quarta-feira, janeiro 03, 2007

A "angústia intersticial".

...
É escusado somar estas parcelas.
Eu sei que a conta está errada,
que falta, entre as parcelas, uma parcela de angústia.

E não sei se está em mim se está nas outras.

Jorge de Sena.

41 comentários:

MJ disse...

Tenho a sensação de que, nos últimos tempos, a angústia está presente em TODAS as parcelas :-(

Abraço

andorinha disse...

Boa noite.

A "angústia" de uma murcónica há meia hora a olhar para estas palavras sem saber bem o que dizer:)

Ora bem... não sei se concordo com JS. Deve ser preciso muita intuição ou muita experiência para se saber que a conta está errada sem se somarem as parcelas.
E mesmo que falte alguma parcela, porquê a certeza de que é a parcela de angústia que falta?
Depende dos nossos olhos.
Eu posso achar que falta a parcela de esperança, portanto a angústia estará nos olhos de Jorge de Sena.

Aspásia disse...

TALVEZ ESTE ARTIGO VENHA A PROPÓSITO.

Entre angústia e desamparo*

Jacques André

Psicanalista, professor da Universidade de Paris VII, membro da Association Psychanalytique de France (APF). 18, rue Didot, 75014, Paris FR
--------

RESUMO

Em sua discussão, o autor diz que a angústia é o motor da análise e de seu progresso: em si mesma é abertura para os enigmas do interior. O desamparo, por sua vez, indica que a vida psíquica continua a ser vivida fora de si, na desesperada abertura para um outro que não responde. Então, na análise, se uma mobiliza, o outro paralisa. O amor (compreendido em sua parte não narcísica) é "agarrar-se" aos objetos do mundo exterior, é abertura mantida para o outro e, nesse ponto, homogênea do estado de desamparo do bebê.

Palavras-chave: angústia, desamparo, borderline, alteridade, Winnicott.

Migmaia disse...

Boa noite,

A soma das partes nem sempre é igual ao todo.

Gostava antes de mais de partilhar que, desconhecendo o Autor e o significado da expressão em título, e após reflexão e pesquisa, entendo que precisava de algum tempo mais para poder compreender melhor a questão.

De qualquer maneira, acrescentei algo mais ao meu conhecimento. Pouco, sem dúvida. Mas o conhecimento adquire-se, ao contrário da sabedoria que se partilha.
E a minha angústia reside no facto de, daqui a poucas horas, iniciar um novo dia de trabalho (já agora, esclareço que não sou funcionário público…).

Para terminar, e apesar dos conteúdos deste lugar nem sempre estarem ao meu alcance imediato, gosto de passar por aqui. Espero que os post’s enviados possam ter aqui espaço, e aproveito para reiterar a minha estima pela minha “tutoyer”. (Se em português já não é fácil…).
Mas era ao Autor do Murcon que me gostaria de dirigir, sem com isto pretender meter uma cunha (hábito bem Tuga), para o que quer que seja. Apenas gostaria que, no caso de me entender inconveniente, faça o favor de me informar.

De Olissippo e com saudades de casa.

noiseformind disse...

Mj,
Isso da angústia é frio por teres as mamitas quase ao léu, miúda. E depois tás sempre a apanhar gripe. Tapa-te ou liga o aquecimento que isso passa ; ))))))

Boss,
É o problema de tomarmos o todo pelas partes. Ou de nos tomarmos pela parcela que vai contar. O que me leva a pensar naquela velhinha de séculos discussão de todas as discussões: quem tem razão?
Não é por isso que se discute? Para levarmos para casa uma bicicletazinha que seja, para obtermos do outro a razão que já vamos ruminando cá dentro? Numa discussão, naquele momento em que não nos travamos já de razão mas nos travamos já pela razão, não se acaba sempre a dicutir sobre quem é mais pertinente nas suas exigências? Quem está a ser mais razoável? Pois é... pois é... a reflexão sobre dois feita por um é o diabo, temos apenas a imagem que fomos construindo do outrém ser, e ela basta? Se estamos a tentar resolver a conta, obter um resultado... terá de bastar. Mas podemos nunca fechar para apanhar lá atrás todas as parcelas, ou ir-lhes dando menor valor à medida que ficam para trás por acrescento de novos membros. Ou se calhar estou a precisar de dormir um cadito... a ver vamos... a ver vamos.

E agora toda a gente a ir ver o Apocalypto que o Mel Gibson comprou uma ilha e é preciso ser solidário com os que mais precisam (dizem que Mel Gibson é o mais pobre do grupo de malta que comprou ilhas naquela zona...)

Fora-de-Lei disse...

6+9=15 ? Será mesmo ???

lobices disse...

...imaginem um ser humano sem angústia

lobices disse...

estreiteza;

aperto;

limitação de espaço;

opressão;

aflição;

desgosto;

tribulação;

agonia.

MJ disse...

Querido Noise:

Quem não te conhecer que te compre:-) Como já te conheço, limito-me a sorrir :-))
Não percebeste que me vesti assim para chamar a tua atenção? E consegui!!
E podes ficar tranquilo que de frio não padeço. Tenho o aquecimeno ligado :-)


Beijoca

Ameninadalua disse...

Bom dia

"E não sei se está em mim se está nas outras."

Penso que estará sempre algures no tempo nos dois lados: nas nossas e nas parcelas dos outros...mesmo que não coincidam em simultanenada nem em lucidez...

Noise

"...a reflexão sobre dois feita por um é o diabo, temos apenas a imagem que fomos construindo do outrém ser, e ela basta?"

Quando temos apenas a "imagem" do outro, é mesmo o diabo sim:)...

Mas acredita que podemos ter bem mais do que isso: podemos ter em nós a capacidade de sentir o "sentir" do outro e quando isso acontece, tudo é diferente...mesmo que a nossa avaliação possa pecar em objectividade mas se a intensão for de entendimento, ganha-se em compreenção, ganha-se em aproximação e até pode gerar amor...:)

Mais Vale Só Que Mal Acompanhado... disse...

Para preencher os interstícios da angústia, nada como a massa de vidraceiro do amor.

NARNIA disse...

"Recomeça se puderes, sem angustias e sem pressa e os passos que deres nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade"

Mais Vale Só Que Mal Acompanhado... disse...

Narnia

Quando a citação não é nossa, é costume pôr o nome do autor.

:)

andorinha disse...

Boa tarde.

Noise, cá venho mais uma vez só comentar-te. Vês o trabalho que me dás?:)))))))

"...a reflexão sobre dois feita por um é o diabo..."
Entendo, mas não diria tanto assim.
A "discussão" sobre dois é que deve ser feita pelos dois, independentemente de cada um reflectir isoladamente; sem a reflexão individual, a "discussão" seria muito mais pobre.

"Mas podemos nunca fechar para apanhar lá atrás todas as parcelas, ou ir-lhes dando menor valor à medida que ficam para trás por acrescento de novos membros."
Acho linda a primeira parte.
Não fechar para apanhar as parcelas que nos escaparam ou que somámos mal; já quanto à segunda parte não concordo muito.
Novos membros irão fazer parte de outras parcelas; se misturarmos parcelas, as contas saem erradas...

E pronto, quem está a precisar de dormir um cadito sou eu, mas não posso...ainda tenho duas aulas pela frente.

Até mais logo, gente:)

thorazine disse...

"Não sei se está em mim ou está nas outras.."

Humm..penso eu que, se estiver, está sempre em "mim" num nunca nas outras, sejam "elas" pessoas ou parcelas..

Mas como só posso dar azo à "sageza teórica", não tenho pontos negativos se estiver errado.. :))))

Noise, aqui está um bom exemplo em que ignorância (teórica) é uma vantagem e até motivo de desculpa! As aulas práticas não começaram!!

Descobri que sou neurótico! Altero actividades que até me dariam prazer em prol das fobias! ;((

NARNIA disse...

Mais vale só...
Tem razão mas como estou a fazer várias coisas ao mm tempo publiquei e esqueci de escrever o nome do autor.
A frase é de Miguel Torga

thorazine disse...

No jornal diário "metro" do porto vem uma notícia particularmente engraçada. Umstudo publicado esta semana pela universidade de Harvard e outra que não me recordo vem reconfirmar que até dois copos de alcóol por dia não aumenta o risco de acidentes cardiovasculares e até pode mesmo reduzir o risco de ataque cardíaco. Depois aparece um médico cardiologista, Carlos Perdigão a dizer que estudos destes não deveriam ser publicados para a população em geral pois "apresenta as bebidas alcoólicas quase como um remédio"! E diz ainda:" e se o estudo fosse ouma droga ilegal, o que se diria se tal acontecesse?" - Bem!! Pelo que entendi não importa se é benéfico ou não, o que importa é que é droga e a população geral NÂO DEVE TER CONHECIMENTO dos efeitos benéficos das drogas. Aqui está o que eu considero uma forma de preconceito!

MAs para não dar azo a mais discussões, como penso não existir versão online do jornal, durante a tarde vou tentar digitalizar para postar aqui online! :)

Boa tarde! ;)))

CêTê disse...

Racionalizar emoções é o que dá! Raramente se podem converter em números inteiros. E depois há umas emoções que são estranhos factores: não somam: multiplicam, subtraem, dividem, potenciam, diferenciam... e ficamos nós a contar pelos dedos e e olhar desconfiado na calculadora científica.


beijocas

(coisa linda que seleccionou)

CêTê disse...

6+9= 15?

loooooool pergunta PERTINENTE, FDL.

Aspásia disse...

CêGripe, perdão! CêTê...

não somam: multiplicam, subtraem, dividem, potenciam, diferenciam...

... e já agora, integram toda a nossa personalidade...

;)

Mais Vale Só Que Mal Acompanhado... disse...

Narnia
1.51

Também me sucede o mesmo e creio que a muita gente hoje em dia. O que nos dava mesmo jeito era uma parcela de ubiquidade.
Mas parece-me que não se vende ainda nas farmácias mesmo com receita médica...

:)

Mais Vale Só Que Mal Acompanhado... disse...

CêTê e Aspásia

Se eu precisar de explicações de Matemática já sei com quem posso contar...

;)

CêTê disse...

Aspásia:

clap!Clap!CLAP!;]]]]]]]


(Podes tratar-me só por Cê! LOL)

CêTê disse...

Lição nº1______________4-Jan-2007

TPC
6+9=?;
6+9=1+(-1)=1-1=0

Joaninha disse...

Ao texto juntei sentir e deu isto...

Mas para quê repetir a soma,
Se já sei que dá errada?
Professor, por quem me toma?
Falta a parcela apaixonada, …
O valor de x na equação,
Y que é angústia, pois, pois…
E zero é igual a paixão,
Porque eu e ele somos dois…
Mas o erro está em mim,
Verifiquei todos os dados
E amar assim não tem fim,
Porque estão sempre errados
Os que se aproximam de mim…
E volto a repetir a soma;
Dois menos um, igual…
Fica um, sem retoma.
E volto ao estado inicial……

Aspásia disse...

Aula Nocturna nº2____4-Jan-2007

6+9 = VI+IX = V+I+I+X = X+V+II = XVII = 17.

Tenho impressão que com professoras destas (a CêTê e eu), vai chumbar a turma toda...

;))

Aspásia disse...

Joaninha

Zero = Paixão ???

Essa equação é insolúvel pois como se sabe...

Aula Extraordinária nº 1___4-Jan-2007

lim Paixão --> +oo
n->2

andorinha disse...

Boa noite.

Lobices, um ser humano sem angústia, não seria um ser humano.

Thora,
Tem calma. Terás sageza quando chegares à minha idade. Looooool
E neuróticos somos todos, em maior ou menor grau:)

Cêtê,
Se essa é a primeira lição tou tramada; nem essa percebi:))))))

andorinha disse...

Agora confirmo que fiz bem ao escolher a área de Letras:)

thorazine disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
thorazine disse...

aspásia,
com a regra de l'hopital resolve-se isso em três tempos! Deriva-se e já está.. ;)))

andorinha,
e falta muito para isso? ;((

andorinha disse...

Thora,
Não sei...falta-me uma parcela para te dizer com exactidão:))))))))

PAH, nã sei! disse...

Para "l´hopital" vamos todos, se assim continuar a dissertação sobre o tema...
Isso ainda é ressaca das "decisões" de novo ano?
Ainda bem que o meu ano começa em Setembro! A esta altura já não há angústia que resista!!!

CêTê disse...

- 1 e -1 são corpos "simetricamente invertidos" carago!;]]]]]]]]]]]]]] (e como a anedota do M e do W)
(o q te vale é que eu ´~ao sei dos recibos verdes!)
quanto ao zero... é o factor "absorvente" da multiplicação.
;9

a Aspásia está aqui está a secretariar a ministra! ;]]]]]]

Mais Vale Só Que Mal Acompanhado... disse...

Caras Sr.ªs Doutoras CêTê e Aspásia

Suponho que vos saiu a ambas o Curso de Matemática nos Cereais Fitness Fruta&Fibras...

Thorazine

Olhe eu iria menos para o l´hopital e mais para um sub-desenvolvimento em Série de Fourier... que como se sabe acompanhou Napoleão ao Egipto como Matemático.

:))

CêTê disse...

Confesso: tenho faltado às aulas de apoio acrescido a Matemática. E quando vou... tenho feriado. E depois... os profs de matemática que tenho conhecido são meios taradocos. lol

Aspásia disse...

Thora

Acho o l´Hôpital muito drástico... acho que era melhor ir-se pelas funções hiperbólicas...

CT

minha cara, se não desse muito mau jeito eu preferia uma cunhazita para secretariar o Tom Cruise (Tomás Cruzeiro para os amigos)...

;9=

thorazine disse...

pah,
"sabes-la toda"! Um gajo mete-se nestas coisas e dps manter a sobriedade é difícil..:)))

aspácia,
deixa lá isso! Levanta-se a indeterminação e "bota-se" a correr no software! :))))

thorazine disse...

mais vale só,
não sabia, por acaso (ou não!).

O Eça também veio do Egipto com umas prendas jeitosas, mas a malta não gosta de falar nisso! :))

Lord of Erewhon disse...

Bom gosto!
Porque será que um poeta maior, um intelectual corajoso e um homem coerente foi tão rapidamente esquecido??
País de merda!!

andorinha disse...

Lord,
Foi tão rapidamente esquecido por isso mesmo, por sermos um país de merda:(