sexta-feira, maio 26, 2006

O "desporto" no seu melhor:(.

Duzentos ciclistas clientes da rede de doping desmantelada em Espanha
25.05.2006 - 20h32 Duarte Ladeiras, PUBLICO.PT

A Guarda Civil espanhola confiscou documentos com nomes de 200 ciclistas, durante as rusgas efectuadas na terça-feira, relativas ao desmantelamento de um esquema de doping, que levou à detenção, até agora, de cinco pessoas, entre as quais Manolo Saiz, director desportivo da Liberty Seguros-Würth, equipa do português Sérgio Paulinho, vice-campeão olímpico.
Eufeminiano Fuentes (ginecologista e médico desportivo de várias figuras do pelotão e ex-clínico da Kelme e da ONCE) e José Luis Merino Batres (hematologista e ex-gerente de um laboratório de análises clínicas de Madrid) eram alegadamente os cérebros do esquema de dopagem através de autotransfusão sanguínea. Saiz, que foi detido na posse de 60 mil euros, em notas de euro e franco suíço, e outro dos detidos, José Ignacio Labarta (director-adjunto da equipa Comunidad Valenciana) são suspeitos de terem contratado os serviços de Fuentes e Merino Batres. Alberto León, ex-corredor de bicicleta de montanha, também sob detenção, era o alegado transportador de bolsas de sangue e substâncias dopantes.

O médico desportivo e o hematologista tinham como clientes centenas de ciclistas de elite, espanhóis e de outros países, e até desportistas de outras modalidades. Segundo fontes citadas pela rádio Cadena Ser, um deles Jan Ullrich, vencedor da Volta à França de 1997 e candidato ao triunfo este ano. O alemão terá sido orientado durante anos pelo médico Luigi Ceccini, próximo de Fuentes, mas actualmente era o próprio Fuentes a cumprir essa função. Ullrich desmentiu a notícia: “Nunca trabalhei com Fuentes”, disse, no “site” da sua equipa, a T-Mobile.

De acordo com o jornal “El País”, a investigação começou em Fevereiro, na sequência de várias denúncias, confirmadas quando os agentes da Unidade Central Operativa (UCO) da Guarda Civil encontraram bolsas de sangue vazias e seringas nos quartos de hotel onde estiveram supostos clientes de Fuentes e Merino Batres. Descobriram posteriormente dois apartamentos onde o médico desportivo e o hematologista efectuavam a recolha de sangue dos ciclistas. Câmaras de vigilância instaladas à porta desses apartamentos permitiram identificar vários corredores de renome.

No total, a UCO efectuou buscas a seis locais e encontrou muito mais do que apenas listagens de ciclistas. De acordo com a edição de hoje do “El País”, numa das casas usadas por Fuentes foram apreendidas mil doses de anabolizantes e hormona de crescimento, uma centena de bolsas de sangue, cada uma com 450 mililitros, documentos com informações sobre práticas dopantes e planos de tratamentos de ciclistas. Noutro apartamento ligado ao médico, foi encontrada mais uma centena de bolsas com sangue, plasma, embalagens de eritropoietina e de hormona de crescimento, ambas importadas da China, duas malas de viagem com anabolizantes e equipamento usado em manipulação sanguínea, como máquinas congeladoras e centrifugadores (separam os vários elementos do sangue).

Denúncia e colaboração da UCI

Após o cruzamento de dados, entre os códigos e senhas escritos nas bolsas de sangue e os documentos com os nomes dos ciclistas os titulares da investigação pretendem entregar os resultados à União Ciclista Internacional (UCI), para se puder punir desportivamente os implicados.

Aliás, o próprio organismo internacional emitiu um comunicado nesta quinta-feira, citado pela AFP, afirmando que “as investigações não constituem uma completa surpresa”: “A UCI já tinha expressado, em várias ocasiões, ao governo espanhol e à Agência Mundial Antidopagem as suas preocupações em matéria de alegadas práticas de dopagem sanguíneas em Espanha, pedindo ao mesmo tempo ajuda a estas instâncias, tendo em conta as suas possibilidades de investigação limitadas. (...) A UCI está preparada para colaborar plenamente nas investigações com as autoridades espanholas”.

À Reuters, o presidente da federação, Pat McQuaid, garantiu firmeza: “As pessoas que forem consideradas culpadas serão punidas. Se é verdade que 200 ciclistas estão envolvidos, não teremos problemas em tomar medidas disciplinares”.

Liberty cancela patrocínio

Também nesta quinta-feira, a Liberty Seguros anunciou a rescisão do contrato de patrocínio da equipa dirigida por Saiz. “As implicações da detenção de Manolo Saiz são altamente preocupantes: prejudicam o nosso nome e o nome do ciclista. Notificámos a Active Bay, proprietária da equipa, que cancelámos o nosso acordo de patrocínios”, anunciou a seguradora no seu “site” espanhol, lembrando que, já em Novembro do ano passado, aquando da penalização de Roberto Heras (suspenso dois anos e desapossado da sua quarta vitória na Volta à Espanha, por doping com eritropoietina), tinha reforçado “as cláusulas para conseguir um dos contratos de patrocínio mais rigorosos em matéria antidopagem”.

Uma decisão que não irá ter consequência no patrocínio da equipa portuguesa LA Alumínios-Liberty, segundo afirmou hoje à Lusa o administrador da seguradora em Portugal, José António Sousa. Segundo este responsável, a empresa no território luso funciona de forma independente em relação à espanhola (a Liberty é uma multinacional norte-americana) e o contrato com a formação de ciclismo portuguesa não está risco. Aliás, para Vítor Paulo Branco, director desportivo da LA Alumínios-Liberty, nem faz sentido relacionar o escândalo espanhol com a equipa lusa.

23 comentários:

Fora-de-Lei disse...

Vou aproveitar este post para lembrar os nomes de Fernando Mendes e do grande Joaquim Agostinho que sempre "deram ao pedal" da forma mais quimicamente pura do mundo !

fiury disse...

boa tarde

andorinha disse...

Boa tarde.

É triste que a actividade desportiva, que deveria ser algo de saudável, seja ensombrada continuamente por notícias de doping.
Eu sei que se trata de alta competição, mas isso não justifica nada. Em última análise os prejudicados são sempre os atletas.

Fora de lei (2.42)
Não sei se é tanto assim...
Já não me lembro muito bem, mas acho que o Joaquim Agostinho se viu envolvido num caso de doping.

CêTê disse...

Booooooom fds!

E quando a nanotecnologia invadir o desporto? Impossível deter as tendências. A competição é sempre injusta SEMPRE- não será o mesmo correr descalço e com uns "ténis tecnológicos" ! Até acho que deveria ser possivel competir com "adictivos" desde que declarados e aceites pelas "cobaias"- Já estou a ver as grandes indústrias farmaceuticas a poderem-se revelar enquanto patrocinadoras. Ou alguém duvida da origem da energia humana,por exemplo dos jogadores de futebol trintões? ;]]]]

Que saudades de uma tabela!!!;[[[[[[

Lusco_Fusco disse...

Desporto já era!
E não se admirem. Os homens criados a grão e feijão já não existem. Diagnóstico (hoje sou eu a médica)falta de "sustância"...
Agora são homens "yogurtados", enlatados, Mac-anizados... :o))))
Alimentos com aditivos que não ajudam nada o desporto.
Depois recorrem a suplementos com mais diversas propriedades: aumento de massa magra, queima de gordura, aumento de energia, etc.

Enfim defeitos alimentares que o post do consumismo também engloba.
É muito complicado hoje ter uma alimentação sã. Nem nos meios rurais se consegue no todo.
Muitos factores complicam esta cadeia que cada vez aproxima mais o elo de ligação entre produção/químico.

Pamina disse...

Boa noite.

Pois claro que não é desporto, é um negócio que, como é de calcular, movimenta milhões. Acho chocante que os "cérebros do esquema" sejam profissionais da saúde, mas os lucros devem ser enormes, portanto mandaram a ética dar uma curva.
O patrocinador aparece aqui como um "santinho", que evidentemente não concorda nem sabia de nada (até inclui cláusulas muito rigorosas nos contratos), mas quem investe numa equipa destas quer que ela ganhe a (quase?) todo o preço e se a coisa não tivesse sido descoberta, cheira-me que teriam ficado muito caladinhos. Moralidade e lucros não se coadunam muito bem.

Bom fds para todos.

Fora-de-Lei disse...

andorinha 6:27 PM

Talvez tenhas razão... já não me lembro bem. Seja como for, o nome de Joaquim Agostinho para mim é "sagrado"... apesar de ele ter sempre representado o Sporting.

fiury disse...

(atolle)
boa noite

fiury disse...

depois dizem que os espanhois são mais despachadinhos.....mas é melhor não falar muito não vá querer a seguradora continuar a sua campanha...nunca se sabe

noiseformind disse...

Eu sabia que as espanholas não podiam ser tão melhores que as portuguesas in the sack naturalmente. Tinha de haver um maldoso médico e as suas terríveis mezinhas ; )))))))

noiseformind disse...

Agora que o caso foi denunciado só falta descobrir a monstruosa inexcrupulosa empresa que patrocina aquelas monstruosas pussies rapadinhas de nuestras hermanas (hermanas por afinidade, salve seja ; )))))))) ).

noiseformind disse...

Desculpem lá a "boca" deprecatória da mulher lusitana mas estava a ler Non-erotic thoughts: Content and relation to sexual functioning and sexual satisfaction e não pude deixar de soltar um suspiro ; ))))))))) não posso estar sempre a bater no homem, não é? ; )))))

noiseformind disse...

MALTA,
EM RELAÇÃO À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA COMEÇAM A ACONTECER MELHORIAS...


CÁ ESTÁ A PROVA

CêTê disse...

Noise,tu e os delírios da macia calvice púbica! LO....OL
Vá lá entender-vos! Há tempos vi perucas à venda para colocar nos genitais, vê só! (Bem provavelmente de material sedoso, não sei ;PPP)- digamos que ainda bem que a diversidade impera! ;]]]]

noiseformind disse...

cêtê,
Sê clemente comigo, hoje "perco" a minha virgindade ; ))))))))))) pelo menos como DJ ; ))))))))))))) é caso para dizer: espero que a primeira vez não seja a única

Sandra Feliciano disse...

e viva o espirito desportivo!!! ;-P

thorazine disse...

Noise,
é caso para dizer "BOTA SHEIKE"! :)))

noiseformind disse...

Thora,
Para veres como as novas gerações são mais ajizadas, eu ainda sou do tempo em que a malta ia para as discotecas como o Pachã de Ofir beberem shots e meterem pastilhada para depois se espraiarem nas dunas em volta ou nos carros em coitos danados. Para veres como no meu tempo a malta vivia desregradamente ; (((

loooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooool

noiseformind disse...

E pensando bem, não foi o Profeta que disse: "a História é uma amamnese electiva feita sob tensão das fraquezas e forças dos seus actores através dos séculos"? E depois retorquiu à multidão: "as prostitutas de Belém são melhores que as de Jerusalém!!!". E eles anuiram, pois sábias eram as suas palavras.

noiseformind disse...

Por falar em degradação, mais degradante (mas sincero) do que isto era difícil... ; ((((((((((((((

CêTê disse...

Noise, Em 6:33 aos 1:58?
LO...OL
(Nem sei que + diga ;]]]]]]]]]]]]]])


E a versão masculina? Ora bolas!;[

thorazine disse...

Sir Noise,
posso-te dizer que a maior e melhor droga da nova geração é comprar. Ontem, há última da hora deram-me um bilhete para ir ver "armas e rosas" ao Rock in rio e digo-te, aquilo é o verdadeiro Casal ventoso ou bairro S. João de Deus da malta jovem.

Um recinto onde queriam proibir (o que com a ajuda da revista leve da polícia foi difícil) garrafas de água e sandocas À entrada, para lá dentro puderem "chupar-nos" o resto dos trocos que tinhamos nos bolsos. Mal entrei consegui substituir facilmente cada pessoa por 53 euros e conclui que os dias todos estavam pagos À partida devio só aquela tarde. Era publicidade por todo o lado. Eu queria relaxar num tarde de festival à pala, mas era impossível devido à torrente de informação publicitária que estavam sempre a obrigar-me a digerir. Inclucivé, no intervalo dos concertos, coisa que nunca tinha assistido, levar com meia hora de públicidade em ecrâs gigantes. Um experiência bem mais perturbadora que assistir meia hora de TVI! Bem, que lavagem.

Quase que saí com vontade de chegar a casa e vender tudo o que tinha para a semana que vêm ir lá estourar a massa toda que tenho.Bahhh


Mas pronto, quando entrar Guns n' roses deua para espairecer um bocadinho.

PS - Em relação ao pacha, digo-te que aquilo era o degredo. Vi muita coisa lá que me fez virar o sentido da minha vida para o oposto daquilo..Não era o sexo não (que disso não me queixo), era mesmo o "espírito mau"!

Abraços

thorazine disse...

E acho que não é só a História que é uma anamnése electiva. As pessoas, ´só por si, s+o se lembram do que lhes dá jeito, o que puxa a si a sua razão. É o que te digo, só conheço um Senhor até entã, Agostinho da Silva, que dizia que os discipulos que ele gostava eram os que se contrapunham às suas ideias, que o confrontavam com outras possibilidades pois assim ele tinha mais uma hipotese de dissecar o problema.

O resto das pessoas quer é viver em equilibrio e tudo que se oponha Às suas ideias eles vão negar, julgar e arrumar numa caixa com o título "ideias erradas que não interessam"! :))