segunda-feira, janeiro 12, 2015

Maria Bethânia canta "O doce mistério da vida"

20 comentários:

Bartolomeu disse...

Deixe que discorde deste título, caro Júlio. Bethânia não canta o poema de Pessoa. Nesta interpretação, Bethânia encarna o espírito místico do poeta e exprime integralmente, em corpo e alma a essência daquilo que o inspirou.

Impio Blasfemo disse...

ANFITRITE

Descincronizado, segundo o António Silva, respondo ao que postou no andar R/C (de baixo)


Pois é. Pensar é chato. Melhor é aderir a um pensador que faz o exercício e o favor de pensar por nós. É como ter de correr todas as manhãs para perder a barriga; é chato para caraças! E sobretudo quando a manhã está gelada. Cá para mim prefiro um copo de whisky e o comando da TV na mão; dá para ouvir umas larachas dos comentadores de serviço, enfim dos nossos pensadores que nos fazem o favor de pensar por nós. A sociedade de consumo, tem, enfim, destas pequenas mordomias. Haja quem pense por nós, como haja quem nos traga a bilha-de-gás quando o frio aperta!
A música. Pois adoro| “Enfim gosto” diria o António Boto, mas referia-se a outros gostos, os tais que fizeram com que o regime onde o António Ferro mnndava na cultura o mandasse deportado para o Brasil. E ele, ressentido, escreveu-lhe “Ferro és cruel….”. O Ferro fere, sobretudo quando é duro como o aço! Mas divergi…….E palavra que acho muito mal o que o regime de então fez ao António Boto.
Falava de música e dizia que gosto, pois é evidente que sim! Gosto sobretudo ao vivo e gosto muito de jazz. Enfim, gostos não se discutem…..ou podem discutir-se, tanto faz….
Ideias, pois isso sim era importante falar, nem que fosse para dizer tolices, idiotices, ou o que for, porque isso sim, faz parte da manutenção do exercício de pensar. Um pouco o que estou a fazer, despreocupadamente! E colocá-las, mesmo tolas, descabidas ou despropositadas, faz parte do nosso exercício de modéstia.
Afinal, não nos é pedido que nos idolatremos uns aos outros, apenas que convivamos…..
E por aqui fico que já disse muita tolice, ao sabor do teclado…Irra que o tipo (o teclado) deu-lhe para escrever.
E com esta treta toda esqueceu-me de dar o toque intelectual. É um pensamento sobre o pensador chato. É de Mário Quintana (este Google é uma máquina perfeita) “ O maior chato é o chato perguntativo. Prefiro o chato discursivo ou narrativo que se pode ouvir enquanto se pensa noutra coisa” . Cultura de zapping, aplicada ao pensamento, direi eu!

Saravá
IMPIO

andorinha disse...



SUBLIME! Absolutamente SUBLIME!


Bom ouvir antes de fechar o café:)))



Fiquem bem.

andorinha disse...


Impio,

Gostei do teu arrazoado!

"Cultura de zapping aplicadaao pensamento..." Boa! Grande parte dela é assim hoje em dia.

"Haja quem pense por nós..." acontece, mas não devia...
Quanto mais não seja temos que exercitar os neurónios.

E vou-me sem o toque intelectual. Estou-me nas tintas...:)))))))))


Abração

Impio Blasfemo disse...

Anfitrite
O outro lado da moeda é olhar para as músicas postadas pelo Prof como um novo marcador.
Já deu para perceber que se queremos falar sobre a música dizemos “que lindo, que bom ou que mau….” E se quisermos falar sobre outros assuntos, falamos…..
Postar músicas é como dizer, “Isto chegou ao fim, vamos continuar a falar ou não….”. Nada melhor que criar uma descontinuidade, para continuar a falar da mesma coisa.
Saravá
IMPIO

Anfitrite disse...

Ímpio,

Quando o assunto não interessa muda-se de postal. Mas eu vinha só aqui para saber se alguém estava a ouvir os "Prós e Contras". Eu tenho sempre razão antes do tempo. Será? Amanhã respondo, porque acabou o intervalo e já agora quero ouvir a opinião de determinados pensadores
Ontem eu tinha posto este comentário no FB. Veja lá que nem sabia que o animal do Netanyahu tinha descaramento de lá ir.

"commented on an article.
Ontem às 11:53 ·
Deviam também lá estar os Bush, o Barroso e o Blair, e que aproveitassem para fazerem uma limpeza geral, aos que estragaram o equilíbrio no mundo, e aos que agora se aproveitam. Também lá devia estar o Netanyahu, já que o Sharon já se foi. Alguém se preocupa com quantos mortos estão neste momento a acontecer na Síria, no Iraque, etc. por causa deste senhores? Grande fantochada. São estes seres que nos cortam a liberdade, não só a de imprensa, como a de comer e viver sossegados.
Até amanhã.

andorinha disse...



Com ou sem marcadores falamos sempre do que quisermos durante o tempo que quisermos...:)

Porra, 'vocêzes'...:)))

andorinha disse...


Uma semana depois do ataque, o Charlie Hebdo vai para as bancas com caricatura de Maomé



http://www.publico.pt/mundo/noticia/maome-com-cartaz-je-suis-charlie-ilustra-primeira-pagina-de-charlie-ebdo-1682021

São boas notícias!

andorinha disse...


O ETERNO DILEMA DAS DEMOCRACIAS


http://www.publico.pt/mundo/noticia/o-eterno-dilema-das-democracias-1682014

"o debate sobre o equilíbrio entre a segurança e as liberdades cívicas nas democracias não é novo."

Pois não, mas agudiza-se sempre em momentos como este.

Inté...

bea disse...

Bom Dia:)

Pois...que continuemos falando que ainda não se paga por deixar aqui opiniões. E não interessa muito se são com toques de intelecto ou não desde que sejam nossas. Ok, o mundo faz-nos muito a cabeça. Mas mesmo assim ainda pensamos sobre isso. É o que interessa. Não nos deixarmos apodrecer de mente.

Fiquem bem.

Anphy

gostei da mordacidade. O mundo está estranho, Anphy. Mas provavelmente foi sempre assim para quem em cada época o viveu.

Andorinha

Bons vôos:)

Ímpio

és sempre intelectual mesmo quando não dás por isso:) nem pecisas dar toques, é-te natural.

Olá Bart.

Bartolomeu disse...

Ímpio, meu Amigo; para perder a barriga, nada melhor que possuir uma boa conta bancária e o nº do telemóvel de 2 ou 3 meninas... daquelas expert em massagens... adelgaçantes... ao domicílio.
Ñesta modalidade podes fazer confluir diversos prazeres: o da menina (que na mira do pagamento vai fazer-te sentir o Alain Delon nos seus tempos aureos) o da massagem, do wisky e obviamente o comando de toda a operação, na mão. Mas cuidado, a frixão prolongada pode causar-"te" irritação na pele mais sensível.
;) ;) ;)

Impio Blasfemo disse...

Bart

Percebi. Para a barriga nada melhor que ginástica aprazível.

Andorinha

artigo interessante da Teresa de Sousa "o eterno dilema das democracias"

Bea

Viva, há quanto tempo.

Abraços
IMPIO

andorinha disse...


Beazita;)

Pois...há quanto tempo! Não tens emenda! Se não tomas café, podes sempre vir tomar chá:)))

Vê se apareces mais vezes, sinto-te a falta e fazes falta aqui.
Vá não sejas preguiçosa, sai do sofá e anda até aqui.:)


Impio,

Também achei, Blasfemo:)

Fiquem bem.

Anfitrite disse...

Bea,

Pelos vistos isto agora virou casa de chá inglesa, com música de fundo. Não podemos perder a hipótese de vir aqui tomar chá para ficarmos mais educadas e cultas.

bea disse...

Anphy, Andorinha e Ímpio

Prometo maior assiduidade:) Palavra de escuteiro.

Anphy

sem menosprezar tudo que aqui possa passar, encontro-me mais ou menos educada. No que respeita à informação, sim, creio que tem razão. Sou bastante desinformada. Acontece que pertenço ao número de pessoas que duvida que a informação por si só seja cultura. Não é completamente inútil, mas não pode retirar-me tempo que vivo com os outros ou para eles. Que lhes dedico. Nenhuma informação, por mais vital que me seja, suplanta a sua presença na minha vida. Ao vivo. E a cores. Ou mesmo um pouco baços, vá. Como seja.

Portanto, duvido que fique mais educada. Ou até mais culta. Mas um chá sabe sempre bem. Mais a mais no inverno. E não nos deixar apodrecer mentalmente já é trabalho do murcon. Parece-me. Fazer-nos pensar é essencial à vida. Uma respiração da mente.

Andorinha
és uma querida, tu.

E fiquem bem que vou ali a um lado.

andorinha disse...


Bea,

Tantos "aquis" que escrevi.
É ao correr da pena e não releio.
Se fosse fazer a prova, ainda era capaz de reprovar...:))) loooooool


Registei a promessa. Está em acta!:)

"E não nos deixar apodrecer mentalmente já é trabalho do murcon. Parece-me. Fazer-nos pensar é essencial à vida. Uma respiração da mente."

Também me parece...

Vou...

Lia Noronha disse...

Lugar maravilhoso com pessoas interessantes!!! Voltarei vezes mais..abraços meus.

João Pedro Barbosa disse...

When There Is No Reference The Refferences Are To Over Charge
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1413955/

Joao Pedro Barbosa disse...

In Humanities Is Known The Bi Champions Are Best Partners But Is Against Winds And Tides Is Known The Strenght Of A Century
https://maisfutebol.iol.pt/amp/sobe/opiniao/bruno-lage-o-tempo-corre-a-favor-dele

Joao Pedro Barbosa disse...

🌍