabaram de se conhecer...:->

...por isso, eu concordo!...devia haver uma lei q proibisse manifestações sexualizadas em público! ...e pensando bem...se calhar, à cautela...até mesmo aquelas apenas ternurentas..sim, sim...q atrás dessas já muitas vezes me lixei!

Anónimo disse...

Ainda não mudaste a foto, Noise?! És teimoso!!

amok_she disse...

oh anônimo, tu viram-me essa boca, perdão:tecla, pra lá, pa!, 'tás louco?!?, olha q ainda é capaz de levar a coisa a peito e...mudar mesmo!:->

RAM disse...

Ja que o meu nome veio a baila, e just to set the record straight, o estudo referido num dos meus "comment" de 12 de Outubro, no qual recorri a um artigo do New York Times, nao consistia num qualquer registo discursivo sobre a homossexualidade, muito menos restrito a analise do numero de parceiros dos homossexuais.
Tratava-se, isso sim, de uma analise sociologica das alteracoes do comportamento sexual em geral, razao pela qual entendi, entao, utiliza-lo.

fora-de-lei disse...

amok_she 4:15 PM

Amokzinha, se fôr preciso, também por cá se arranja um pneu de lambreta para ti... ;-))

fora-de-lei disse...

RAM 4:29 PM

Tem toda a razão, meu caro amigo. Mas não são das minhas palavras que se pode inferir essa ideia. Não fui eu que introduzi qualquer entropia no assunto. Eu limitei-me a dizer que, em tempos, foi aqui "apontado" um relatório que, entre muitas outras coisas, referia o facto de...

Manolo Heredia disse...

Yulunga,
Deixa-te de preconceitos, uma palavra é só uma palavra. E aqui não tinha sentido pejorativo. Foi usada só para expilicar!!

Começamos a falar de meninas exibicionistas, cujos actos aão aproveitados mediaticamente para ajudar no recrutamento Gay, e acabamos numa salsada de insultos e ordinarices.

Noise,
Descobriste agora um novo tipo de genes que se põem a dormir? Fico à espera da divulgação na "Nature"!!!

amok_she disse...

fora-de-lei disse...

amok_she 4:15 PM

Amokzinha, se fôr preciso, também por cá se arranja um pneu de lambreta para ti... ;-))

4:33 PM


...guarda lá o pneu para ti q um dias destes vai fazer-te (muita!)falta, oh se vai!:->...costuma ser sempre assim: cá se fazem, cá se pagam...:->

fora-de-lei disse...

amok_she 4:37 PM

"Guarda lá o pneu para ti que um dias destes vai fazer-te (muita) falta, oh se vai... costuma ser sempre assim: cá se fazem, cá se pagam..."

Olha que até tens alguma razão. Por exemplo, sempre que vou às Finanças entregar o formulário do IRS, levo sempre comigo um pneu de lambreta. Just in case... ;-))

Manolo Heredia disse...

amok,
Já vi que és daquelas que têm "a dor-de-cabeça da mulher que o homem detesta". Cá em casa também há disso! Bem me dizia a minha mãezinha que os homens devem casar com mulheres + novas 10 anos!

amok_she disse...

olhe Manolo,querido...para sua informação, eu nunca tenho dores de cabeça...dessas!:-> ...estou agora com uma, por ex., mas isso foi por ter ficado a dormir até à 1 da tarde!, bem feita q já sei q manhã de domingo na cama dá nisto!, mas...

...dessas q o rico, pelos vistos, se queixa...pode crer q ñ tenho pq ñ preciso!:->

...qt ao q o "mê gajo" detesta é q eu seja tão...pudica em público!, diz ele... q eu cá acho q é mais um direito q me cabe: o de preservar a minha intimidade dos olhares abutreos!, como se pode ver pelo desenrolar desta treta...desde o artigo do MST, pelo menos...é q eu tenho a mania de fazer o q me dá na veneta, tal como faço com o q digo!, e depois uma gaja passa-se com estas bocas foleiras e, enquanto a coisa se passa aqui, no virtual, a chapada é mais pró virtual tb; ora se me apetecesse estar na marmelada em público e alguém se atrevesse a fazer-me sermões moralistas, bacocos e idiotas, o mais certo era dizer-lhe umas quantas q ñ iria gostar - como tb se sabe pelo q aqui se vê qd digo certas "verdades":-> - e às tantas ñ sei se a coisa ficaria só por palavras ...ora eu sou uma pacifista militante ...'tá a ver a bronca q era, né!?

...já agora e por acaso...é uma coisa de q tenho muita pena...q ainda existam mulheres q precisem desculpar-se com uma dor de cabeça para se livrarem dum macho chato, no mínimo...

...qt à sua mãezinha lhe dar tão bons conselhos...pois, o rico ñ lhe obedeceu e 'tá visto q se lixou!:-> ...eu nc precisei de conselhos desses...sempre gostei de homens mais velhos q eu...o q, nesta altura do campeonato, fica algo trágico: "esses" estão todos a caminho duma senilidade q a mim me faz azia...ñ tenho pachorra!...vai-se a ver e acaba por ser esse o fundamento principal da minha...fidelidade!:->

Paula disse...

No geral a discussão desceu para níveis muito pobres. E são alguns dos que comentam o baixo nível dos comentários que também os fazem. LOL

Curioso que a maioria dos comentadores que se indigna com a homossexualidade parece ser homem... E a indignação é geralmente contra a homossexualidade masculina. Será que tais mentes tão 'saudáveis' acham que duas mulheres já é bom, porque gostam de ver? Os nossos homens parecem continuar a ser furiosamente retrógadas mesmo que tenham uma capa exterior de modernidade.

yulunga disse...

Bom dia maralhal

Manolo
:-)
Eu gosto de ver o circo pegar fogo

amok_she disse...

...pois eu gosto mais de...pegar fogo ao circo!;-)))

yulunga disse...

Manolo
As ordinarices podem até fazer parte de um discurso aceso e de uma tertúlia, digamos popular.
O insulto puro... Esse considero desnecessário, mas cada um usas as armas que, habitualmente no caso desse tipo de insulto, são directamente proporcionais à falta de capacidade argumentativa

yulunga disse...

Até depois maralhal.
Boas blogadas.

"Sejam felizes"
Retirado de ab sexo

Anónimo disse...

Paula (5:19 PM)

"No geral a discussão desceu para níveis muito pobres."

E diz o roto para o nú, porque não te vestes tu :)

Xelim disse...

Cá para mim as gajas deviam ser obrigadas a ter relações lésbicas! É obrigá-las a lamber ratas e chupar nas mamas... Não achas Yulunga?

Anónimo disse...

amok_she (5:15 PM)

"ora se me apetecesse estar na marmelada em público e alguém se atrevesse a fazer-me sermões moralistas, bacocos e idiotas, o mais certo era dizer-lhe umas quantas"

Mas a AMOK_SHE não tem já idade para ter juizinho? Ou está a viver uma 2ª adolescência? Não se arme em jovem incon-sc-iente. Deixe-se disso! A culpa é do seu maridinho que a deixa estar a dormir até às tantas em vez de a fazer levantar o cuzinho da cama, para ir para a cozinha ser a tal máquina que já aqui alguém disse que é :)

Um leitor atento e indignado disse...

PROFESSOR DOUTOR JÚLIO MACHADO VAZ

SÓ AGORA VEJO ESTE CASO GRAVÍSSIMO DE HOJE APARECER UM TEXTO (4:31PM) A QUE SE SEGUE, IMEDIATAMENTE (4:31PM) UM IGUAL ASSINADO COM OUTRO NICK, SEGUINDO-SE A ESTES DUAS RECLAMAÇÕES DO ÚLTIMO AUTOR SOBRE A APROPRIAÇÃO PIDESCA DA GESTÃO DO BLOG QUE DEVERIA PERTENCER APENAS A JMV !!!

PROFESSOR, PORQUE ISTO É UMA INTROMISSÃO INTOLERÁVEL, INÉDITA NO MUNDO DOS BLOGS, GOSTARIA DE SABER QUEM DOMINA A GESTÃO DESTES ACONTECIMENTOS NO SEU BLOG PARA PODER AVALIAR DA SUA FUTURA CREDIBILIDADE QUE ESTÁ COMPLETAMENTE ABALADA!

1º TEXTO: Anonymous said...
Dr. JMV
O senhor não tem de pedir desculpas, afinal tem uma opinião que respeito e cada um tem a sua, respeitamo-nos e isso é são. Não me incomodam nada os homos e não lhes dou a importância (etc, etc ...) 4:31 PM

2º TEXTO: Lusco_Fusco said...
Dr. JMV
O senhor não tem de pedir desculpas, afinal tem uma opinião que respeito e cada um tem a sua, respeitamo-nos e isso é são. Não me incomodam nada os homos e não lhes dou a importância dou a importância (etc, etc ...) 4:31 PM

3º TEXTO: Lusco_Fusco said...
Esse anonimo é estranho.... Como conseguiu copiar o que escrevi? Até nisso a falta de respeito é notória.
Pode explicar-me como consegue entrar no que escrevo antes mesmo de sair?!... 4:35 PM

4º TEXTO: Lusco_Fusco said...
Parece que incomodo alguém não era minha intenção.
Sinto muito que assim seja.
Sou apenas eu, não uso palavras de ninguem nem pretendo magoar ninguem.
Tudo de bom para todos.
Mas sinto-me magoada com isto tudo. Conseguiu o seu intento "Sr. anónimo" ou Srª fique bem.
MJ 4:40 PM

Um leitor atento e indignado

interrogação disse...

Porque será que muitos casais de lésbicas usam vibradores? Se o seu obecto de desejo éum corpo HOMÓLOGO, o que raio anda a fazer no meio da função, a "coisinha" com pilhas?
Será que pelo menos simbólicamente ela é precisa, coisa algo bizarra pois sempre ouvi dizer que "não precisamos de nenhum homem, nem para fazer amor nem para comôr uma ficha eléctrica".
Esta quiestão é complexa. Alguém a poderá explçicar, com um mínimo de dignidade argumentativa?

Anónimo disse...

interrogação (7:00 PM)

"Esta questão é complexa. Alguém a poderá explicar, com um mínimo de dignidade argumentativa?"

Não estou a ver ninguém. Só se for a Paulinha das 5:19 PM!

um leitor atento e indignado disse...

quem gosta de ver o circo pegar fogo ou de pegar fogo ao circo, corre o risco de também morrer no incendio.

katraponga disse...

O J.A.S. é um anormal, desculpem lá...

naoseiquenome usar disse...

... (continuo a gostar de blues!!! :)))) )
Tanta inflamação, tanta indignação, por aqui!
Tanta verdade!
Tanto desconcerto!
Por isso a Sociologia Política primária, há muito que nos define como um País mas não como uma Nação...
Uns e os outros! Tanto arauto da verdade!!!!!
Uns porque se dizem sabedeores da coisa e não admitem opiniões contrárias, sob a pena de os etiquetar de ignorantes, outros, porque a sua sensibilidade lhes dita que serem genuínos é o melhor a fazer...
Pafrafraseando um blog já aqui por mim citado: "não deixe que a verdade estrague uma boa história"!
Parafraseando Saint-ExuperY: " a linguagem é a fonte de todos os mal-entendidos".
Permitam-me dizer uma coisa óbvia:excessos são sempre excessos e ponto final.
excesso de alcoól, excesso de dinheiro, excesso de droga, excesso de trabalho, excesso de exibição.... seja qual fôr, porque para viver temos sempre de ter padrões de referência (no nosso caso indiscutívelmente judaico-cristã) será sempre condenável!
Num espaço destes uqe poderia ser um fórum de discussão saudável, parece-me haver o excesso de posições que pretendem ser unicas, individuais e cada uma mais válida que as restantes.
Assim, não há evolução, apenas involução.
Contudo, a minha "fé" dita-me que tenhop de apregoar que um dia, ainda havemos de ser todos felizes....

O leitor atento e indignado das 6:52 disse...

JMV

Constato a pouca vergonha de clonar irresponsavelmente os comentadores da caixa de comentários do seu blog porque não sou o "um leitor atento e indignado das 7:46" que disse:
"quem gosta de ver o circo pegar fogo ou de pegar fogo ao circo, corre o risco de também morrer no incendio.", como é óbvio.

Sem querer 'pegar fogo ao circo' mas acreditando na seriedade das suas intenções como inspirador do Murcon, ficarei a aguardar a gentileza de uma explicação para o caso que refiro no meu comentário das 6:52.

um leitor verdadeiramente atento e indignado disse...

O leitor atento e indignado das 6:52 disse às 8:14

"Sem querer 'pegar fogo ao circo' mas acreditando na seriedade das suas intenções como inspirador do Murcon, ficarei a aguardar a gentileza de uma explicação para o caso que refiro no meu comentário das 6:52."

Mas o que é que o JMV tem a ver com o "problema de clonagem" do comentário do/a LUSCO-FUSCO? Brincamos ou quê?

um leitor verdadeiramente atento e indignado disse...

katraponga disse às 7:48 PM

"O J.A.S. é um anormal, desculpem lá..."

Mas porque é que o J.A.S. é um anormal? Só porque não defende a homossexualidade exposta aos olhos dos outros? Mas que palermice...

Pamina disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Pamina disse...

PARA UM LEITOR ATENTO E INDIGNADO (6.52)

Não percebo muito de computadores, mas o meu filho tem alguns conhecimentos e diz-me que o sucedido dveve-se certamente a um erro informático do sistema blogger.
O fim dos textos não é igual, o que parece apontar para 2 textos (um do anónimo correspondente ao final do texto) e o da Lusco-Fusco que, ao serem publicados no mesmo momento, sairam misturados. Os comentários são uma base de dados que relaciona nomes de autores, que existem noutra base de dados, com textos. Quando se clica no botão publish, no caso de utiluzadores registados, o sistema tem que procurar na base de dados de autores o nome e a pass word e depois associá-los ao texto. Neste caminho podem acontecer erros. Também, por vezes, recebemos ma conta de electricidade correspondente a consumos que não são os nossos, devido a um erro na base de dados.

CLARO QUE O PROF. JMV NUNCA ALTERARIA/COPIARIA UM COMENTÁRIO, MAS MESMO QUE QUISESSE, NÃO PODERIA INTERFERIR NESTE PROCESSO.

Não sendo um erro do blogger, só se o computador da Lusco Fusco está a ser hi-jacked por um hacker. De qualquer modo, isto seria alheio ao blog Murcon.

andorinha disse...

LEITOR ATENTO E INDIGNADO (já não sei de que horas)

A que propósito é que o Júlio deveria explicar o que aconteceu???
Tem cada uma !
Gosta de desestabilizar, não é? E de "pegar fogo ao circo?"
Tenha cuidado, não vá ficar esturricado.

eu é que sou o leitor atento e indignado disse...

andorinha said...

"LEITOR ATENTO E INDIGNADO (já não sei de que horas)"

Se não sabe as horas, devia saber! Gosta de desestabilizar, não é?

ainda atento e indignado disse...

Pamina e Andorinha

Não gosto de desestabilizar.
Pelo contrário.
Também sei o suficiente de informática para estar preocupado com o caso.
JMV é o gestor do blog e acredito que também ficará preocupado.
O caso é inédito e a comparação com a conta da EDP não colhe.

Fico na minha com cuidado e atenção, portanto.

eu é que sou o leitor atento e indignado disse...

Indignemo-nos, Senhor!

andorinha disse...

Só agora vi o comentário da Pamina e penso que o LEITOR ATENTO E INDIGNADO e qualquer espírito mais céptico, se devem ter convencido de vez que o Júlio não tem qualquer responsabilidade no que aconteceu.
O que certas mentes perversas são capazes de imaginar!!!!

Está satisfeito com a explicação, CARO LEITOR, ou nem por isso?
Saíu-lhe o tiro pela culatra , foi?

Desculpem lá, mas eu é que estou indignada com tanta palermice junta.
Nada a que já não esteja habituada - anónimos só fazem m....

eu é que sou o leitor atento e indignado disse...

andorinha said:

"Nada a que já não esteja habituada - anónimos só fazem m...."

Só fazem m...? Disse mesmo m...? Será que eu li bem? Eu estou indignado!

someone who knows you disse...

Peter, aka Noiseformind,

Yesterday you wrote that you had graduated from John Hopkins College with a Major in Human Sexual Behaviour.
From what I know from the American Educational System, I can only consider that, in fact, you've only completed the first part of the Terciary Education level as defined by the UNESCO.
In so being, how can you possibly practice psychology in Portugal without having an University diploma.
The thing is, there is a difference between College and University. 4 years for College + 4 years for University...
You're just a fucking flop...

atento e indignado disse...

Andorinha, cara Andorinha

... não 'demonizo nem divinizo' habitualmente ... nem creio mais no valor de um nick azul que num negro - a correcção é sempre identificável e torna-se credível porque cordial - e julgo ter conseguido sê-lo: correcto e cordial.
Não, não estou satisfeito com as explicações avançadas - continuo preocupado e julgo que JMV, em quem acredito, também estará.

atento e indignado (apesar dos clones)

eu é que sou o leitor atento e indignado disse...

someone who knows him said:

"You're just a fucking flop..."

Is he just a fucking flop...? Tu disseste mesmo f......? Será que eu li bem?

Eu estou novamente indignado!

Pamina disse...

1) Repito, o Prof.JMV não pode interferir na publicação dos comentários. Realmente existe uma opção nova chamada "moderação de comentários, que, quando seleccionada, envia o comentário via e-mail para o gestor do blog antes deste ser publicado, permitindo assim censurar comentários indesejados. ESTA OPÇÃO NÃO ESTÁ ACTIVA NO MURCON. Como todos podem ver, os comentários aparecem imediatamente, sem intervenção do gestor.

2)O exemplo da conta da electricidade foi para ilustrar que estão sempre a acontecer erros informáticos.

3) Se alguém deve ficar preocupado, será eventualmente a Lusco Fusco que deveria verificar se não haverá alguém que possa estar a controlar o SEU computador.

andorinha disse...

atento e indignado(9.21)

Tento sempre ser correcta e cordial, peço desculpa se não o fui
mas é que estou irritada com tantos nicks (azuis, negros, clones...).
Por mim continuo a preferir os azuis.
Com os negros verifica-se a confusão que está hoje - usurpam-se nicks e ninguém se entende.

Sempre atenta e (ainda) indignada

:) disse...

andorinha
viva :)

:) disse...

pamina
bora lá dizer isso á lusco_fusco :)

:) disse...

pamina
desisto
ela não disponibilizou email
bora lá dizer isto à malta que, cá entre nós, ainda não deu por nada :)
continuemos ... cantando i rindo, alegres, alegres sim...

andorinha disse...

:)

Viva:)

Mariana disse...

ai jesus!! que eu só achei este blog agora :(
estes comentarios saidos sabe-se lá de onde são optimos para a gargalhada..

meus amigos eu sou mulher, adoro sexo anal...isso faz de mim uma paneleira? uma rota? :D
com tanta conversa de mutilação devo confessar que me assustei e fui ali ao espelho espreitar e...constatei que o meu rabinho continua apertadinho e bem de saúde, obrigada.

tenho pena de ler tanta limitação no pensar, para vosso bem (e da vossa boa vida sexual – sim...porque eu preocupo-me com todos voces, obvio!) tenham presente que a coisa do “pénis na vagina” é uma pequeníssima percentagem da expressão sexual. :)

nota: ha tantomacho heterossexual a “levar no rabinho” (reparem na expressão carinhosa que usei) pela mulher que não entendo o problema. Se o macho hetero pode pq que é que o macho homo não pode? :x

interrogação disse...

Continuo sem perceber a associação "lesbianismo/vibradores". O psiquismo humano é contraditório, eu sei, mas as clarificações avançam quando há conflito. "A diferença conquista-se sobre o conflito" dizia o Roland Barthes.
Não quero ser desrespeitosa, mas a obsessão de concórdia de algumas pessoas aqui, que até comentam a homossexualidade persistente ou o coito anal sem saberem, ou fazendo que ignoram, o real prejuízo para o respectivo esfincter, dos praticantes, parece-me lamentável.
E são essas andorinhas e outras aves celestes que se gabam do "sangue azul" dos seus nicks.
Quanto a diplomas e Universities, há cá no país muita gente, que vai passar uns parcos tempos à estranja e depois arranja por cá umas "eqwuivalências" a mestrado e até a doutoramento.Em certo tipo de Escolas Superiores, acontece muito.

Anónimo disse...

Mariana 10:31 PM

"Com tanta conversa de mutilação devo confessar que me assustei e fui ali ao espelho espreitar e... constatei que o meu rabinho continua apertadinho e bem de saúde, obrigada."

E já fizeste o "teste da formiga", marianinha?

Mariana disse...

Ah! E com tanto comentario a distrair a minha atenção do post inicial... é obvio que estou com o professor! É caso para dizer “mas não havia nexexidade xô Sousa Tavares”, embora o admire tenho de admitir que por vezes extravasa o bom senso em determinados assuntos. – reparem no plural de assuntoS, não vão já começar as afirmações que só se dá importancia a “estas” causas e porque é muito in. Poupem-me!

Desejo uma boa noite aos participantes. :)

Anónimo disse...

interrogação 10:39 PM

"Não quero ser desrespeitosa, mas a obsessão de concórdia de algumas pessoas aqui, que até comentam a homossexualidade persistente ou o coito anal sem saberem, ou fazendo que ignoram, o real prejuízo para o respectivo esfincter, dos praticantes, parece-me lamentável."

Mas olhe que a marianinha das 10:31 diz que se farta de levar no orelho e que continua com ele impeque.

marianinha disse...

anonymous
10:40 PM

"E já fizeste o "teste da formiga", marianinha?"

Já...ela fica à porta ;)

Anónimo disse...

marianinha 10:48 PM

"Já... ela fica à porta ;)"

Então tens um orelho que é uma desgraça. Ainda tu dizias que ele era apertadinho... Vai na volta, tinhas feito a experiência com uma moeda de 2 oiros.

marianinha_do_orelho disse...

anonymous
10:47 PM

"Mas olhe que a marianinha das 10:31 diz que se farta de levar no orelho e que continua com ele impeque."

Realmente quem conta um conto acrescenta um ponto.. dizem por aí.

Não entendo se são coisas mal resolvidas ou o perpetuar de tabus... macho que é macho não se preocupa com o "orelho" do vizinho gay alheio...diz quem entende dessas coisas de ser macho! porque eu cá sou muito femea e não entendo dessas coisas de ter medo que lhe toquem no rabo.

Continuem meus amigos eu cá vou ficar sentadinha a ler vos, com muito agrado e alegria :)

Lusco_Fusco disse...

Um leitor atento e indignado disse...
6.52
"SÓ AGORA VEJO ESTE CASO GRAVÍSSIMO DE HOJE APARECER UM TEXTO (4:31PM) A QUE SE SEGUE, IMEDIATAMENTE (4:31PM) UM IGUAL ASSINADO COM OUTRO NICK, SEGUINDO-SE A ESTES DUAS RECLAMAÇÕES DO ÚLTIMO AUTOR SOBRE A APROPRIAÇÃO PIDESCA DA GESTÃO DO BLOG QUE DEVERIA PERTENCER APENAS A JMV !!!(...)"

Só agora li o que escreveu. Agradeço a simpatia, sinceramente. Mas não vamos empolar a situação. Este blog merece o meu carinho, respeito e simpatia(para não dizer o Mahatma que admiro apesar de nem sempre estar 100% de acordo com as ideias que tem).
Fiquei realmente estupefacta e magoada na hora que vi duplicado o que escrevi. Culpei de imediato, como viram nos comentários seguintes, o anónimus, a quem peço desde já a minhas desculpas. Senti-me nua.
Respondendo á Pamina não é possível ter o meu PC vigiado já que tenho um antivírus activo e actualizado como convém. Erros informáticos acontecem. Como o filho da Pamina a minha filha deu a mesma razão :).
Nunca me passaria pela cabeça que o nosso anfitrião pudesse mudar o comentário, até porque tenho blogs e sei que isso não é possível.
A minhas desculpas ao Professor JMV já que sem querer pus pessoas a responsabilizar o blog.
MJ

Anónimo disse...

Os nossos homens parecem continuar a ser furiosamente retrógadas mesmo que tenham uma capa exterior de modernidade. PAULA
----------------------------
Ó paulinha o que é uma capa exterior de modernidade? Não me diga que é deixá-las para ir viver com um amigo. Eu já conheci alguns desses e garanto que elas não ficaram nada satisfeitas (até porque ser encornado por alguém do sexo oposto deve ser caso para meter baixa).
Tá-me bem a parecer que a paulinha se vingava da mesma moeda.

interrogação disse...

anónimo das 10 e 57:

Já li que certas estrelas porno, faziam plásticas ao esfincter anal.
É provável que a cirurgia plástrica também corrija os cagairos lassos das damas que apreciam esses "benefícios".
O novo post do JMV, diz, parece-me que não há chavetas ou seja opções estanques. Mas, claro, uma coisa é uma experiência isolada, outra uma opção identitária.
E em tudo que mete caca, sou confessamente enjoada.

Anónimo disse...

Mudando de assunto, que este está gasto e desde o início, será que aí em cima nenhum Murcon foi ver os Sigur Rós, fui ontem ao Coliseu e fizeram-me o favor de me esfrangalhar em migalhas, é tão bom sermos esmagados assim.
JF

atento ... disse...

lusco_fusco
Serei breve e é apenas a si que me dirijo:
- não a tentei defender!
- procurei defender-nos!
- não pus em questão JMV!
- tentei alertá-lo para a hipótese de uma gestão deficiente deste blog!
- fiquei e continuo preocupado apesar da pronta e frontal explicação de JMV!
- ainda bem que, quanto a si, tudo se resolveu.
- gosto muito do que escreve.
Fique bem

Imprevista disse...

Pois é. Está tudo muito chocado. Mas o engraçado é que a fantasia da maior parte dos homens ditos hetero é ver duas mulheres a praticar sexo (e provavelmente de se misturarem com elas).

Ai ai!

manda-chuva disse...

Brilhante a forma como o MST reagiu ontem, durante uma entrevista no programa do Alvim e da Raquel Bulha na Antena 3.
" - Sabe que o seu artigo levantou uma grande polémica no blog do JMV?"
" - Ah sim? Bem, tenho de ir jantar com ele então..."

papu disse...

É incrível como é que uma questão destas levanta tanto "barulho".
Eu ao princípio indignei-me principalmente com a proibição dos beijos.
Nunca teria suposto que tanta gente (e gente formada e informada, como são estes dois senhores) levantassem a questão da homossexualidade...
Será que um beijo entre duas mulheres é substancialmente diferente de um beijo entre um homem e uma mulher?
Será que o afecto entre dois seres do mesmo sexo é de qualidade diferente?
Onde é que anda o respeito pelas diferenças, a tolerância?

inês almeida disse...

fora-de-lei, parece-me claro que não obtenha resposta. também lhe poderia perguntar como é que um acto sexual sobre o qual se diz que "é normal doer" - e refiro-me exclusivamente à penetração vaginal - pode ser prática tão comum.

a relativização, a relativização:
não vá por aí.

professor:
não vejo como poderia ter respondido melhor. e a próxima vez que me disserem que continua a haver uma discriminação cega relativamente à comunidade gay (constatação óbvia) endereço ao iluminado a sucessão dos seus posts, combinado? ;)

inês almeida disse...

imprevista,

aquele sorriso!
e quem me disser que as mulheres não são de uma inteligência recheada de um sentido prático e realista delicioso, tem de me ouvir bastante. :)

Lusco_Fusco disse...

atento ... disse...
2:36
Deu-me para deambular por este post e vi o que escreveu. Desculpe não ter respondido antes. Sei que a intenção era boa da sua parte, acho que todos percebemos isso. Todos sabemos que hackers existem.
Agradeço a simpatia, ainda que, como disse, não fosse sua intenção estar a defender-me :)
Quanto a gostar do que escrevo, escrevo apenas o que sinto.
Agradecida de qualquer modo.
Fique bem.
MJ